1 Coríntios 12 Estudo: Os Dons Espirituais

Neste capítulo de 1 Coríntios 12 estudo, Paulo exporá um ensino bem completo sobre os dons espirituais. Sua intenção é de que os cristãos não sejam ignorantes sobre esse tema, diz que há uma diversidade de dons, mas que o Espírito é o mesmo e que opera tudo em todos.

Como exemplo, que ele usará o corpo humano, ensinando que não há dons superiores a outros e que, sob essa perspectiva, Deus estabelece os ministérios pelos quais Ele opera, distribuindo talentos que supram a necessidade da igreja e a façam crescer de forma saudável e consistente.

Advertisement

1 Coríntios 12 estudo: Contexto histórico

Paulo acabou de nos ensinar como os cristãos de sua época lidavam sobre o uso do véu, tanto os homens como as mulheres. Essas regras não se encaixam hoje, algo que foi bem específico para aquela época.

A questão da divisão na igreja para ele era como o nosso corpo e os ensinou assim e falou também da ceia do Senhor, mostrando que os cristãos daquela igreja estavam deturpando esse ato deixado por Jesus e os repreenderam por esse fato.

Advertisement

Denunciando toda a sua carnalidade, orientando-os a fazerem uma reflexão pessoal sobre sua situação, para somente assim, cear, honrando uns aos outros.

(1 Coríntios 12:1-3) Não sejais ignorantes

v. 1 Ora, acerca dos dons espirituais, irmãos, eu não quero que sejais ignorantes. 


⚠️ Cursos Bíblicos Recomendados (Com Desconto Especial):


v. 2 Vós sabeis que, ainda quando gentios, fostes levados aos ídolos mudos, assim como fostes conduzidos. 

v. 3 Por isso, eu vos quero fazer entender que nenhum homem falando pelo Espírito de Deus chama Jesus de amaldiçoado. E que nenhum homem pode dizer que Jesus é o Senhor, senão pelo Santo Espírito.

A submissão a Jesus como “único Senhor” só é possível por meio da obra do Espírito Santo. Em cortejo cerimonial, os gentios pagãos, fostes levados aos ídolos mudos, eram capazes de professar a Jesus como mais um entre outros muitos deuses ou até de amaldiçoá-Lo como uma fraude, mas jamais conseguiriam abandonar a seus falsos deuses e se consagrarem a Jesus a menos que o Espírito de Deus tornasse tal fato possível.

Advertisement

1 Coríntios 12:4-11

De acordo com Sua vontade, o Espírito distribui uma diversidade de dons ao corpo para o benefício comum. Os v. 4-6 e o início do v. 11 têm uma variedade de trocadilhos que estrutura esta seção.

(1 Coríntios 12:4-6) Deus e seu Espírito é o mesmo e opera em tudo e em todos

v. 4 Ora, há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo. 

v. 5 E há diferentes ministérios, mas o Senhor é o mesmo. 


⚠️ Grupo VIP de Estudos no WhatsApp:


v. 6 E há diversidade de operações, mas é o mesmo Deus que opera tudo em todos. 

O mesmo Deus triúno dá origem a uma variedade de dons e manifesta diversos ministérios dentro do corpo de Cristo.

A diversidade de dons… ministérios e formas de operações dentro da igreja unida espelham a unidade essencial e a obra unificada das pessoas da Trindade – o mesmo Espírito, o mesmo Senhor e o mesmo Deus.

Advertisement

(1 Coríntios 12:7) A manifestação é particular

v. 7 Mas a manifestação do Espírito é dada a cada um para proveito comum.

Cada manifestação do Espírito em um cristão é dada por Deus para o benefício comum de todo o corpo de Cristo.

Manifestação do Espírito se refere a dons, ministérios e formas de atuação que o poder capacitador do Espírito torna possíveis. Outras listas de dons espirituais como esta são apresentadas no v. 28, em Rm 12:6-8.

(1 Coríntios 12:11) A obra do Espírito

v. 11 Um só e o mesmo Espírito opera estas coisas, dividindo a cada homem várias vezes como ele deseja.

A expressão um só e o mesmo Espírito opera estas “coisas, é uma referência à obra sobrenatural do Espírito” de fazer com que uma diversidade de crentes com dons diferentes tenha um relacionamento unido e coeso (“bem comum”).

Advertisement

(1 Coríntios 12:12) Somos corpo de Cristo

v. 12 Porque, assim como o corpo é um, e tem muitos membros, e todos os membros desse corpo, sendo muitos, são um corpo, assim também é Cristo.

Cristo é uma abreviação de “o corpo de Cristo”, a igreja (cp. v. 27-28).

(1 Coríntios 12:13) Um só espírito

v. 13 Porque por um Espírito, todos nós fomos batizados em um corpo, quer sejamos judeus ou gentios, quer sejamos escravos ou livres, e a todos foi dado beber em um só Espírito.

A fim de ilustrar que cada crente passa a ser identificado como em um corpo de Cristo [i.e., como a igreja em união), Paulo se valeu do costume de se tingir várias roupas imergindo-as na mesma tina de tintura. Todos os cristãos foram batizados em um só corpo e lhes foi dado beber de um só Espírito.

1 Coríntios 12:14-20

Nesta seção, Paulo ataca o problema da autodesvalorização de alguns cristãos que, por seus dons não serem valorizados pela igreja, se veem como menos úteis ao corpo.

Advertisement

(1 Coríntios 12:15-16) Todos somos um

v. 15 Se o pé disser: Porque eu não sou mão, eu não sou do corpo; não é portanto do corpo?

v. 16 E se a orelha disser: Porque eu não sou o olho, eu não sou do corpo; não é portanto do corpo?

O apóstolo personificou as partes do corpo, dando-lhes fala a fim de mostrar o absurdo da inveja e da autodepreciação entre os membros do corpo humano.

Parece que alguns coríntios começaram a avaliar os dons, dando importância aos dons públicos e vistosos (como o dom de falar em línguas) e relativa insignificância aos dons mais difíceis de se observar.

(1 Coríntios 12:17) O corpo tem várias funções

v. 17 Se todo o corpo fosse olho, onde estaria o ouvido? Se todo fosse ouvido, onde estaria o olfato?

Um corpo reduzido a apenas um membro seria grotesco e inútil.

Advertisement

(1 Coríntios 12:18) Deus nos fez assim, diferentes

v. 18 Mas agora Deus colocou cada um dos membros no corpo como lhe agradou. 

A dispersão e diversificação dos carismas não são por acaso. O próprio Deus concedeu estes dons como lhe agradou.

(1 Coríntios 12:19-20) Muitos membros, porém, um só corpo

v. 19 E, se todos eles fossem um só membro, onde estaria o corpo?

v. 20 Mas agora, eles são muitos membros, mas um só corpo. 

A expressão há muitos membros, mas um só corpo coloca nossa identidade como indivíduos dentro do conjunto do corpo de Cristo.

Advertisement

(1 Coríntios 12:21-22) Todos são necessários

v. 21 E o olho não pode dizer à mão: Eu não tenho necessidade de ti; nem ainda a cabeça aos pés: Eu não tenho necessidade de vós. 

v. 22 Antes, os membros do corpo que parecem ser os mais fracos são os mais necessários; 

Ao contrário da percepção errada dos coríntios, os membros mais fracos do corpo são os mais necessários.

(1 Coríntios 12:23-26) Os menos honrosos devem ser mais honrados

v. 23 e os membros do corpo que pensamos ser os menos honrosos, a esses concedemos abundante honra; e às nossas partes íntimas são tratadas com maior decoro.

v. 24 Porque nossas partes decentes não têm necessidade disso, mas Deus de tal forma articulou o corpo, dando mais abundante honra à parte que faltava, 

Advertisement

v. 25 para que não haja separação no corpo, mas que os membros tenham o mesmo cuidado uns para com os outros. 

v. 26 E se um membro sofrer, todos os membros sofrem com ele; e se um membro for honrado, todos os membros se regozijam com ele. 

Nós vestimos as partes íntimas (áreas privadas) “do corpo humano, os quais consideramos menos honrosos, concedendo-lhes assim abundante honra.

Semelhantemente, Deus dispôs o corpo de Cristo de tal maneira que os membros “menos honrosos” recebessem “especial honra”. A humildade é uma virtude suprema no reino de Deus (Mt 18:3).

(1 Coríntios 12:27) Corpo de Cristo

v. 27 Ora, vós sois o corpo de Cristo, e seus membros em particular. 

Advertisement

A expressão membros em particular (Gr. ek merous; “parte por parte”) se torna chave no capítulo 13 (cp. ekmerous, traduzido como “em parte”; “imperfeito” em 1 Co 13:10. Esta expressão não aparece em nenhum outro lugar nas páginas do Novo Testamento.

(1 Coríntios 12:28) Os ministérios

v. 28 E Deus colocou alguns na igreja, primeiro apóstolos, em segundo lugar, profetas, em terceiro, mestres, depois milagres, depois, dons de curar, de ajudar, de governar, de diversidades de línguas. 

Neste versículo, igreja não se refere apenas ao corpo local dos cristãos de Corinto, e sim à igreja universal, composta de todos os cristãos, de toda parte e de todas as épocas.

Deus colocou enfatiza que ninguém pode simplesmente se nomear a si mesmo para uma posição dentro do corpo. Esta disposição é um privilégio exclusivo do Senhor.

Primeiro… em segundo lugar… em terceiro lugar nos dá um vislumbre da prioridade dos papéis na era da igreja primitiva. Todos os membros são iguais, mas a igreja jamais teria sido fundada sem os apóstolos que o Senhor designou.

(1 Coríntios 12:29-30) Todos são?

v. 29 São todos apóstolos? São todos profetas? São todos mestres? São todos operadores de milagres?

v. 30 Têm todos do dom de cura? Falam todos em línguas? Fazem todos interpretações?

Com uma série de perguntas retóricas, Paulo enfatiza que nenhum dom é normativo.

(1 Coríntios 12:31) Um caminho ainda mais excelente, o amor

v. 31 Portanto, procurai fervorosamente os melhores dons; e eu vos mostrarei um caminho ainda mais excelente. 

Paulo conclui exortando a igreja de Corinto a dar ênfase aos melhores dons, aqueles que trazem edificação mais direta ao corpo reunido.

E eu vos mostrarei um caminho ainda mais excelente introduz a discussão acerca da relação de amor necessária para se exercer os dons dentro do corpo de Cristo.

Paulo utiliza três hipérboles para mostrar que, sem amor, os dons não servem para nada. Paulo estabeleceu como critério a primazia do amor (1Co 13:1-13) ao usarmos nossos dons.

Conclusão

Finalizando mais um estudo, de maneira muito ingênua, muitos cristãos acham que Deus não lhes concedeu nenhum dom e que não há nada de especial em si mesmos, ou que somente para sentar e ouvir pregações.

Contudo, este pensamento está totalmente errado e o apóstolo Paulo movido pelo Espírito Santo, nos mostra isso de maneira bastante clara.

Portanto se você é Igreja, o Espírito Santo já ministrou ou ministrará dons sobre a sua vida. De qualquer forma, essa descoberta se dará por meio de tempo de qualidade na presença de Deus.

Não é uma jornada muito óbvia, saber qual é a nossa vocação, sempre haverá momentos em que voltaremos para Deus e a sua vontade.

É provável que essa união nunca acabe, até mesmo na eternidade, voltaremos de maneira constante a Deus e à sua presença para encontrar o caminho.

Portanto, não desista se ainda não sabe qual é o seu talento, em algum momento, saberá.

1 Coríntios 12 estudo.

Sobre o Autor

Olá, me chamo Lázaro Correia, sou Cristão, formado em Teologia e apaixonado pela Bíblia. Aqui no Blog você vai encontrar diversos estudos Bíblicos e muito conteúdo sobre vida Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência na navegação. Mais informações.