Rute 3 Estudo: Um Plano Honrado

Advertisement

Neste capítulo de Rute 3 estudo, veremos que Noemi orienta Rute a buscar um lar, então, sugeriu que ela fosse até os campos, com seu melhor vestido e ungida e, quando Boaz repousasse, após se alimentar, Rute deveria deitar-se próxima a ele e lhe descobrir os pés, até que o homem a explicasse o que deveria ser feito.

Rute assim procedeu e Boaz, em determinado momento, ao acordar assustado, pergunta quem estava com ele e Rute se apresentou e lhe pediu que a resgatasse.

Advertisement

Boaz bendisse ao Senhor pela atitude dela e a informou que havia outro parente, mais próximo, que poderia resgatá-la, contudo, no dia seguinte ele procuraria resolver aquela situação.

Após, ele despediu Rute, com seis medidas de cevada. Ao retornar, ela informou Noemi de todo o ocorrido e esta a orientou que aguardasse o que seria resolvido.

Advertisement

Rute 3 estudo: Contexto histórico

Rute vai a eira rebuscar espigas e lá é encontrada por Boaz, o qual, ao saber de quem ela se tratava, a favorece, em seus campos, diante de seus servos e solicita que ela rebuscasse apenas em suas plantações.

Rute, então, após colher em grande quantidade, retorna e conta todo o ocorrido a sua sogra, a qual a informa que Boaz seria um de seus resgatadores. Rute colheu nos campos de Boaz até o fim da sega.


Você ler a Bíblia todos os dias mas Não consegue Entender a Mensagem de Deus? Clique Aqui e venha Estudar Teologia Conosco de Maneira Fácil e Descomplicada! 📖


(Rute 3:8-9) Estende tua aba

v. 8 E, sucedeu que, à meia-noite, o homem ficou temeroso e se virou; e eis que uma mulher estava deitada aos seus pés. 

v. 9 E ele disse: Quem és tu? E ela respondeu: Eu sou Rute, tua criada; estende pois a tua aba sobre a tua criada; porque tu me és um parente próximo. 

Considerando que sua sogra havia previsto que Boaz tomaria a iniciativa na conversa, Rute respondeu à pergunta dele sobre quem ela era já esclarecendo qual era sua intenção.

Advertisement

Ela lhe pediu que estendesse a borda de sua veste sobre ela como um ato simbólico de compromisso matrimonial (Ez 16:8).

O pedido também envolveu um jogo de palavras, já que estende pois a tua aba sobre a tua criada significa literalmente “estenda sua asa sobre mim”, convidando Boaz a ser a resposta de sua própria oração (Rt 2:12), quando ele pediu que Rute pudesse encontrar refúgio debaixo das asas do Senhor.

(Rute 3:10-11) Fidelidade ao pacto

v. 10 E ele disse: Bendita sejas tu do SENHOR, minha filha; pois demonstraste mais benevolência no final do que no começo, porquanto não seguiste os moços, quer pobres ou ricos. 


Quer Pregar Com Conhecimento Bíblico Profundo, Dominando a Oratória, com boa Dicção, Citando Versículos de Memória, sem Timidez e com total Eloquência?
(Clique Aqui e Sabia Mais)


v. 11 E, agora, minha filha, não temas; farei contigo tudo o que requeres; pois toda a cidade do meu povo sabe que tu és uma mulher virtuosa. 

As primeiras palavras de Boaz, minha filha, mostraram que ele não se deixou confundir pela possível ambiguidade daquela situação.

Ele disse que estava disposto a arcar com o custo social e financeiro de acolher em sua família estrangeira desprezada. Boaz enxergou corretamente a proposta de Rute como mais um ato de fidelidade ao pacto (Heb. chesed) da parte dela.

Advertisement

Assim como Rute havia deixado seu lar e sua família para ficar com Noemi, agora ela estava subordinando seus próprios interesses aos de sua sogra.

Na ordem hebraica do antigo testamento, o livro de Rute vem logo depois do livro de Provérbios, que termina com a descrição de uma mulher virtuosa (Pv 31:10).

(Rute 3:12-13) A ordem de preferência

v. 12 E eis que é verdade que sou de ti um parente próximo; embora haja um parente ainda mais próximo do que eu. 


⚠️ E-book Grátis para Pregadores ⚠️:


v. 13 Espera esta noite, e será que, pela manhã, se ele cumprir diante de ti a parte de um parente, bem; que faça a parte do parente; mas se não fizer a parte de um parente para contigo, então eu farei a parte de um parente para contigo, como vive o SENHOR; deita-te até o amanhecer. 

Apesar de Boaz ser parente próximo de Noemi,havia outro que tinha prioridade de reivindicar ser o resgatador.

Advertisement

No entanto, Boaz confirmou a Rute que, de uma forma ou de outra, ela seria redimida (e Noemi também).

(Rute 3:14-15) Uma estratégia virtuosa

v. 14 E ela se deitou aos seus pés até a manhã; e ela se levantou antes que um pudesse conhecer o outro. E ele disse: Que não se saiba que uma mulher entrou na eira. 

v. 15 Disse também ele: Traz o véu que tens sobre ti, e segura-o. E, quando ela o segurou, ele mediu seis medidas de cevada, e lhas pôs em cima; e ela foi para a cidade. 

Se todos ficassem sabendo que Rute havia visitado Boaz aquela noite, as pessoas iriam entender, de forma errada, que Boaz tomou Rute como esposa ou que eles eram culpados de imoralidade sexual.

Advertisement

Boaz não queria que o parente mais próximo, que tinha a primazia de direito, fosse predisposto a recusar Rute. Por isso, mandar Rute para casa antes que o dia clareasse evitou que houvesse mais impressões.

Para selar seu compromisso e talvez também para dar uma desculpa a Rute para estar fora de casa tão cedo), Boaz lhe deu seis medidas de cevada.

Se as medidas não especificadas forem sérias, isso seria por volta de 36 quilos, uma carga enorme. Porém, a falta da medida pode ter sido para chamar atenção para o número seis, que geralmente representa algo não completo no antigo testamento.


Domine a Arte de Elaborar e Pregar Sermões Expositivos, Temáticos e Textuais, para Ensinar com Profundidade, Clareza e Fidelidade as Escrituras!
(Clique Aqui e Confira
)


Até este presente generoso era incompleto. Rute ainda esperava a última porção de “cereal”, que concretiza seu descanso.

(Rute 3:16-18) A pergunta de Noemi

v. 16 E quando ela veio para sua sogra, ela disse, Quem és tu, minha filha? E ela lhe contou tudo o que o homem havia feito por ela. 

v. 17 E ela disse: Estas seis medidas de cevada ele me deu; pois me disse: Não vás vazia até a tua sogra. 

Advertisement

v. 18 Então ela disse: Assenta-te e aquieta-te, minha filha, até que saibas como a questão recairá; pois o homem não terá repouso até que tenha terminado com isto hoje.

Quando Rute voltou, Noemi lhe perguntou,literalmente, “Quem és tu?” Foi a mesma pergunta que Boaz fez em Rt 3:9.

Rute era apenas um fardo e um embaraço para Noemi ou era aquela que lhe prover um lugar duradouro nas genealogias de Israel por meio da provisão de um filho?

A resposta dependia do que acontecera na noite anterior. Essa era a verdadeira natureza da pergunta de Noemi, como se pode ver pela resposta de Rute.

Conclusão

Neste capítulo, vemos o desenrolar da estratégia de Noemi, a qual já havia percebido que havia uma possível atração entre Rute e Boaz. Conhecedora das leis e tradições de seu povo, ela, então, orienta sua nora a dar início ao plano de resgate.

Rute, embora moabita, se mostrou leal à tradição do povo de seu marido, além de explicitar seu desejo de cuidar de sua sogra, Noemi.

Advertisement

Essa atitude nobre de Rute é digna de admiração, tanto que Boaz, quando se depara com a solicitação de resgate dela, a engrandece, vez que não procurou outros homens jovens, quer ricos, quer pobres.

Importante destacarmos, também, que o plano de Rute não colocava Boaz numa situação comprometedora, o forçando a assumir uma possível responsabilidade, vez que o dever de resgatador deveria ser cumprido como um gesto de amor.

Um resgatador não se casava por obrigação, mas por respeito a cultura desenvolvida em decorrência da lei mosaica.

Quando Rute pede que Boaz estendesse sua capa sobre ela, isso fazia referência a um pedido de proteção, assim como passarinhos se escondem debaixo das asas de sua mãe.

Advertisement

No costume judeu, o marido cobre sua noiva com a ponta de seu manto de oração, o que simboliza sua intenção de proteção.

Rute e Boaz são exemplos de um casal virtuoso. Embora, inicialmente, haja “desconfiança” de que eles tenham desobedecido a lei divina, pelas palavras utilizadas no texto, como “deitarás” ou “descobriu”, as quais estariam associadas a um possível teor sexual, a realidade é que tal questão não merece prosperar.

Quando comparamos a história de Rute com a de Tamar, por exemplo, vemos que Rute agiu de forma honrada e virtuosa, ao passo que Tamar adulterou e buscou resolver seu problema a seu modo, amargando, assim, as consequências de sua obstinação.

Rute 3 estudo.
Advertisement

Sobre o Autor

Olá, me chamo Lázaro Correia, sou Cristão, formado em Teologia e apaixonado pela Bíblia. Aqui no Blog você vai encontrar diversos estudos Bíblicos e muito conteúdo sobre vida Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *