1 João 4 Estudo: O Amor de Deus

Neste capítulo de 1 João 4 estudo, veremos que ele nos advertirá sobre em discernir a procedência dos espíritos, provando-os. Falando do amor, ele aprofunda ainda mais a união entre o homem, Deus e o seu próximo, explicando que o amor de Deus é comprovado ao amarmos o nosso próximo.

Ele encerrará o capítulo dizendo que o amor de Cristo por nós é o exemplo maior que devemos seguir, porque Deus nos amou a ponto e entregar o seu único filho na cruz pela vida de cada um de nós! Amém!

Advertisement

1 João 4 estudo: Contexto histórico

João nos ensinou que, em Cristo, somos filhos e que é através da obediência que evidenciamos essa paternidade de Deus, e que permanecer na prática do pecado nos transforma em filhos do diabo.

Como sua característica, ele mais uma vez fala do amor ao próximo, que a atitude precisa estar evidente para aqueles que dizem ter nascido de novo.

Advertisement

Temos confiança perante a Deus agindo assim, e quando nosso coração e o Espírito nos acusar, podemos entrar confiantes em sua presença.

(1 João 4:1) Provai os espíritos

v. 1 Amados, não creiais em todo o espírito, mas provai se os espíritos são de Deus, porque muitos falsos profetas têm aparecido no mundo.


Você ler a Bíblia todos os dias mas Não consegue Entender a Mensagem de Deus? Clique Aqui e venha Estudar Teologia Conosco de Maneira Fácil e Descomplicada! 📖


Deus dá o Espírito (1Jo 3:24), mas há imitações na forma de muitos falsos profetas. O discernimento é uma característica crucial para os discípulos cristãos.

(1 João 4:2) A confissão que vem do Espírito de Deus

v. 2 Nisto conhecereis o Espírito de Deus: Todo o espírito que confessa que Jesus Cristo veio em carne é de Deus.

O Espírito de Deus não admite doutrinas falsas. No final do primeiro século, surgiu uma concepção de Cristo que negava a Sua verdadeira humanidade.

Advertisement

Conforme esse ensino, o Filho de Deus assumiu a forma humana por algum tempo, mas o Cristo divino afastou-se do Jesus terreno antes da crucificação.

João insiste em que Cristo veio em carne. Deus estava verdadeira e plenamente encarnado em Jesus de Nazaré.

(1 João 4:3) O espírito do anticristo

v. 3 E todo o espírito que não confessa que Jesus Cristo veio em carne não é de Deus; mas este é o espírito do anticristo, do qual já ouvistes que há de vir, e já agora está no mundo.


Quer Pregar Com Conhecimento Bíblico Profundo, Dominando a Oratória, com boa Dicção, Citando Versículos de Memória, sem Timidez e com total Eloquência?
(Clique Aqui e Sabia Mais)


As palavras todo o espírito que não confessa, mostram que João tinha conhecimento de pessoas que falavam pelo poder de outros espíritos que não o Espírito Santo.

(1 João 4:4) Vós sois de Deus

v. 4 Vós sois de Deus, filhinhos, e já os tendes vencido; porque maior é aquele que está em vós do que aquele que está no mundo.

Aquele que está no mundo provavelmente se refere ao Diabo, seja em pessoa ou representado por seus servos espirituais ou humanos.

Advertisement

(1 João 4:5) Eles são do mundo

v. 5 Eles são do mundo, por isso falam do mundo, e o mundo os ouve.

O engano espiritual é mais atrativo e plausível aos não cristãos do que a verdade da mensagem do evangelho.

(1 João 4:8) Quem não ama, não conhece a Deus

v. 8 Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é amor.


⚠️ E-book Grátis para Pregadores ⚠️:


Deus é amor não significa que o amor é Deus. O amor é um atributo de Deus, como a justiça e a bondade. Aqueles que realmente O conhecem participam desse atributo.

(1 João 4:9) Viver através dele

v. 9 Nisto foi manifestado o amor de Deus para conosco: por esta causa Deus enviou seu Filho unigênito ao mundo, para que pudéssemos viver através dele.

Advertisement

A expressão viver através dele significa não apenas existência biológica, mas o alto caminho espiritual da vida eterna.

(1 João 4:10) Nós não o amamos, Ele nos amou!

v. 10 Nisto está o amor, não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou, e enviou seu Filho para ser a propiciação pelos nossos pecados.

Sobre propiciação, ver nota em 1Jo 2:2. O padrão do amor não é aquilo que os seres humanos sentem, mas aquilo que Deus revelou na vida de Cristo e em Sua morte na cruz.

(1 João 4:11) Se Ele nos amou, devemos amar-nos!

v. 11 Amados, se Deus assim nos amou, devemos também amar uns aos outros.

Advertisement

A expressão Deus assim nos amou significa que Jesus foi obediente até à morte.

(1 João 4:12) O amor é aperfeiçoado em nós

v. 12 Ninguém viu a Deus em tempo algum; se amamos uns aos outros, Deus habita em nós, e o seu amor é aperfeiçoado em nós.

João usa a expressão ninguém viu Deus em tempo algum para se referir a Deus Pai, em Seu esplendor celestial, no entanto, Deus Filho dá a conhecer claramente o Pai invisível (Jo 1:18).


Domine a Arte de Elaborar e Pregar Sermões Expositivos, Temáticos e Textuais, para Ensinar com Profundidade, Clareza e Fidelidade as Escrituras!
(Clique Aqui e Confira)


(1 João 4:13) Ele nos deu do seu Espírito

v. 13 Nisto sabemos que habitamos nele, e ele em nós, porque ele nos deu do seu Espírito.

Seu Espírito exerce um papel crucial encorajando e convencendo os cristãos. É por isso que é tão importante não tolerar a presença de falsos espíritos (v. 1).

(1 João 4:14) O salvador do mundo

v. 14 E nós vimos e testificamos que o Pai enviou seu Filho para ser o Salvador do mundo.

Advertisement

Como o “nós” dos versículos iniciais de 1 João, o “nós” (em vimos e testificamos) se refere a João e os demais apóstolos. Poucos leitores de João, se é que algum, teriam realmente visto Jesus na carne.

(1 João 4:15) Confesse!

v. 15 Qualquer que confessar que Jesus é o Filho de Deus, Deus habita nele, e ele em Deus.

Confessar a verdade acerca do Filho de Deus é uma condição para um relacionamento com Deus, o Pai.


A Chave para Interpretar todos os Gêneros e Contextos da Bíblia de modo Simples, porém com muita Profundidade…
(Clique Aqui e Acesse)


(1 João 4:16) Habitar em Deus, em seu amor

v. 16 E nós conhecemos e cremos no amor que Deus tem para nós. Deus é amor; e aquele que habita em amor, habita em Deus, e Deus nele.

Em alguns versículos, João enfatiza o lado ético da fé salvadora; em outros, ele salienta a fidelidade doutrinária. Aqui, sua ênfase está no afeto das paixões e do coração – no amor.

Advertisement

(1 João 4:17) Assim como Ele é, nós somos!

v. 17 Nisto o nosso amor é aperfeiçoado, para que tenhamos ousadia no dia do julgamento; porque, como ele é, assim somos nós também neste mundo.

O “Ele” em como ele é, assim somos nós pode se referir a Jesus ou a Deus Pai. Se a referência é a Jesus, João está dizendo que, assim como o Filho viveu neste mundo, amou as pessoas e agradou a Deus, assim também os Seus seguidores.

Se o “Ele” se refere ao Pai, João quer dizer que, assim como Deus habita com o Seu povo e o leva a refletir em Seu amor, o seu povo tem plena confiança em face do juízo vindouro.

(1 João 4:18) O amor lança fora o medo

v. 18 Não há temor no amor, mas o amor perfeito lança fora o medo; porque o medo traz tormento. Aquele que teme não é perfeito em amor.

Advertisement

Com as palavras não há temor, João fala do pavor do juízo final (v. 17) e do tormento eterno. Ele não rejeita o saudável “temor do Senhor” que outros autores bíblicos recomendam (p. ex., Pv 1:7).

(1 João 4:19) Ele nos amou primeiro

v. 19 Nós o amamos porque ele primeiro nos amou.

Porque Deus primeiro nos amou, nossa vontade e nossos afetos são transformados de modo ao amor substituir o nosso egoísmo.

(1 João 4:20-21) Se ama a Deus, ame seu irmão

v. 20 Se um homem diz: Eu amo a Deus, e odeia seu irmão, é mentiroso. Porque se ele não ama seu irmão, a quem viu, como pode amar a Deus, a quem não viu?

Advertisement

v. 21 E este mandamento temos dele: que aquele que ama a Deus, ame também o seu irmão.

Os seguidores de Cristo amam a Deus e às demais pessoas – ou não seriam verdadeiros discípulos de Cristo.

Conclusão

Que capítulo lindo! Como Deus nos amou, e nos amou primeiro, e nós o amaremos para sempre! João é conhecido como o apóstolo do amor, e não deixa de lado essa sua característica, sempre falando do amor, que não deve ser apenas vertical, mas sobretudo, horizontal.

Se amamos, conhecemos a Deus, porque Ele é amor, Ele é o sacrifício, Ele é a atitude real de carinho e afeto.

Seu amor veio ao nosso encontro, seu amor buscou-nos como o pastor que vai em busca da ovelha perdida, deixando as noventa e nove no pasto.

Advertisement

Ele não desiste de nenhum de nós, não importa nosso pecado, o que temos feito, o amor de Deus é incondicional.

1 João 4 estudo.

Sobre o Autor

Olá, me chamo Lázaro Correia, sou Cristão, formado em Teologia e apaixonado pela Bíblia. Aqui no Blog você vai encontrar diversos estudos Bíblicos e muito conteúdo sobre vida Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *