1 João 3 Estudo: A Obediência e o Amor ao Próximo

Neste capítulo de 1 João 3 estudo, veremos que João nos ensinará que, agora em Cristo, somos filhos de Deus. Mas é através da obediência que evidenciamos essa filiação, a paternidade de Deus, e que permanecer na prática do pecado nos faz filhos do diabo.

Como característica de João, ele citará mais uma vez o amor ao próximo, que a atitude precisa estar evidente para aqueles que dizem ter nascido de novo.

Advertisement

Ao proceder assim, temos confiança perante a Deus, e que, quando nosso coração e o Espírito nos acusar, podemos entrar firmes na presença dele.

1 João 3 estudo: Contexto histórico

João nos ensinou que o amor a Deus e a obediência estão juntos e que não há como amar a Deus e viver de uma forma que não o agrade, isso não faz sentido.

Advertisement

Devemos também amar o nosso irmão, de todo coração, como a Deus, sem vivermos em guerra, por que isso não é agradável aos olhos de Deus.

Vimos as recomendações aos jovens, aos pais, e de que não devemos amar o que está no mundo, porque o mundo pertence a Satanás, e tudo o que vem do mundo não provém do Pai.


Você ler a Bíblia todos os dias mas Não consegue Entender a Mensagem de Deus? Clique Aqui e venha Estudar Teologia Conosco de Maneira Fácil e Descomplicada! 📖


A confissão pública nos trará recompensa, porque jamais devemos nos envergonhar de Cristo e reconhecer a sua soberania sobre a nossa vida, através do ensino e de nosso testemunho!

(1 João 3:1) O mundo não nos conhece

v. 1 Contemple, que tipo de amor o Pai nos outorgou, que fôssemos chamados filhos de Deus. Portanto, o mundo não nos conhece, porque não o conheceu.

João fica maravilhado com o amor de Deus devido aos seus efeitos – pecadores podem ser chamados filhos de Deus.

Advertisement

(1 João 3:2) Seremos transformados

v. 2 Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não se manifestou o que haveremos de ser. Mas sabemos que, quando ele aparecer, haveremos de ser semelhantes a ele; porque haveremos de vê-lo assim como ele é.

O mundo pode agora ter um baixo conceito dos filhos de Deus, mas na volta de Cristo as coisas vão mudar. Os cristãos serão transformados porque O verão como ele é.

(1 João 3:3) Puros

v. 3 E qualquer homem que tem nele esta esperança purifica-se a si mesmo, assim como ele é puro.


Quer Pregar Com Conhecimento Bíblico Profundo, Dominando a Oratória, com boa Dicção, Citando Versículos de Memória, sem Timidez e com total Eloquência?
(Clique Aqui e Sabia Mais)


Saber que o Senhor voltará é um forte incentivo para os cristãos viverem de um modo que Lhe seja agradável.

(1 João 3:4) O pecado é a transgressão da lei

v. 4 Qualquer que comete pecado, também transgride a lei, porque o pecado é a transgressão da lei.

O pecado é uma questão de extrema gravidade, porque Deus revelou o Seu caráter moral em Sua santa Lei, e o pecado transgride a Lei. É uma ofensa pessoal contra Deus.

Advertisement

(1 João 3:6) Não o conheceu

v. 6 Qualquer que permanece nele não peca; qualquer que peca não o viu e nem o conheceu.

João tinha consciência de que os cristãos pecam (1Jo 2:1). Eles podem receber perdão por intermédio da morte de Jesus (1Jo 1:7) ao confessarem seus pecados.

Qualquer que peca não o viu e nem o conheceu, João tem mente pecados notórios de falsos “cristãos” cuja confissão de Jesus era falsa, cujo amor estava posto no mundo e não em Deus e cuja obediência estava em falta.


⚠️ E-book Grátis para Pregadores ⚠️:


O próprio Jesus advertiu sobre pessoas que O chamam de “Senhor” e que fazem grandes sinais em Seu nome, mas que, na verdade, não são discípulos genuínos (Mt 7:21-23).

(1 João 3:7) Justos

v. 7 Filhinhos, não deixeis homem algum vos enganar. Aquele que pratica a justiça é justo, assim como ele é justo.

Advertisement

Satanás procura continuamente subverter e enganar o povo de Deus. Devemos estar sempre vigilantes.

(1 João 3:8) Quem peca é do diabo

v. 8 Aquele que comete pecado é do diabo; porque o diabo peca desde o princípio. Para este propósito o Filho de Deus foi manifestado: para que pudesse destruir as obras do diabo.

Quando renunciam o pecado, os cristãos frustram os objetivos do Diabo e promovem o reino de Deus.

(1 João 3:9-10) Os nascidos de Deus

v. 9 Aquele que é nascido de Deus não comete pecado; porque a sua semente permanece nele; e não pode pecar, porque é nascido de Deus.

Advertisement

v. 10 Nisto os filhos de Deus são manifestos, e os filhos do diabo. Aquele que não pratica a justiça, não é de Deus; e nem aquele que não ama o seu irmão.

Sobre não comete pecado, ver nota no versículo 6. A semente de Deus é a mensagem do evangelho. O cristão é nascido de Deus por obra da Sua palavra, e isso o habilita a “praticar a justiça” (v. 7).

Não pode pecar significa liberdade da escravidão a uma vida de transgressão da Lei de Deus e liberdade para viver como filhos de Deus.


Domine a Arte de Elaborar e Pregar Sermões Expositivos, Temáticos e Textuais, para Ensinar com Profundidade, Clareza e Fidelidade as Escrituras!
(Clique Aqui e Confira)


João fala daquilo que o nascimento espiritual deixa são manifestos – não uma perfeição sem pecado, mas uma vida inteiramente entregue a Deus.

(1 João 3:11) Amar uns aos outros

v. 11 Porque esta é a mensagem que ouvistes desde o princípio: que devemos amar uns aos outros.

A pregação apostólica enfatiza que a fé em um Deus de amor move os cristãos a devemos amar uns aos outros.

Advertisement

(1 João 3:12) Caim e Abel

v. 12 Não como Caim, que era do maligno, e assassinou o seu irmão. E por que o assassinou? Porque as suas próprias obras eram más e as de seu irmão justas.

Sobre Caim, ver Gn 4:1-16. João admitiu que seus leitores estavam familiarizados com esse episódio triste do antigo testamento.

(1 João 3:13) Não vos maravilheis

v. 13 Não vos maravilheis, meus irmãos, se o mundo vos odeia.


A Chave para Interpretar todos os Gêneros e Contextos da Bíblia de modo Simples, porém com muita Profundidade…
(Clique Aqui e Acesse)


A expressão se o mundo vos odeia mostra que a divisão em 1Jo 2:19 pode ter deixado ressentimentos. Jesus prenunciou que Seus seguidores nem sempre seriam bem recebidos (Jo 16:2).

(1 João 3:14) Se não ama, permanece na morte

v. 14 Nós sabemos que passamos da morte para a vida, porque amamos os irmãos. Aquele que não ama o seu irmão permanece na morte.

Advertisement

Nossa segurança de salvação repousa, em parte, no amor que Deus nos dá por nossos irmãos (quer dizer, “irmãos em Cristo”).

Se temos esse amor, isso é sinal de nossa salvação. Se não, somos advertidos a examinar nosso coração diante de Deus.

(1 João 3:15) Homicidas

v. 15 Qualquer que odeia o seu irmão é homicida. E vós sabeis que a vida eterna não permanece em nenhum homicida.

Não há meio termo. O amor é o mandamento do evangelho (Jo 13:35). A pessoa que deixa de amar odeia o seu irmão. Isso indica ausência de vida eterna.

Advertisement

(1 João 3:16) Devemos dar nossas vidas pelos irmãos

v. 16 Nisto percebemos o amor de Deus: porque ele deu a sua vida por nós, e nós devemos dar as nossas vidas pelos irmãos.

A morte de Jesus não é apenas a fonte de perdão de pecados (1Jo 1:7); é também o padrão de medida pelo qual os cristãos medem seu próprio amor por outros cristãos (pelos irmãos).

(1 João 3:17) Como habita nele o amor de Deus?

v. 17 Porém, quem tem os bens deste mundo, e vê que seu irmão necessita, e fecha-lhe suas entranhas de compaixão, como habita nele o amor de Deus?

O egoísmo e o amor de Deus são mutuamente exclusivos.

Advertisement

(1 João 3:18) Não amemos de palavra, somente!

v. 18 Meus filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua, mas por obra e em verdade.

Com a expressão por obra e em verdade, João declara que a fé que é apenas conversa é uma fé falsa.

(1 João 3:19) Assegurar os corações

v. 19 E nisto sabemos que somos da verdade, e asseguraremos os nossos corações diante dele.

Diante dele se refere à atividade divina de observação de nossa vida. Uma vida fiel resulta em um coração confiante e não em culpa, fuga ou medo.

(1 João 3:20) Deus é maior que nosso coração

v. 20 Porque se o nosso coração nos condena, Deus é maior do que o nosso coração, e conhece todas as coisas.

Advertisement

O coração humano pode se enganar, mas Deus, que conhece todas as coisas, pode conceder segurança.

(1 João 3:22) Peça e recebereis

v. 22 E qualquer coisa que lhe pedirmos, dele a receberemos, porque guardamos os seus mandamentos, e fazemos as coisas que são agradáveis à sua vista.

Recebemos tudo o que pedimos em oração se a nossa oração estiver de acordo com a vontade de Deus (1Jo 5:14). Se guardamos os seus mandamentos, não desejaremos pedir aquilo que Deus não quer.

(1 João 3:23) Creiamos e amemos!

v. 23 E este é o seu mandamento: Que creiamos no nome de seu Filho Jesus Cristo, e nos amemos uns aos outros, segundo o mandamento que ele nos deu.

O mandamento que ele nos deu, e a fé em seu Filho Jesus Cristo não são coisas diferentes, mas dois aspectos de um único e indivisível amor de Deus.

(1 João 3:24) O Espírito Santo

v. 24 E aquele que guarda os seus mandamentos habita nele, e ele nele. E nisto sabemos que ele está em nós, pelo Espírito que ele nos deu.

O papel do Espírito Santo é pressuposto ao longo desta carta, Mas aqui Ele é mencionado diretamente pela primeira vez.

Conclusão

Concluindo mais um capítulo, vemos João dizendo que somos filhos de Deus, nascidos dele, e por isso, o mundo não nos conhece e nem recebe.

Transformados e puros, não somos mais do diabo, que é o maior dos pecadores, a quem o mal escolheu desde o início.

Assim como Caim matou seu irmão porque suas obras eram más, assim também em nosso tempo vivemos como ele, nada de bom pode vir de nós, a não ser que o Espírito Santo inspire.

Devemos amar os nossos irmãos, e não só de palavras, mas com atitudes reais de carinho e amor. Isso assegurará o nosso coração, nos levando a pedir com a certeza de que receberemos da parte de Deus aquilo que buscamos.

1 João 3 estudo.

Sobre o Autor

Olá, me chamo Lázaro Correia, sou Cristão, formado em Teologia e apaixonado pela Bíblia. Aqui no Blog você vai encontrar diversos estudos Bíblicos e muito conteúdo sobre vida Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *