1 Pedro 5 Estudo: Amem a Igreja de Cristo

Advertisement

Em 1 Pedro 5, veremos que Pedro começará exortando aos mestres da igreja que amem sinceramente a igreja de Jesus e cuidem dela, não por ganância, mas única e exclusivamente por amor.

O mundo, o pecado e o Diabo, são vencidos quando nos humilhamos diante da poderosa mão de Deus, porque ele tem cuidado de todos nós. Encerrará dando algumas recomendações e abençoando aos irmãos em nome de Cristo.

Advertisement

Contexto histórico

Pedro acabara de ensinar sobre abandonar os feitos do pecado no passado, de abandonar as concupiscências da carne no velho homem, nos entregar de corpo e alma para o evangelho, para o que Deus pode fazer em nós e através de nós, independentemente de vivermos em paz ou em tribulações.

Devemos nos regozijar pelas dificuldades vividas pelo nome de Jesus, elas produzem em nós um tesouro que não poderá ser tirado na eternidade. Se apegue a essa verdade, se ao justo é complicado entrar no céu, quanto mais ao rebelde e injusto! Acompanhe a seguir o estudo de todos os versículos de 1 Pedro 5.



(1 Pedro 5:1-4) Coroa incorruptível

v. 1 Aos anciãos, que estão entre vós eu exorto, eu que também sou um ancião, e testemunha dos sofrimentos de Cristo, e participante da glória que se há de revelar:

v. 2 Alimentai o rebanho de Deus, que está entre vós, assumindo o cuidado dele, não por força, mas voluntariamente; não pela ganância do lucro, mas com um espírito pronto.

v. 3 Nem como senhores sobre a herança de Deus, mas como exemplo para o rebanho.
v. 4 E quando o sumo Pastor aparecer, recebereis uma coroa de glória incorruptível.

Pedro exortou os anciãos a servos exemplares e responsáveis. O termo “anciãos” se refere ao serviço de líder pastoral da igreja e parece ser intercambiado aqui com “pastores” e com “bispos” em outras passagens (Tt 1:7).

O apóstolo fundamentou seu apelo no fato de que ele era um ancião com eles e testemunha dos sofrimentos de Cristo.

Isso o ajudou a se identificar totalmente com os “anciãos” a quem se dirigia e deu maior forca a seu apelo. Ele lhes ordenou que fossem pastores do rebanho de Deus.

Em outras palavras, eles deveriam cuidar do povo de Deus, liderá-lo e protegê-lo, sem serem senhores. Os anciãos que servissem fielmente, apesar dos sofrimentos deste mundo, receberiam a glória nos céus das mãos do próprio Cristo, o sumo Pastor.

(1 Pedro 5:5) A humildade

v. 5 Semelhantemente, vós jovens, submetei-vos aos anciãos; e sede todos sujeitos uns aos outros, e revesti-vos de humildade, porque Deus resiste aos soberbos, e dá graça aos humildes.


Quer Pregar Com Conhecimento Bíblico Profundo, Dominando a Oratória, com boa Dicção, Citando Versículos de Memória, sem Timidez e com total Eloquência?
(Clique Aqui e Sabia Mais)


Aqui o termo mais velhos anciãos provavelmente se refere à idade, e não ao cargo.

(1 Pedro 5:6-7) Ele tem cuidado de vós

v. 6 Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que ele vos exalte no tempo certo.
v. 7 Lançando sobre ele todo vosso cuidado, porque ele cuida de vós.

Pedro encorajou todos os cristãos a serem humildes e entregarem seus cuidados a Deus. A humildade nos exalta diante de Deus e dos homens, efeito oposto ao da arrogância e da presunção.

(1 Pedro 5:8-9) Diabo ao nosso derredor

v. 8 Sede sóbrios, sede vigilantes; porque o vosso adversário, o diabo, anda em derredor, como um leão que ruge, buscando a quem possa devorar;

v. 9 ao qual resisti firmes na fé, sabendo que as mesmas aflições se cumprem entre os vossos irmãos no mundo.

Pedro advertiu os cristãos a estarem atentos aos enganos de Satanás e resisti firmemente a ele. Esta postura é adequada para quem é estrangeiro neste mundo. Pedro fortaleceu seus leitores mostrando que, como eles, outros cristãos também estavam sofrendo.

(1 Pedro 5:10-11) Aperfeiçoe, confirme, fortifique e estabeleça

v. 10 Mas que o Deus de toda a graça, que nos chamou para sua eterna glória por Cristo Jesus, depois de terdes sofrido um pouco, vos aperfeiçoe, confirme, fortifique e estabeleça.
v. 11 A ele seja a glória e o domínio para sempre e sempre. Amém.


⚠️ Receba Estudos Exclusivos no Whatsapp:


Deus dará forças e honra no céu àqueles que suportarem sofrimentos na terra por causa de sua fé.

(1 Pedro 5:12-14) Saudações finais

v. 12 Por Silvano, vosso fiel irmão, como eu cuido, escrevi brevemente, exortando e testificando que esta é a verdadeira graça de Deus, na qual vos firmais.

v. 13 A igreja que está em Babilônia, eleita juntamente convosco, vos saúda, e também o meu filho Marcos.

v. 14 Saudai-vos uns aos outros com um beijo de caridade. Paz seja com todos vós que estais em Cristo Jesus. Amém.

É possível que Silvano (Silas, ver v. 12) tenha ajudado Pedro a escrever esta carta, sendo seu amanuense, entretanto, o mais provável é que ele tenha sido o portador da carta.

Pedro enviou saudações da igreja de Roma, i.e., a igreja que está em Babilônia, e também de Marcos, meu filho – filho na fé, e não biológico.

O beijo de caridade era uma saudação comum na igreja do primeiro século. Paz é o sentimento de bem-estar e felicidade que os cristãos têm por causa de seu relacionamento com Cristo.

Esta bênção é um final adequado para a carta, pois, quando os cristãos são perseguidos na terra, a paz do céu não pode ser tirada deles.

5 principais lições que aprendemos no estudo de 1 Pedro 5

  1. Humildade diante de Deus: Pedro enfatiza a importância da humildade em relação a Deus, exortando os líderes da igreja a se humilharem sob a poderosa mão de Deus. Isso nos lembra que devemos reconhecer nossa dependência de Deus em todas as áreas de nossas vidas.
  2. Confiança na Provisão de Deus: Pedro encoraja os crentes a lançarem todas as suas ansiedades sobre Deus, pois Ele cuida deles. Essa lição nos ensina a confiar na fidelidade e na provisão de Deus em meio às adversidades e preocupações da vida.
  3. Vigilância contra o Inimigo: Pedro alerta sobre a realidade de um adversário espiritual, o diabo, que está à espreita para nos devorar. Isso nos lembra da importância de estarmos vigilantes e firmes na fé, resistindo às investidas do maligno por meio do poder de Deus.
  4. Resistência na Fé: Pedro incentiva os crentes a permanecerem firmes na fé, resistindo aos sofrimentos e perseguições que podem surgir. Essa lição nos desafia a perseverar na fé, mesmo diante das dificuldades, confiando na promessa da recompensa eterna que Deus reserva para os que O amam.
  5. Cuidado e Comunhão na Igreja: Pedro enfatiza a importância do cuidado mútuo e da comunhão na família da fé. Ele encoraja os crentes a se ajudarem mutuamente e a viverem em harmonia, fortalecendo-se uns aos outros em amor e unidade. Isso nos lembra da essência do corpo de Cristo, onde cada membro é importante e contribui para o bem-estar do todo.

Conclusão

Pedro continua a ensinar aos mestres da igreja como comportar-se, a maneira como devem tratar as ovelhas do rebanho de Cristo. Sem interesses, sem motivações erradas, como vemos hoje em dia em nossa sociedade.

Como diz Salomão: “Não há nada novo debaixo do céu”. Existia naquela época, existe hoje, então temos que ter discernimento para diferenciar aqueles que realmente estão preocupados com o chamado que recebemos daqueles que só se preocupam com a lã da ovelha, do que a pessoa pode dar.

Ele nos ensina sobre a humildade, de como seremos recompensados se formos humildes perante os homens e, sobretudo, perante a mão de Deus. Ele cuida de nós, desde sempre, e não deixará de cuidar, jamais!

O que nos é devido fazer é sujeitar-nos a Ele, porque o inimigo nos sonda, esperando apenas o nosso vacilo para nos tragar.

Devemos nos aperfeiçoar, nos confirmar em Cristo, fortificando-nos e estabelecendo seu reino em nossa vida! Aleluia!

1 Pedro 5 estudo.

Sobre o Autor

Olá, me chamo Lázaro Correia, sou Cristão, formado em Teologia e apaixonado pela Bíblia. Aqui no Blog você vai encontrar diversos estudos Bíblicos e muito conteúdo sobre vida Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *