Provérbios 2 Estudo: O inestimável valor da sabedoria

Neste capítulo de Provérbios 2 estudo é retratado em seus versos o valor inestimável da sabedoria.

De fato, o discernimento é uma das coisas mais necessárias para viver de forma digna diante do Senhor, porque sem ele, por vezes podemos agir muito mal, além de trilhar caminhos destrutivos.

Advertisement

Por outro lado, conseguimos ser bem mais assertivos na nossa abordagem, em diversas frentes, quando nos dedicamos a uma busca diligente pelo conhecimento.

Aliás, esse é o grande ponto para ser sábio, porque apesar da sabedoria estar disponível para todos, você precisa buscar obsessivamente essa capacidade.

Uma coisa é certa: ao buscá-la o seu caminho se tornará mais seguro, você se afastará imediatamente de escolhas más e ainda vai contar com uma ferramenta essencial para sua construção. Acompanhe!

Advertisement

Provérbios 2 estudo: Contexto histórico

O conteúdo encontrado em Provérbios 2 é uma continuação direta do capítulo anterior.

Logo após de introduzir o propósito de seu livro e o clamor feito pela própria sabedoria, Salomão fala sobre o valor inestimável dessa capacidade e como ela é eficiente em nortear toda a nossa conduta.

Dada essa importância, o Sábio poderia começar validar sua visão com vários conselhos e princípios.

Como também, incentivar as pessoas a buscarem a sabedoria como um modo de sobrevivência.

(Provérbios 2:1-5) Sabedoria

v. 1 Meu filho, se receberes minhas palavras, e esconderes contigo os meus mandamentos;

Advertisement

v. 2 para que inclines teu ouvido à sabedoria, e apliques o teu coração ao entendimento;

v. 3 e se clamares por conhecimento, e elevares tua voz por entendimento,

v. 4 se a buscares como à prata e a procurares como a tesouros escondidos,

v. 5 então entenderás o temor do ­Criador, e acharás o conhecimento de Deus.

Em vez de meramente aprender a respeito de sabedoria, o estudante é chamado em primeiro lugar a aceitar (em vez de desprezar ou rejeitar; Pv 1:7) e incorporar a sabedoria, e então a clamar e procurar ardentemente por ela.

Advertisement

O resultado é um relacionamento (conhecimento) reverente (ou seja, temor de maneira apropriada) com Deus, que é um pré-requisito da verdadeira sabedoria.

(Provérbios 2:6-8) Ele reserva a sabedoria

v. 6 Porque o Criador dá a sabedoria; da sua boca vem o conhecimento e o entendimento.

v. 7 Ele reserva a perfeita sabedoria para os justos; ele é um broquel para aqueles que caminham corretamente.

v. 8 Ele guarda as veredas do juízo, e preserva o caminho dos seus santos.

Ao guardarmos os mandamentos de Deus (v. 1), Ele reserva a sabedoria como nossa recompensa. O termo traduzido como sabedoria (Pv 3:21), (Pv 18:1), (Pv 8:14), (sensato) tem a ver com sensatez (Is 28:29), (Jó 12:16), competência e sucesso (Jó 5:12), (Jó 6:13).

Justos significa “que corresponde à instrução ética de Deus” (Heb. yashar). A palavra hebraica para “corretamente” sugere genuinidade e confiabilidade; é traduzida também como “justo” (Pv 10:29) e “reto/honesto” (Pv 29:10).

(Provérbios 2:9-10) Conhecimento agradável

v. 9 Então entenderás a justiça, o juízo, a equidade; sim, toda boa vereda.

v. 10 Quando a sabedoria entrar no teu coração, e o conhecimento for agradável à tua alma,

Advertisement

Entender é outro resultado “então” de se procurar a sabedoria. Uma pessoa pode viver eticamente quando possui sabedoria em seu coração (ver nota em Pv 4:23) e alma (Heb. nephesh; ver nota em Pv 13:2-4).

A sabedoria de Deus entrando numa pessoa e tornando-lhe agradável o conhecimento divino equivale à regeneração (Jr 31:31-33), (Ez 36:27), (1Co 1:18). Sobre vereda, ver nota em Pv 1:15.

(Provérbios 2:11) Discrição e entendimento

v. 11 a discrição te preservará, e o entendimento te guardará;

Ter sutileza (ver nota em Pv 1:4) e entendimento (ver nota em Pv 1:2) evitará um comportamento autodestrutivo (Pv 1:19).

(Provérbios 2:12) Caminho do homem mau

v. 12 para te livrar do caminho do homem mau, do homem que fala coisas perversas;

Sobre mau, ver nota em Pv 1:16. Perversas é literalmente “tombado, virado de cabeça para baixo” (Jz 7:13), (2Rs 21:13), fazendo uma coisa virar outra diferente (Dt 32:5), (Is 29:16), (Jr 2:21), (Am 5:7) – neste caso, torcendo a verdade em mentira (Jr 23:26).

(Provérbios 2:13-14) Fazer o mal

v. 13 que deixam as veredas da retidão, para andarem pelos caminhos das trevas;

Advertisement

v. 14 que se regozijam de fazer o mal, e se deleitam com a perversidade dos maus;

Fazer o mal é solapar a sociedade e aplaudir sua ruína.

(Provérbios 2:15) Veredas tortuosas

v. 15 cujas veredas são tortuosas, e são perversos em seus caminhos;

Tortuosas é o oposto de “justo” (v. 7); significa “perversas” (Pv 11:20), (Pv 28:6) ou “pervertidas” (Dt 32:5). Sobre veredas e caminhos, ver nota em Pv 1:15.

(Provérbios 2:16-17) Mulher estrangeira

v. 16 para te livrar da mulher estrangeira, e até mesmo da estrangeira que lisonjeia com suas palavras;

Advertisement

v. 17 que abandona o guia da sua mocidade, e se esquece do pacto do seu Deus;

A mulher estrangeira abandonou o marido (v. 17) e quer destruir a sociedade (Pv 5:3), (Pv 7:5), (Pv 22:14).

A estrangeira (pervertida) está comprometida com uma comunidade diferente enão tem interesse algum em preservar a comunidade dos fiéis (Pv 6:24), (Pv 23:27).

Lisonjeia (lit. “ser macio”) com… palavras sempre tem uma agenda que envolve a destruição de outras pessoas (Pv 26:28), (Sl 55:21).

Essa advertência se aplica a qualquer pessoa que apela a instintos degradantes com segundas intenções.

(Provérbios 2:18-19) Mortos

v. 18 porque a sua casa se inclina para a morte, e as suas veredas para os mortos.

v. 19 Nenhum dos que vão até ela retorna novamente, nem retomam as veredas da vida.

Advertisement

A união com a mulher imoral/estrangeira é autodestrutiva (Pv 1:19).

A palavra hebraica para mortos é a mesma para refains, um povo cananeu (Dt 2:20-21), no entanto, na poesia hebraica, ela se refere aos que habitam nas sepulturas (Pv 9:18), (Pv 21:16), (Is 14:9).

(Provérbios 2:20-22) Homens bons

v. 20 Para que tu possas andar pelo caminho dos homens bons, e guardar as veredas dos justos.

v. 21 Porque os retos habitarão a terra, e os perfeitos permanecerão nela.

v. 22 Mas os ímpios serão arrancados da terra, e os transgressores serão exterminados dela.

Esses homens bons possuem excelência moral. Figuradamente, habitar na terra significa desfrutar a bênção de Deus por meio de um relacionamento com Ele (Sl 37:3), (Jr 7:5-7).

Embora a advertência do v. 16-17 seja especificamente contra as relações sexuais ilícitas, ela sugere uma aplicação mais ampla.

Aqueles que escolhem o bem desfrutarão eternamente das bênçãos de Deus, (Is 60:21), (Mt 5:5), porém os ímpios (maus, perversos, egoístas, intensamente antissociais) serão eternamente arrancados da bênção de Deus.

Os transgressores são desleais nos relacionamentos; aqui eles abandonaram o compromisso com Deus.

Conclusão

Por fim, o Provérbios 2 estudo nos convida a uma reflexão sobre como tem sido a nossa atual busca por conhecimento, discernimento e sabedoria.

É muito comum nos julgarmos inteligentes e até mesmo dizermos aquela famosa frase: “eu sei o que estou fazendo”.

Às vezes, nem chegamos a falar de forma audível, mas é uma impressão que carregamos e que tem influência nas nossas ações.

O problema é que, na realidade, isso pode ser um dos principais fatores que está impedindo o seu crescimento e amadurecimento.

Tanto no sentido espiritual quanto em outros aspectos da vida, como: relacionamentos, finanças, carreira profissional, dentre outros.

Dessa forma, reflita se você não está desprezando o conhecimento de algum modo – faça isso de maneira sincera e com o estado de espírito de humildade.

A sabedoria tem um valor inestimável e será crucial para você não só idealizar um futuro bom, segundo a vontade de Deus, mas também vivê-lo.

Provérbios 2 estudo.
Advertisement

Sobre o Autor

Olá, me chamo Lázaro Correia, sou Cristão, formado em Teologia e apaixonado pela Bíblia. Aqui no Blog você vai encontrar diversos estudos Bíblicos e muito conteúdo sobre vida Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência na navegação. Mais informações.