Romanos 11 Estudo: A Videira e os Ramos

Neste capítulo de Romanos 11 estudo, veremos que Paulo nos mostrará que Deus não rejeitou aos israelitas, porém o seu erro é aproveitado por Deus para nos enxertar na promessa da videira, isto é, seu povo.

Paulo também nos advertirá a considerar a bondade e a severidade de Deus, dizendo que se ele não poupou os ramos que eram naturais quanto mais a nós que fomos enxertados. Misericórdia!

Advertisement

Romanos 11 estudo: Contexto histórico

Acabamos de aprender que a salvação vem através da retidão e que a fé vem pelo ouvir a palavra de Deus. Paulo falou sobre o seu amor por Israel e como quer que Deus o alcance.

O zelo e a prática da justiça deles não provêm de seu conhecimento das escrituras, ensinou Paulo e ainda revelou que todo aquele que “confessar com a sua boca que Jesus é Senhor será salvo. O único caminho é Jesus, não há outro. Mas, todos precisam ouvir dele, todos precisam ouvir.

Advertisement

(Romanos 11:1-4) Deus não rejeitou o seu povo

v. 1 Então, eu digo: Rejeitou Deus o seu povo? De forma alguma! Porque eu também sou israelita, da semente de Abraão, da tribo de Benjamim.

v. 2 Deus não rejeitou o seu povo, que antes conheceu. Ou não sabeis o que a escritura diz de Elias, como ele intercede a Deus contra Israel, dizendo:


Você ler a Bíblia todos os dias mas Não consegue Entender a Mensagem de Deus? Clique Aqui e venha Estudar Teologia Conosco de Maneira Fácil e Descomplicada! 📖


v. 3 Senhor, eles mataram os teus profetas e derrubaram os teus altares; e eu fiquei sozinho, e eles buscam a minha vida.

v. 4 Mas o que lhe diz a resposta de Deus? Eu reservei para mim sete mil homens, que não dobraram os joelhos diante da imagem de Baal.

Paulo continua explicando que a incredulidade de Israel não constitui argumento contra o evangelho. A cegueira de Israel não é total, e Deus ainda está trabalhando com a nação.

Advertisement

Nos dias de Samuel, o povo israelita rejeitou. Todavia, Deus continuou a trabalhar com o Seu povo: “Pois o Senhor não abandonará o seu povo por causa do seu grande nome; porque aprouve ao Senhor fazer de vós o seu povo” (1Sm 12:22).

No tempo de Paulo, eles tinham rejeitado Jesus como Messias Rei e seus líderes disseram. “Nós não temos rei, senão César” (Jo 19:15), mas Deus não rompeu relações com eles.

O próprio Paulo era evidência de que Yahweh estava salvando alguns judeus. A eleição que Deus tinha feito da nação (antes conheceu, v. 2; cp. Rm 8:29) é imutável. Mesmo em ocasiões de apostasia nacional, o Senhor salva um remanescente.


Quer Pregar Com Conhecimento Bíblico Profundo, Dominando a Oratória, com boa Dicção, Citando Versículos de Memória, sem Timidez e com total Eloquência?
(Clique Aqui e Sabia Mais)


(Romanos 11:5-6) Favor imerecido

v. 5 Assim, então, também no tempo presente há um remanescente, de acordo com a eleição da graça. 

v. 6 E se é por graça, então não é mais por obras; caso contrário, a graça não é mais graça. Mas se for por obras, então não é mais por graça, do contrário a obra não é mais obra.

Por definição, graça é favor imerecido. A graça já não seria graça se as obras desempenhassem um papel na eleição.

Advertisement

(Romanos 11:7-10) A incredulidade de Israel

v. 7 O que então? Israel não conseguiu o que buscava; mas os eleitos conseguiram, e os demais ficaram cegos. 

v. 8 (De acordo como está escrito: Deus lhes deu um espírito de sonolência, olhos para não verem e ouvidos para não ouvirem), até este dia.

v. 9 E Davi diz: Que a sua mesa se torne em laço, e em armadilha, e em pedra de tropeço, e em recompensa para eles;


⚠️ E-book Grátis para Pregadores ⚠️:


v. 10 sejam escurecidos os seus olhos, para que eles não vejam, e para que encurvem continuamente as costas.

 A nação judaica perdeu a salvação porque a buscou pelas obras. A parte eleita recebeu misericórdia, mas a maioria foi endurecida na incredulidade. Nessa perícope, citações do Antigo Testamento são oferecidas para mostrar que Deus julgou o Seu povo.

Advertisement

(Romanos 11:11) A salvação dos gentios trouxe ciúmes

v. 11 Então, eu digo: Eles tropeçaram para que caíssem? De forma alguma! Mas, antes, pela sua queda, a salvação veio aos gentios, para provocar-lhes ciúme.

 Como um corredor em uma corrida, a nação judaica tropeçou, mas não para ficar totalmente caída. Sua queda tinha um propósito – trazer salvação aos gentios.A salvação para os gentios, eventualmente, provocará o ciúme dos judeus (At 13:45-51).

No livro de Atos, Paulo normalmente ia primeiro pregar nas sinagogas, mas então se voltava para os gentios após a rejeição judaica. Esse padrão continuou até o fim do livro de Atos (cp. Atos 28:26-29).

(Romanos 11:12-15) A futura crença dos judeus

v. 12 Ora, se a sua queda é a riqueza do mundo, e a sua diminuição a riqueza dos gentios, quanto mais a sua plenitude?

Advertisement

v. 13 Porque eu falo a vós, gentios; enquanto sou apóstolo dos gentios, eu magnifico o meu serviço; 
v. 14 para ver se de alguma maneira eu posso provocar ciúmes aos que são da minha carne e salvar alguns deles.
v. 15 Porque se a sua rejeição é a reconciliação do mundo, qual será a sua aceitação, senão a vida dentre os mortos?

 A futura recepção dos judeus por Deus resultará em bênção para o mundo. Se a incredulidade deles trouxe riquezas para os gentios, sua futura fé em Jesus como o Messias enriquecerá o mundo (cp. Is 2:2-4).

(Romanos 11:16-24) Os verdadeiros ramos

v. 16 E, se os primeiros frutos são santos, a massa também é santa; e se a raiz for santa, assim serão os ramos. 
v. 17 E se alguns dos ramos foram quebrados, e tu, sendo uma oliveira silvestre, foste enxertado entre eles, e feito participante da raiz e da seiva da oliveira, 


Domine a Arte de Elaborar e Pregar Sermões Expositivos, Temáticos e Textuais, para Ensinar com Profundidade, Clareza e Fidelidade as Escrituras!
(Clique Aqui e Confira)


v. 18 não te glories contra os ramos; mas se te gloriares, não és tu que sustentas a raiz, mas a raiz a ti.
v. 19 Tu então dirias: Os ramos foram quebrados para que eu pudesse ser enxertado.

v. 20 Bem, por sua incredulidade eles foram quebrados, e tu estás em pé pela fé. Não sejas arrogante, mas teme.
v. 21 Porque, se Deus não poupou os ramos naturais, cuida para que ele não poupe a ti também. 

v. 22 Vê, pois, a bondade e a severidade de Deus; para com os que caíram, severidade, mas para contigo, a bondade, se permaneceres na sua bondade, do contrário, tu também serás cortado.

Advertisement

v. 23 E eles também, se não permanecerem na incredulidade, serão enxertados; pois Deus é capaz de enxertá-los novamente.

v. 24 Porque, se tu foste cortado da oliveira, que é silvestre por natureza, e contra a natureza foste enxertado na oliveira boa, quanto mais esses, que são ramos naturais, serão enxertados na sua própria oliveira?

A oliveira era um símbolo da nação de Israel. Ela é usada por Paulo nessa seção como uma ilustração ou alegoria dos tratos de Deus com judeus e gentios.


⚠️ Receba Estudos Exclusivos no Whatsapp:


Os patriarcas são representados pela raiz da árvore. Os gentios são um enxerto da oliveira silvestre. Os ramos cortados são os judeus incrédulos.

A salvação é pela fé e os gentios precisam ser humildes quanto à sua posição. Não há espaço para o orgulho espiritual na salvação pela graça.

Advertisement

Deus é poderoso para restaurar o povo judeu a uma posição de fé. A salvação é sempre um milagre. Para o Senhor, não é mais difícil salvar um judeu do que um gentio.

(Romanos 11:25-27) Um mistério de Deus

v. 25 Porque eu não quero irmãos, que ignoreis este mistério, para que não sejais sábios em seus próprios conceitos, que a cegueira aconteceu em parte a Israel, até que tenha entrado a plenitude dos gentios.

v. 26 E assim todo o Israel será salvo, como está escrito: Virá de Sião o Libertador, e desviará de Jacó as impiedades. 

v. 27 E este será o meu pacto com eles, quando eu tirar os seus pecados. 

Advertisement

 Um mistério foi revelado por Deus:

  1. Um a cegueira aconteceu em parte a Israel;
  2. Isso continuará até que chegue a plenitude dos gentios; e
  3. Assim todo o Israel será salvo. “Israel” é o nome para o povo judeu.

Ele é usado 70 vezes nas páginas do Novo Testamento para judeus, hebreus ou israelitas. O termo não é usado como um título para a igreja.

Gálatas 6:16 não é uma exceção; esse versículo se refere a judeus salvos ou piedosos como “o Israel de Deus”. No versículo 26, “todo o Israel” significa que haverá uma conversão da nação hebraica.

Isso não significa que cada indivíduo judeu que estiver vivo será salvo. A salvação é definida nos versículos 26-27 como o novo pacto que o Messias inaugurará.

Advertisement

(Romanos 11:28-32) Não há como escapar da misericórdia de Deus

v. 28 Quanto ao evangelho, eles são inimigos por causa de vós; mas quanto à eleição, eles são amados por causa dos pais. 

v. 29 Porque os dons e o chamado de Deus são sem arrependimento. 

v. 30 Porque assim como vós também em tempos passados não críeis em Deus, mas agora alcançastes misericórdia pela desobediência deles, 

v. 31 assim também estes agora não creram, para que através da sua misericórdia eles também pudessem alcançar misericórdia. 

v. 32 Porque Deus encerrou a todos na incredulidade, para que ele pudesse ter misericórdia sobre todos. 

Advertisement

A vocação e os dons de Israel são sem arrependimento, de maneira que sua salvação futura é certa. Em Sua misericórdia, Deus dá graça aos desobedientes: tanto aos gentios como aos judeus.

Ambos foram aprisionados sobre todos própria desobediência de tal forma que não havia jeito de escapar, exceto pela misericórdia de Deus.

(Romanos 11:33-36) Porque dele, por Ele e para Ele

v. 33 Ó profundidade das riquezas, da sabedoria e do conhecimento de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos, e quão inescrutáveis, os seus caminhos!

v. 34 Pois, quem conheceu a mente do Senhor? Ou quem foi seu conselheiro?

v. 35 Ou quem lhe deu primeiro, para que lhe seja recompensado?

v. 36 Porque dele, e por ele, e para ele, são todas as coisas; a ele seja a glória para sempre! Amém. 

 Nesses versículos, Paulo conclui sua linha de raciocínio, de que a presente incredulidade de Israel não é argumento contra a verdade do evangelho. Ele é levado a exclamar maravilhado diante da sabedoria, do poder e do plano de Deus.

Quem podia prever aquilo que Deus estava executando? Paulo cita vários textos do Antigo Testamento  para expressar os propósitos incompreensíveis do Eterno.

Deus deve ser honrado, porque Ele’é o Alfa e o Omega – o Criador, o sustentador e soberano, e o fim de todas as coisas.

Conclusão

Chegamos ao fim de mais um capítulo e Paulo reforça seu amor pelo povo escolhido, os israelitas, mas explica que esse coração endurecido para o evangelho trouxe algo novo, uma chance de Deus enxertar na promessa, na videira verdadeira, novos ramos.

Os gentios foram alcançados através da dureza de coração dos judeus, e que isso gera neles próprios, ciúmes, os levando a voltar-se a Jesus e seu ato de amor, e que todos serão alcançados, no seu devido tempo.

Deus promete enxertá-los novamente e Paulo explica que, se Deus foi capaz de enxertar ramos que não eram originais nessa videira, tão mais fará com os ramos que foram arrancados, ramos originais, e que isso trará ainda mais glória a sua obra redentora, porque Ele é o início e fim de todas as coisas, nada foge ao seu controle, não há quem possa questioná-lo sobre como fazer, pois não há ninguém que o possa compreender ou explicar. Deus é Deus! Amém!

Romanos 11 estudo.

Sobre o Autor

Olá, me chamo Lázaro Correia, sou Cristão, formado em Teologia e apaixonado pela Bíblia. Aqui no Blog você vai encontrar diversos estudos Bíblicos e muito conteúdo sobre vida Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *