Tiago 3 Estudo: Como Usar a Língua com Sabedoria

Neste capítulo de Tiago 3 estudo, haverá um ensino poderoso sobre o mal incontido: a língua. Como nossas palavras poderão edificar sonhos extraordinários, assim como poderão destruí-los.

Tiago nos ensinará sobre a maldade e pecado que há escondido em um órgão tão pequeno de nosso corpo e sobre como é nosso dever dominá-lo.

Advertisement

Não devemos usar a boca como fonte de bênção e maldição, devendo apenas, ser fonte de bênção, limpa.

Encerrará falando sobre a diferença entre a sabedoria terrena e a sabedoria do alto e suas características: uma é carnal, egoísta, insensata, destrutiva, enquanto a outra é muito superior, sendo pacífica, espiritual, amorosa e promotora da união.

Advertisement

Tiago 3 estudo: Contexto histórico

Aprendemos sobre a relação entre a fé e as obras e sobre a discriminação entre o rico e o pobre. A misericórdia deve ser a guia em nossos relacionamentos e por isso, nossos julgamentos e decisões precisam passar por ela.

Uma fé cristã deve ser embasada no comportamento e nas obras. Não há sentido em um cristão que não apresenta no seu dia-a-dia, traços de generosidade, compaixão e amor, como forma de gratidão pela obra redentora de Jesus na cruz, o que não nos custou nada em troca.


Você ler a Bíblia todos os dias mas Não consegue Entender a Mensagem de Deus? Clique Aqui e venha Estudar Teologia Conosco de Maneira Fácil e Descomplicada! 📖


Tiago 3:1-12

Nesta seção, Tiago continuou tratando do problema do falar inutilmente (Tg 2:16-18). Seu foco está em como o ensino errado pode prejudicar a congregação.

(Tiago 3:1) Não sejam mestres

v. 1 Meus irmãos, muitos não sejam mestres, sabendo que receberemos maior condenação.

Muitas pessoas querem ser mestres porque é uma função considerada importante na igreja. A proliferação de mestres sem treinamento, no entanto, pode gerar falsos ensinamentos na congregação, fazendo com que alguns se desviem.

Advertisement

Os mestres são julgados com maior rigor e não devem ser nomeados sem o devido cuidado.

(Tiago 3:2) O tropeço pela palavra

v. 2 Porque todos tropeçamos muitas vezes. Se algum homem não tropeça em palavra, este é um homem perfeito, e capaz também de refrear todo o corpo.

A coisa mais difícil para um mestre é controlar a língua. Corpo (Gr. soma) tem duplo sentido aqui. O termo se refere ao corpo físico e ao papel da língua nele, mas também ao corpo de Cristo na sinagoga e à influência dos mestres nele.


Quer Pregar Com Conhecimento Bíblico Profundo, Dominando a Oratória, com boa Dicção, Citando Versículos de Memória, sem Timidez e com total Eloquência?
(Clique Aqui e Sabia Mais)


(Tiago 3:3-6) O mal contido na língua

v. 3 Ora, nós colocamos freio nas bocas dos cavalos, para que possam nos obedecer; e dirigimos todo o seu ­corpo.

v. 4 Vede também os navios que, embora sendo tão grandes, e levados por impetuosos ventos, são dirigidos com um leme bem pequeno por aquele que os governa.

v. 5 Assim também a língua é um pequeno membro, e gloria-se de grandes coisas. Vede quão grande bosque um pequeno fogo incendeia!

Advertisement

v. 6 E a língua é um fogo; um mundo de iniquidade, assim a língua está entre os nossos membros, que contamina todo o corpo, e inflama o curso da natureza, e é inflamada pelo fogo do inferno.

Assim como o freio dos cavalos e os lemes dos barcos, o tamanho da língua é desproporcional à influência que ela exerce.

O falso ensino (expresso por “a língua”) é um mundo de iniquidade. Ele contamina todo o corpo (um indivíduo ou uma congregação) e determina o destino de todos que o seguem.


⚠️ E-Book Grátis para Pregadores ⚠️:


(Tiago 3:9-12) Água doce e salgada

v. 9 Com ela bendizemos a Deus, e Pai, e com ela amaldiçoamos os homens, que foram feitos à semelhança de Deus.
v. 10 De uma mesma boca procedem bênção e maldição. Meus irmãos, não convém que estas coisas sejam assim.

v. 11 Porventura de alguma fonte, de um mesmo local, jorram água doce e água amarga?
v. 12 Pode a figueira, meus irmãos, carregar bagas de azeitonas, ou uma videira figos? Assim como nenhuma fonte pode produzir água salgada e doce.

Advertisement

Tiago destacou a natureza contraditória da língua: da mesma boca sai louvor a Deus e maldição aos homens, feitos à semelhança de Deus, o que transgride a “lei real”.

Tiago 3:13-18

Nestes versículos, Tiago continuou tratando do papel dos mestres, principalmente de sua maturidade espiritual.

A fala até aparece aqui (não vos glorieis, nem mintais contra a verdade), mas o principal problema é a inveja amarga e contenda. Longe de ser pequenos defeitos de caráter, esses traços são de uma natureza terrena sensual e diabólica.

(Tiago 3:13) Mostre suas obras

v. 13 Quem é o homem sábio e dotado de conhecimento entre vós? Que mostre pelo seu bom comportamento as suas obras com a mansidão da sabedoria.

Advertisement

O mestre sábio “mostre” suas boas obras. Assim como a fé é demonstrada pelas obras, a sabedoria também é provada pelo bom comportamento e pela mansidão.

(Tiago 3:14-15) Sabedoria carnal

v. 14 Mas, se tendes uma amarga inveja, e contenda em vossos corações, não vos glorieis, nem mintais contra a verdade.
v. 15 Esta sabedoria não desce do alto, mas é terrena, sensual e diabólica.

A expressão amarga inveja, e contenda contrasta com “bom comportamento e… mansidão da sabedoria” (v. 13). Negar a verdade é uma ameaça constante nas igrejas que toleram falsas doutrinas.


Domine a Arte de Elaborar e Pregar Sermões Expositivos, Temáticos e Textuais, para Ensinar com Profundidade, Clareza e Fidelidade as Escrituras!
(Clique Aqui e Confira)


(Tiago 3:16-18) Sabedoria do alto

v. 16 Porque onde há inveja e contenda, aí há confusão e toda a obra do mal.

v. 17 Mas a sabedoria que vem do alto é, primeiramente pura, depois pacífica, gentil, e fácil de ser invocada, cheia de misericórdia e de bons frutos, sem parcialidade, e sem hipocrisia.

v. 18 E o fruto da justiça é semeado na paz daqueles que praticam a paz.

Advertisement

Tiago contrastou os dois tipos de sabedoria quanto a sua origem. Os mestres que ensinam com base na sabedoria “terrena” causam confusão e toda a obra do mal.

Os mestres que têm a sabedoria que vem do alto produzem virtudes que cumprem a “lei real” (Tg 2:8) e promovem a unidade dentro da congregação.

Conclusão

Que preciosidade! Um dos textos mais importantes da Bíblia, sem dúvida alguma. Aqui, o irmão de Jesus nos deixa um ensinamento digno de seu sangue materno, o mesmo do Mestre.


A Chave para Interpretar todos os Gêneros e Contextos da Bíblia de modo Simples, porém com muita Profundidade…
(Clique Aqui e Acesse)


A chave espiritual contida nesse capítulo é poderosa, como uma parte tão pequena de nosso corpo pode corromper ou salvar todo o resto?

Tiago usa a figura de um freio de cavalo, um leme de navio e um pequeno fogo, note que todos são pequenos, assim como a língua, mas que podem determinar sobre o que é maior a benção e a maldição.

Advertisement

Ele alerta para que, como cristãos, devemos apenas usá-la para abençoar a Deus e a sua criação, dizendo que de uma fonte não pode jorrar dois tipos de água e que de uma árvore não se pode colher dois tipos de frutos.

Que possamos vigiar e controlar esse órgão tão devastador e que dele venha sair apenas o que é bom, perfeito e agradável aos ouvidos de Deus e de nosso próximo. Amém! 

Tiago 3 estudo.
Advertisement

Sobre o Autor

Olá, me chamo Lázaro Correia, sou Cristão, formado em Teologia e apaixonado pela Bíblia. Aqui no Blog você vai encontrar diversos estudos Bíblicos e muito conteúdo sobre vida Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *