Isaías 41 Estudo: Não temas, porque eu estou contigo

Neste capítulo de Isaías 41 estudo é tratado de uma denúncia do Senhor Deus contra as nações e seus falsos ídolos.

Afinal, não faz o menor sentido confiar em deuses que não falam, escutam, construíram algo ou sabem o que vai acontecer daqui para frente.

Advertisement

Enquanto Deus faz tudo isso e muito mais, inclusive dando o reino dos homens nas mãos de quem ele bem quer.

Além disso, o Senhor reafirma o seu cuidado com os filhos de Israel, porque é o seu povo escolhido mesmo com os erros constantes de infidelidade.

Advertisement

Assim, se por um lado as outras nações contavam com o apoio em deuses abstratos e em seus amigos próximos apenas, por outro, os israelitas estavam com Deus para ajudá-los, fortalecê-los e sustentá-los pela destra da sua justiça. Acompanhe!

Isaías 41 estudo: Contexto histórico

O capítulo 41 de Isaías tem o seu contexto no encerramento do cativeiro babilônico dos israelitas. Aparentemente, o pecado de Israel foi tratado durante os 70 anos, sendo assim, uma nova era estaria começando.


Você ler a Bíblia todos os dias mas Não consegue Entender a Mensagem de Deus? Clique Aqui e venha Estudar Teologia Conosco de Maneira Fácil e Descomplicada! 📖


A mensagem de esperança encontrada neste trecho bíblico, de Isaías 40 até Isaías 48, incentivava o povo a se tornar um grande servo do Deus vivo. Mas, como veremos mais à frente, nos próximos estudos, não foi essa a resolução dessa história.

(Isaías 41:1) Calem-se diante do Senhor

v. 1 Mantenham silêncio diante de mim, ó ilhas, e deixem os povos renovarem sua força. Deixem se aproximarem; então deixem que eles falem: Deixem-nos aproximar juntamente para julgamento.

As ilhas são uma referência a terras distantes e assim tipificam todas as nações do mundo. Os profetas usavam com frequência a linguagem do tribunal.

Advertisement

Aqui, Deus julgará as nações e seus ídolos. As nações deviam se calar enquanto Deus apresenta a evidência que fundamenta o Seu caso.

(Isaías 41:2) Quem levantou Ciro?

v. 2 Quem suscitou o justo homem proveniente do Leste, chamou-o a andar nos Seus passos, deu as nações perante ele e fê-lo governar sobre reis? Ele os deu como pó para sua espada como restolho impelido para seu arco.

O justo homem proveniente do Leste e que subjuga reis é uma referência a Ciro, rei da Pérsia (Is 45:1), a quem Deus usou para derrotar a Babilônia em 539 a.C. Este pôs fim ao exílio de Judá.


Quer Pregar Com Conhecimento Bíblico Profundo, Dominando a Oratória, com boa Dicção, Citando Versículos de Memória, sem Timidez e com total Eloquência?
(Clique Aqui e Sabia Mais)


(Isaías 41:3) A capacidade do rei escolhido

v. 3 Ele os perseguiu passou em segurança, pelo caminho que ele não tinha percorrido com seus pés.

As conquistas de Ciro foras rápidas, ele se manteve seguro até estender as fronteiras da Babilônia.

(Isaías 41:4) A soberania do Senhor rege o mundo

v. 4 Quem tem forjado e feito isto, chamando as gerações desde o início? Eu o SENHOR, o primeiro, e com o último. Sou Eu.

Advertisement

Embora, Ciro fosse o agente humano por trás desses eventos preditos, Deus assume o crédito porque Ciro prosperou sob o Seu governo soberano.

(Isaías 41:5-7) Às ilhas se apoiam em si mesmas e no seu próximo

v. 5 As ilhas viram isto e temeram. Os confins da terra tiveram medo, aproximaram-se e vieram.

v. 6 Eles ajudaram cada um ao seu vizinho e cada um disse a seu irmão: Seja valente!


⚠️ E-Book Grátis para Pregadores ⚠️:


v. 7 Então, o carpinteiro encorajou o ourives, o que uniformiza com o martelo ao que golpeou a bigorna dizendo: Isto está pronto para a solda. E ele a fixou com pregos de forma que não se mova.

Sobre as ilhas, ver nota no versículo 1. O carpinteiro e o ouvires eram as pessoas que criavam ídolos em quem as nações confiavam.

Advertisement

(Isaías 41:8) Deus é o amigo de Israel

v. 8 Porém, tu, Israel, és meu servo, Jacó a quem eu tenho escolhido, a semente de Abraão, meu amigo.

Enquanto as nações sentem a ira de Deus nas mãos do Seu agente Ciro, Deus mais uma vez fará de Israel Seu amigo.

Ao chamar os israelitas de semente de Abraão, Deus recorda a promessa feita aos patriarcas de que seus descendentes constituiriam um “grande nação” (Gn 12:2). Com base nessa antiga promessa pactual, Deus agiu para restaurar Israel, Seu povo.

(Isaías 41:9) Israel é o povo escolhido de Deus

v. 9 Tu, a quem eu tenho tomado desde os confins da terra, e te chamado dentre os principais homens daquele lugar, e disse a ti: Tu és meu servo. Eu tenho te escolhido e não te rejeitarei.

Advertisement

A punição dada por Deus a Judá levou ao exílio em 586 a.C. quando muitos dos seus principais cidadãos foram levados para a Babilônia e dali foram espalhados por todo o império. A restauração envolvia trazê-los de volta confins da terra.

(Isaías 41:10) Não temas, porque eu sou contigo

v. 10 A declaração de Deus estou contigo é uma forma resumida de descrever a relação pactual entre Ele e o Seu povo. Não temas tu, porque eu estou contigo. Não estejas aterrorizado, porque eu sou teu Deus. Eu te fortalecerei. Sim, eu te ajudarei. Sim, eu te susterei com a mão direita da minha justiça.

A mão direita de Deus é associada muitas vezes ao Seu poderio militar, e assim á Sua capacidade para proteger o Seu povo.


Domine a Arte de Elaborar e Pregar Sermões Expositivos, Temáticos e Textuais, para Ensinar com Profundidade, Clareza e Fidelidade as Escrituras!
(Clique Aqui e Confira)


(Isaías 41:11-12) O fim dos inimigos

v. 11 Eis que todos eles que estavam enfurecidos contra ti serão envergonhados e confundidos. Eles serão como nada, e aqueles que lutam contra ti perecerão.

v. 12 Tu os buscarás e não os encontrarás, aqueles que lutaram contigo. Aqueles que guerreiam contra ti serão como nada, e como coisa nenhuma.

Deus garantiu ao Seu povo que os seus inimigos não teriam a capacidade ou o poder para lhe causar dano.

Advertisement

(Isaías 41:13-14) A ajuda divina

v. 13 Porque eu, o SENHOR teu Deus, segurarei tua mão direita, dizendo-te: Não temas, eu te ajudarei.

v. 14 Não temas, tu, verme Jacó, vós, homens de Israel. Eu te ajudarei, diz o SENHOR e teu Redentor, o Santo de Israel.

A incapacidade das nações para combater Israel era em virtude da proteção e da intimidade divina (eu… segurarei tua mão direita). Israel não possuía a força ou a capacidade para se proteger, mas Deus o sustentaria.


A Chave para Interpretar todos os Gêneros e Contextos da Bíblia de modo Simples, porém com muita Profundidade…
(Clique Aqui e Acesse)


(Isaías 41:15) O poder para vencer às nações

v. 15 Eis que Eu farei de ti um novo e afiado instrumento de debulha tendo dentes. Tu debulharás os montes e os rebaixarás, e tornarás as colinas como palha dos cereais.

O instrumento de debulha era uma pesada marreta de madeira com muitos dentes de pedra ou ferro em sua face inferior.

Advertisement

Ele era arrastado sobre os feixes para separar os grãos da palha no processo do peneiramento. A metáfora enfatiza a maneira completa e violenta com que Israel derrotará as nações.

(Isaías 41:16) O alvo é a glória de Deus

v. 16 E tu os joeirarás, e o vento os arrebatará, e o furacão os espalhará. E tu regozijar-te-ás no SENHOR gloriarás no Santo de Israel.

O peneiramento envolvia o lançamento de grãos ao ar para que o vento alcance a palha, ou os resíduos, e os leve para longe.

(Isaías 41:17-18) O cuidado de Deus com o necessitado

v. 17 Quando o pobre e necessitado buscar água, e não houver nenhuma, e a sua língua falhar por sede; Eu, o SENHOR, os ouvirei; Eu, o Deus de Israel, não os abandonarei.

Advertisement

v. 18 Eu abrirei rios nos lugares altos e fontes no meio dos vales. Eu tornarei o deserto um reservatório de água e a terra seca fontes de água.

A expressão o pobre e o necessitado aqui se refere ao próprio povo destituído de Deus a quem Ele puniu. Mas Deus o restaurará, transformando sua terra seca em um paraíso cheio de água.

(Isaías 41:19-20) A provisão divina surge no deserto

v. 19 Eu plantarei no deserto o cedro, a árvore de acácia, e a murta e a oliveira. Eu disporei juntamente no deserto o cipreste, e o pinheiro, e o buxo.

v. 20 Para que eles possam ver, e saibam, e ponderem a respeito, e entendam juntamente que a mão do SENHOR tem feito isto, e o Santo de Israel o tem criado.

Advertisement

O deserto vira um pomar, algo que só Deus pode realizar- a palavra traduzida como criado (Heb. bara’) é a mesma que aparece em (Gn 1:1).

(Isaías 41:21) O desafio contra os ídolos das nações

v. 21 Apresentai vossa causa, diz o SENHOR. Produzi vossas fortes razões, diz o Rei de Jacó.

Mais uma vez (ver nota no v. 1) Deus usa a linguagem jurídica ao desafiar as nações e seus ídolos. O Rei de Jacó não é outro senão o próprio Deus.

(Isaías 41:22-24) Os ídolos não são nada

v. 22 Deixem-nos produzi-las e mostrem-nos o que irá acontecer. Deixem mostrar as coisas anteriores, o que elas são, que nós possamos ponderar a respeito delas e possamos saber o ponto final delas. Ou declarem-nos coisas que virão.

v. 23 Mostrai as coisas que virão, a fim de que possamos saber que vós sois deuses. Sim, façam bem ou façam mal, para que nós possamos estar atônitos e observemos este feito juntamente.

Advertisement

v. 24 Eis que vós nada sois, e vosso trabalho nulo. Uma abominação é aquele que vos escolhe.

Os ídolos não tinham conhecimento do futuro, ficando demonstrado que eles não eram deuses. Na verdade, eles não são nada.

(Isaías 41:25) A ação de Deus pelo rei da pérsia

v. 25 Eu tenho suscitado um proveniente do norte e ele virá. Desde o nascer do sol ele invocará meu nome. E ele esmagará príncipes como alguém sobre o pilão e como o oleiro pisa o barro.

Aqui se tem em mente o rei Ciro da Pérsia. Declara-se que ele vem do nascer do sol (ver nota no v.2) porque sua terra natal ficava geograficamente a leste de Israel.

Por outro lado, ele podia ao mesmo tempo ser do norte porque foi dessa direção que ele atacou a Babilônia.

(Isaías 41:26-27) Deus é onisciente e sabe dos acontecimentos futuros

v. 26 Quem tem declarado desde o início, para que possamos saber? E antigamente para que nós possamos dizer: Ele é justo? Sim, não há ninguém que mostre. Sim, não há ninguém que declare. Sim, não há ninguém que ouça vossas palavras.

v. 27 O primeiro dirá para Sião: Observai, observai essas coisas. E eu darei para Jerusalém um que traz boas novas.

Enquanto os ídolos são ignorantes porque realmente não existem, Deus conhece o futuro. Na verdade, ele sabe disso desde o princípio.

A vinda de Ciro constitui boas novas para Jerusalém porque a derrota que ele impõe á Babilônia significa que os exilados podem voltar.

(Isaías 41:28-29) Os ídolos e os seus servos não sabem de nada em relação ao futuro

v. 28 Porque eu observei e não havia nenhum homem, exatamente entre eles, e não havia nenhum conselheiro que, quando perguntei por eles, pudesse responder uma palavra.

v. 29 Eis que eles são todos vaidade. Suas obras são nada. Suas imagens fundidas são vento e confusão.

Os falsos deuses das nações são nada, e assim não podem dar conselho.

Conclusão

Por fim, Isaías 41 estudo retira qualquer receio do nosso coração em relação ao futuro, porque Deus está conosco.

Ainda que o futuro seja incerto ao nosso entender, precisamos colocar uma coisa na nossa cabeça: se Deus é o nosso guia, não há o que temer.

As pessoas buscam apoio nas outras ou até em “fontes de energia”, por assim dizer, que sabemos que não são verdadeiras.

Por outro lado, nós temos o Criador de todas as coisas, o Deus onipresente, onisciente e onipotente, presente na nossa vida.

Então, abra mão do direito de entender qual será o seu futuro, como as coisas vão acontecer ou quem vai estar ao seu lado ou não lá na frente.

Só é preciso confiar na mão poderosa do Senhor, porque se Ele te chamou, decerto vai também guiá-lo para o seu propósito, para uma vida de acordo com sua vontade.

Isaías 41 estudo.

Sobre o Autor

Olá, me chamo Lázaro Correia, sou Cristão, formado em Teologia e apaixonado pela Bíblia. Aqui no Blog você vai encontrar diversos estudos Bíblicos e muito conteúdo sobre vida Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *