1 Samuel 31 Estudo: A Morte de Saul

Advertisement

Neste capítulo de 1 Samuel 31, veremos que os filisteus ferem os israelitas e, ainda, matam os filhos de Saul, sendo Jonatas, Abinadabe e Malquisua. Saul pediu a seu escudeiro para o matar, pois os filisteus o apertavam e ele não desejava que eles escarnecessem dele.

O escudeiro temeu, porém, Saul se lançou sobre a espada dele. O escudeiro, ao vê-lo morto, também, se lançou sobre a espada e morreram juntos. Então, os israelitas fugiram das cidades, de modo que os filisteus habitaram nelas.

Os filisteus, ainda, cortaram a cabeça de Saul, puseram suas armas no templo de Astarote e, seu corpo, no muro de Bete-Seã.

Ouvindo isto, os valentes, tiraram o corpo de Saul e seus filhos do muro e os queimaram. Após, sepultaram seus ossos e jejuaram por sete dias.

Advertisement

1 Samuel 31 estudo: Contexto histórico

Ao ser mandado de volta por Aquis, Davi retorna a Ziclague e se depara com a destruição causada pelos amalequitas, os quais haviam raptado todas as mulheres e seus filhos. Ele consulta a Deus, o qual o orienta a ir atrás daqueles inimigos, vez que os entregaria a ele.

Davi, então, parte com seus homens, sendo que duzentos ficaram pelo caminho, junto ao ribeiro de Besor, por estarem exaustos. É relatado que ele encontra os amalequitas, os fere e restitui tudo que possuía, sendo que lhe fora, ainda, acrescentado o despojo.


⚠️ Receba Estudos Exclusivos no Whatsapp:


Quando volta para junto daqueles que haviam ficado no ribeiro, alguns homens não desejam repartir os despojos, porém Davi estabelece que eles teriam o mesmo direito daqueles que haviam pelejado, por terem ficado cuidando das bagagens. Isso virou lei. Após, Davi reparte o despojo, ainda, com os anciãos de Judá.

(1 Samuel 31:1) Israel derrotado pelos filisteus

v. 1 Ora, os filisteus lutaram contra Israel; e os homens de Israel fugiram de diante dos filisteus, e caíram mortos no Monte Gilboa.

Advertisement

O relato agora se desloca para o vale de Jezreel. Os homens de Israel fugiram; ou seja, Israel perdeu a batalha (1Sm 4:17). Sobre o monte Gilboa, ver nota em 1Sm 28:4.

(1 Samuel 31:2) Os filhos de Saul são mortos

v. 2 E os filisteus perseguiram com afinco Saul e os seus filhos; e os filisteus mataram Jônatas, e Abinadabe, e Malquisua; os filhos de Saul. 

Reis e príncipes normalmente se protegiam de riscos associados ao campo de batalha (2Sm 18:2-4), mas nesta batalha, os filisteus mataram Jônatas,e Abinadabe, e Malquisua; os filhos de Saul.

(1 Samuel 31:3) Saul é ferido

v. 3 E a batalha se intensificou contra Saul, e os arqueiros o atingiram; e ele foi gravemente ferido pelos arqueiros. 


Quer Pregar Com Conhecimento Bíblico Profundo, Dominando a Oratória, com boa Dicção, Citando Versículos de Memória, sem Timidez e com total Eloquência?
(Clique Aqui e Sabia Mais)


 Os arqueiros proporcionavam a vantagem de infligir ferimentos potencialmente fatais de uma certa distância; a chuva de flechas sobre a posição de Saul mostrou-se efetiva.

(1 Samuel 31:4) Saul se lança contra uma espada

v. 4 Então disse Saul ao seu escudeiro: Desembainha a tua espada, e atravessa-me com ela; para que não venham estes incircuncisos e me atravessem, e de mim abusem. Porém, o seu escudeiro não quis fazê-lo; pois ficou mui temeroso. Então Saul tomou uma espada, e caiu sobre ela. 

Advertisement

 Saul temia que os filisteus o capturassem vivo e talvez o tratassem como tinham tratado Sansão no período dos juízes (Jz 16:21).

Entretanto, o escudeiro de Saul estava paralisado de medo e não conseguia obedecer à ordem do rei atravessa-me.Saul, então, pegou sua espada e caiu sobre ela.

Sobre a discrepância entre estas palavras e 2Sm 1:6-10, ver as notas nesses versículos.

(1 Samuel 31:7) Os israelitas fogem

v. 7 E quando os homens de Israel que estavam no outro lado do vale, e aqueles que estavam do outro lado do Jordão viram que os homens de Israel fugiram, e que Saul e os seus filhos estavam mortos, eles abandonaram as cidades e fugiram; e os filisteus vieram e nelas ­habitaram. 

A notícia da vitória dos filisteus se espalhou rapidamente por toda a região. Os israelitas que habitavam do outro lado do vale fugiram, abandonando as suas cidades, como também o fizeram aqueles diretamente abaixo pelo vale de Harode (também chamado de vale de Bete-Seã) e além do rio Jordão.

Os assentamentos dos filisteus nessa região marcaram a mais profunda penetração dos inimigos na região central de Israel, no entanto, depois que Davi se tornou rei, ele os subjugou e os restringiu à região costeira de Judá.

(1 Samuel 31:8) Os corpos

v. 8 E sucedeu, ao amanhecer, quando os filisteus vieram para despir os mortos, que encontraram Saul e os seus três filhos caídos no Monte Gilboa. 

Parte da pilhagem do inimigo envolvia voltar para despir os mortos, levando seus objetos de valor.

A vitória dos filisteus tinha sido tão completa que nenhum israelita tinha ousado tentar resgatar os corpos de Saul e seus três filhos.

(1 Samuel 31:9) Os filisteus cortam a cabeça de Saul

v. 9 E eles cortaram a sua cabeça, e removeram a sua armadura, e a enviaram à terra dos filisteus ao redor, para expô-la na casa dos seus ídolos e no meio do povo.

Advertisement

1 Crônicas 10:10 relata que a cabeça de Saul foi colocada no templo de Dagom, talvez em Asdode (1Sm 5:1-2), simbolizando a vitória de Dagom sobre o rei de Israel.

(1 Samuel 31:10) Astarote

v. 10 E eles puseram a sua armadura na casa de Astarote; e prenderam o seu corpo à muralha de Bete-Seã. 

Astarote, deusa cananéia, consorte de Baal (1Sm 7:3-4). Bete-Seã era uma cidade israelita na entrada do vale perto do rio Jordão, provavelmente abandonada pelos israelitas como consequência da vitória dos filisteus (v. 7).


Domine a Arte de Elaborar e Pregar Sermões Expositivos, Temáticos e Textuais, para Ensinar com Profundidade, Clareza e Fidelidade as Escrituras!
(Clique Aqui e Confira
)


(1 Samuel 31:11) Jabes-Gileade

v. 11 E quando os habitantes de Jabes-Gileade ouviram aquilo que os filisteus haviam feito a Saul, 

Jabes-Gileade era uma cidade a leste do rio Jordão cujos moradores Saul resgatou de Naás, rei amonita [1Sm 11:1-11].

(1 Samuel 31:12) Os valentes

v. 12 todos os homens valentes se levantaram, e foram a noite toda, e pegaram o corpo de Saul e os corpos dos seus filhos da muralha de Bete-Seã, e vieram até Jabes e ali os queimaram. 

Recuperar o corpo de Saul e os corpos dos seus filhos era uma tarefa arriscada, uma vez que os filisteus ocupavam o vale,mas os homens valentes assim o fizeram provavelmente sob a coberta das trevas.

Em Jabes, eles os queimaram, não até as cinzas, mas numa pira funerária para remover a carne, provavelmente para protegê-los de mais abuso por parte de animais selvagens.

Eles não tinham podido retribuir o seu salvamento pelo rei durante a vida dele, mas agora eles fariam o que pudessem para honrar sua memória.

(1 Samuel 31:13) O sepultamentos de Saul e seus filhos

v. 13 E eles pegaram os seus ossos, e os sepultaram debaixo de uma árvore em Jabes, e jejuaram sete dias.

 O jejum era um sinal de lamentação pelo profundo respeito para com Saul e seus filhos.

Conclusão

Neste momento, vemos a forma trágica que termina o reinado do rei Saul. Conforme havia sido prenunciado pelo espírito de Samuel, ele acaba morrendo naquele conflito entre os filisteus e os israelitas.

Contudo, não foram os filisteus que o mataram, porém as consequências de sua falta de obediência a Deus, a qual redundou em falta de fé e de temor.

Conforme já aduzimos, as próprias escrituras deixam claro que a morte da Saul se tratou de juízo sobre sua vida, em decorrência de ter consultado os mortos, o que demonstrava seu total distanciamento e falta de confiança no Senhor.

Infelizmente, seus filhos, também, acabam mortos. Conforme vimos, anteriormente, Jônatas imaginava poder ser o segundo, após Davi, no reino, porém aprouve a Deus que viesse a ser morto, juntamente com seu pai.

Constatamos, aqui, que, embora Saul tenha iniciado seu reinado muito bem, glorificando ao Senhor, sua morte se dera em total rebeldia. Ele acaba culpado por sua própria morte e se tornando um exemplo do que leva a desobediência.

Muitas foram as oportunidades dadas a ele que poderiam levá-lo a um destino diferente, contudo, quando a vontade do homem lhe parece melhor, ele acaba ficando refém das consequências advindas desta insanidade.

1 Samuel 31 estudo.

Sobre o Autor

Olá, me chamo Lázaro Correia, sou Cristão, formado em Teologia e apaixonado pela Bíblia. Aqui no Blog você vai encontrar diversos estudos Bíblicos e muito conteúdo sobre vida Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *