Gênesis 8 Estudo: As Águas se Escoaram

Advertisement

Neste capítulo de Gênesis 8 estudo, veremos o recomeço do mundo após o dilúvio, mostrando o fim da chuva, a diminuição do nível das águas e a saída de Noé, sua família e de todos os animais de dentro da arca.

A sequência dos acontecimentos pode ser feita da seguinte forma: diminuição das águas do dilúvio; Noé testará o nível das águas; todos sairão de dentro da arca; Noé levantará um altar a Deus.

Gênesis 8 estudo: Contexto histórico

Só restaram 8 pessoas na face da terra. Noé, sua esposa, seus três filhos e suas respectivas esposas. Deus está planejando um novo começo, um início sem a raiz pecaminosa de Adão, Caim, e seus descendentes.

Noé é o plano A de Deus, vendo nele um homem reto e justo, capaz de repovoar o planeta criado, do jeito certo. As águas irão baixar, a chuva já cessou, há muito o que se fazer.

Advertisement

1 LEMBROU-SE Deus de Noé, e de todos os animais, e de todos os seres viventes que estavam com ele na Arca (a ideia de que Deus “lembrou-se”, tal como é indicado aqui, não significa que Deus tenha se esquecido ou que Ele pudesse se esquecer; simplesmente significa que Ele agora dará Sua atenção a qualquer coisa na qual se concentra, quer seja para juízo ou para bênção);

e Deus fez passar um vento sobre a Terra, e aquietaram-se as águas (com respeito a isso, Mackintosh diz: “Agora, acredita-se que Enoque é uma figura da Igreja, que será tirada antes que a maldade humana alcance o seu ponto culminante e antes que o Julgamento Divino caia sobre o mundo.


Especialista em Pregação Bíblica Ensina Elaborar Sermões Impactantes em 30 Dias Até Mesmo Para Quem Vai Pregar Pela Primeira Vez!
(Clique Aqui e Saiba Mais)


Noé, por outro lado, é uma figura do remanescente de Israel, que será levado através das águas profundas da aflição e mediante o fogo de julgamento, sendo guiado para desfrutar do pleno gozo do Milênio, em virtude da Aliança sempiterna de Deus”).

2 Fecharam-se também as fontes do abismo e as janelas dos céus; e a chuva dos céus foi detida (as duas palavras neste Versículo, “fontes” e “janelas”, declaram-nos a terrível ferocidade do dilúvio; de fato, provavelmente era tanta a ferocidade que literalmente transformou grande parte deste mundo).

Advertisement

3 E as águas iam-se escoando continuamente de sobre a Terra; e minguaram as águas ao fim de cento e cinquenta dias (enquanto o Senhor usou somente um dia para distribuir a água que cobriu a Terra durante o tempo da criação [Gn 1.6-8], foi necessário muito mais tempo para o dilúvio da época de Noé cobrir a Terra.

Embora os dois dilúvios tenham sido causados pelo pecado, o primeiro pela rebelião dos Anjos e o segundo pela rebelião dos homens, damo-nos conta de que a rebelião causada pelos homens requer muito maior atenção da parte do Senhor. Por quê? Deus deu muito maior domínio a Adão, quer dizer, à humanidade que Ele fez, do que à criação Angélica).

A arca no sétimo dia

4 E repousou a Arca no sétimo mês, aos dezessete dias do mês, sobre os Montes de Ararate (note os seguintes feitos notáveis: “No décimo sétimo dia de Abibe (Abril), a Arca repousou sobre o Monte Ararate; no décimo sétimo dia de Abibe, os Israelitas cruzaram o Mar Vermelho; no décimo sétimo dia de Abibe, Cristo, nosso Senhor, ressuscitou dentre os mortos).

5 E as águas seguiram diminuindo até o décimo mês. No décimo mês, no primeiro dia do mês, viram-se os cumes das montanhas (do momento em que a Arca encontrou um lugar de repouso sobre o Monte Ararate até que se viram muitas montanhas, passaram-se três meses)


Quer Pregar Com Conhecimento Bíblico Profundo, Dominando a Oratória, com boa Dicção, Citando Versículos de Memória, sem Timidez e com total Eloquência?
(Clique Aqui e Sabia Mais)


6 E aconteceu que, ao cabo de quarenta dias, abriu Noé a janela da Arca que tinha feito (Noé e Deus tinham habitado juntos na Arca durante todo um ano solar, quer dizer, desde o décimo sétimo dia do segundo mês até o vigésimo sétimo do mês correspondente do ano seguinte-trezentos e sessenta e cinco dias):

7 E enviou um corvo, o qual saiu, e estava indo e voltando até que as águas se secaram sobre a terra (o corvo voava longe, indo e voltando, mas não retornava para a Arca).

Advertisement

8 Enviou também uma pomba, para ver se as águas se retiraram de sobre a face da terra.

A pomba

9 A pomba, porém não achou onde assentar a planta do seu pé, e voltou a ele para a Arca, porque as águas estavam ainda sobre a face de toda a Terra;e ele estendeu a sua mão, e tomando-a, recolheu-a consigo na Arca (embora os cumes de algumas montanhas fossem visíveis, estas ainda eram lugares de morte, e não de vida; a pomba não pôde encontrar nenhum lugar de descanso em tal área, seguiu procurando um que estaria limpo; então, depois, ela retornou à Arca).

10 E esperou ainda outros sete dias, e voltou a enviar a pomba fora da Arca.

11 E a pomba voltou para ele à tarde; e eis que trazia uma folha de oliveira presa em seu bico; então entendeu Noé que as águas se retiraram de sobre a Terra.


⚠️ E-book Grátis para Pregadores ⚠️:


12 E esperou ainda outros sete dias, e enviou fora a pomba, a qual já não voltou mais a ele (a pomba não retornou porque desta vez, sem dúvida, encontrou um lugar adequado de descanso, o que significa que as águas foram diminuindo).

13 E aconteceu que, no ano seiscentos e um de Noé (a idade de Noé), no primeiro mês, no primeiro dia do mês, secaram-se as águas sobre a Terra, e tirou Noé a cobertura da Arca e olhou, esquentava seca a face da Terra (refere-se à sua superfície. Teria levado cerca de 57 ou 58 dias a mais, segundo o Versículo seguinte, para completar um ano solar de 365 dias, do momento em que o dilúvio se iniciou até que [a face da Terra] ficou suficientemente seca)

QUANDO SAIU DA ARCA

15 E falou Deus a Noé dizendo (damo-nos conta, neste trecho das Escrituras, de que Noé esperou no Senhor; ele não fez nada precipitadamente).

16 Sai da Arca tu,e tua mulher, e teus filhos, e as mulheres de teus filhos contigo (o Senhor, estando na Arca com Noé, diria a ele: “Sai da Arca tu”).

17 Todos os animais que estão contigo, de toda a carne, de ave,de animais, e de todo o réptil que anda se arrastando sobre a Terra trarás contigo; e vão por toda a Terra, e frutifiquem, e multipliquem-se sobre a Terra (declara o fato de que o dilúvio era universal).

Advertisement

19 Todos os animais, todo o réptil,toda a ave, e tudo o que se move sobre a Terra segundo as suas espécies, saíram da Arca (a ideia é a de que os animais não saíssem da Arca em confusão, ou ao acaso, e sim de uma forma ordenada; cada um deles segundo a sua própria espécie).

O SACRIFÍCIO DE NOÉ

20 E edificou Noé um Altar ao SENHOR, e tomou de todo o animal limpo e de toda a ave limpa, e ofereceu Holocausto sobre o Altar (a civilização que surgiu dos filhos de Noé têm o seu fundamento na Cruz de Cristo, quer dizer, “o Altar”).

21 E sentiu o Senhor o aroma suave (a queima do Sacrifício foi doce ao Senhor, porque fala do Redentor vindouro, que ia erguer o homem para fora deste mar de maldade),

e disse o Senhor em Seu Coração: Não tornarei mais a amaldiçoar a Terra por causa do homem (a “maldição” de que Deus fala se refere ao fato de que Ele não visitará outra vez a Terra com um dilúvio);


Domine a Arte de Elaborar e Pregar Sermões Expositivos para Ensinar com Profundidade, Clareza e Fidelidade as Escrituras!
(Clique Aqui e Confira)


porque a imaginação do coração do homem é má desde sua mocidade; nem tornarei mais a destruir todo o vivente, como tenho feito (significa que Deus levará em conta os resultados da Queda, em relação aos quais o homem no momento não tem controle algum; entretanto, há um remédio: o Altar, quer dizer, “a Cruz”).

22 Enquanto a Terra durar, a sementeira e a ceifa, o frio e o calor, o verão e o inverno, o dia e a noite, não cessarão (a promessa dada aqui é que as estações do ano continuarão, porque a Terra continuará existindo para sempre).

Conclusão

Se iniciará uma nossa fase sobre a terra, acompanhamos o baixar das águas, a abertura da janela, a soltura de pássaros para que buscassem lugar de pouso e, logo em seguida, a terra seca aparece e Noé, então, sai da arca com sua família.

Como é lindo ver o favor de Deus derramado na vida daqueles que o temem e obedecem. Deus protegeu Noé dentro da arca, não esqueceu dos seus e também os animais, para que repovoassem a terra.

Ao sair, Noé oferece um tremendo sacrifício, construindo um altar e reconhecemos que, sem Deus, nada daquilo seria possível. É uma nova relação, um novo começo, uma nova chance. Glória a Deus!

Gênesis 8 estudo.

Sobre o Autor

Olá, me chamo Lázaro Correia, sou Cristão, formado em Teologia e apaixonado pela Bíblia. Aqui no Blog você vai encontrar diversos estudos Bíblicos e muito conteúdo sobre vida Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *