Atos 9 Estudo: O Instrumento Escolhido

Neste capítulo de Atos 9 Estudo, veremos um pouco sobre a incrível mudança ocorrida na vida de Saulo e o contínuo avanço da Igreja.

Saulo era implacável em sua perseguição contra a Igreja e estava indo em direção a cidade de Damasco para encarcerar mais cristãos.

Advertisement

No entanto, uma intervenção divina deu um fim aos dias de perseguidor deste jovem, o direcionando para o seu real propósito de vida.

A mudança de Saulo foi surpreendente e impactante tanto para os líderes judeus como para a Igreja.

Ao passo que o perseguidor se tornou perseguido e a Igreja foi reforçada por este instrumento escolhido de Deus para continuar anunciando o nome de Jesus em toda a parte.

Advertisement

Fique conosco e acompanhe uma análise completa deste capítulo de Atos.

Este estudo pode ampliar sua visão sobre a grandeza do amor de Deus, além de incentivar você a corresponder à graça divina de maneira assertiva. Bom Estudo!

Atos 9 Estudo: Contexto Histórico

No estudo de Atos 8, Lucas mencionou o envolvimento de Saulo na perseguição da Igreja depois do martírio de Estêvão.


⚠️ Grupo VIP de estudos no WhatsApp:


Já neste estudo o evangelista dá uma ênfase maior para Saulo, porque além dele ser o homem ideal para concretizar os planos dos líderes Judeus, ele também estava nos planos do Senhor.

Advertisement

Saulo era jovem, destemido e desde cedo foi alimentado pela doutrina ensinada pelos líderes judeus.

Então, destruir a seita do Caminho (como o Cristianismo era chamado pelos líderes judeus naqueles dias) era o sinônimo de proteger o judaísmo e Deus para este jovem.

Saulo era tão convicto no que fazia que somente uma intervenção divina poderia mudá-lo.

Tanto que a determinação dele para cumprir essa missão, o fez se tornar o triunfo dos líderes judeus para apagar o nome de Jesus da história de uma vez por todas.

Mas Deus tinha outros planos para Saulo e quando ele caminhava para Damasco, com o intuito de encarcerar mais cristãos, o Senhor Jesus foi encontrá-lo para mudar sua vida para sempre.

Advertisement

A Igreja e os líderes judeus ficaram perplexos diante da transformação improvável de Saulo. Visto que agora ele também era um cristão e pregava corajosamente pelo nome de Jesus.

Por conta desse reforço e da dedicação dos apóstolos, a Igreja encontrou tempos de paz para continuar avançando na propagação do evangelho.


⚠️ Aprenda mais da Palavra de Deus:


(Atos 9:1-6) A conversão de Saulo

¹ E Saulo, respirando ainda ameaças e mortes contra os discípulos do Senhor, foi ao sumo sacerdote,

² E pediu-lhe cartas para Damasco, para as sinagogas, para que quando ele encontrasse homens ou mulheres que eram do Caminho, ele pudesse trazê-los presos a Jerusalém.

³ E, enquanto ele viajava, ao aproximar-se de Damasco, repentinamente brilhou uma luz do céu ao seu redor;

E, ele caindo em terra, ouviu uma voz que lhe dizia: Saulo, Saulo, por que tu me persegues?

E ele disse: Quem és tu, Senhor? E disse ao Senhor: Eu sou Jesus, a quem tu persegues. Duro é para ti chutar contra os aguilhões.

Advertisement

E ele, tremendo e atônito, disse: Senhor, o que queres que eu faça? E disse-lhes o Senhor: Levanta-te, e entra na cidade, e lá será dito o que tu deves fazer.

E os homens, que viajavam com ele, pararam atônitos, ouvindo a voz, mas não vendo nenhum homem.

E Saulo levantou-se da terra e, abrindo os olhos, não via a ninguém. Mas guiaram-no pela mão, e o levaram para Damasco.

E ele ficou três dias sem visão, e não comeu nem bebeu.

Comentário: O capítulo começa descrevendo minuciosamente a conversão de Saulo.


⚠️ Manual Bíblico Recomendado!


Com a colaboração das sinagogas de Damasco, Saulo estava indo em direção à cidade para trazer os cristãos encontrados como prisioneiros para Jerusalém.

Advertisement

Mas de repente, o Senhor Jesus interveio com uma forte luz e derrubou Saulo e seus acompanhantes e, em seguida, perguntou para Saulo o porquê de sua perseguição contra ele.

Saulo, por sua vez, perguntou quem era que estava falando e, assim, Jesus o respondeu e disse quais seriam os seus próximos passos.

Os companheiros de Saulo ficaram pasmos, porque eles também ouviram a voz. Já Saulo, além de assustado, estava cego depois dessa experiência sobrenatural.

Deixá-lo cego foi uma forma de Jesus demonstrar o seu poder para Saulo e calar a autoconfiança, razão e conhecimento da lei dele.

Além disso, esse foi mais um motivo para Saulo obedecer a ordem de Jesus sem qualquer resistência.

Advertisement

(Atos 9:10-16) O instrumento escolhido

¹⁰ E havia um certo discípulo em Damasco chamado Ananias. E o Senhor disse-lhe em uma visão: Ananias. E ele disse: Eis-me aqui, Senhor.

¹¹ E o Senhor disse-lhe: Levanta-te, e vai à rua chamada Direita, e pergunta na casa de Judas por alguém chamado Saulo, de Tarso; porque eis que ele está orando,

¹² e em uma visão ele viu que um homem chamado Ananias entrava e colocava a sua mão sobre ele, para que ele pudesse receber a sua visão.

¹³ Então, respondeu Ananias: Senhor, eu tenho ouvido de muitos acerca deste homem, quantos males ele tem feito aos teus santos em Jerusalém;


⚠️ Aprenda a Pregar a Palavra de Deus:


¹⁴ e aqui ele tem autoridade dos principais dos sacerdotes para prender a todos os que invocam o teu nome.

¹⁵ Mas o Senhor disse a ele: Vai pelo caminho, porque ele é um vaso escolhido por mim, para levar o meu nome diante dos gentios, e dos reis, e dos filhos de Israel.

Advertisement

¹⁶ Porque eu lhe mostrarei quão grandes coisas ele deve sofrer por causa do meu nome.

Comentário: Em Damasco, Saulo ficou três dias em jejum, aguardando outras informações celestiais e buscando o Senhor em oração.

Então o Senhor instruiu Ananias para ir visitar Saulo e contou sobre como Ele já tinha revelado para Saulo que a cura da sua visão viria pela imposição de mãos do discípulo.

Certamente essa era uma tarefa ingrata para Ananias, porque Saulo provocou o sofrimento de muitos irmãos da Igreja e estava determinado em fazer o mesmo naquela cidade.

Por isso, ele questionou o Senhor sinceramente sobre Saulo.

Mas o Senhor tratou de explicar o seu propósito na vida de Saulo e como o homem que causou sofrimento aos cristãos iria sofrer pelo nome Dele.

Saulo era um instrumento escolhido e o desejo do Senhor era fazer proezas por meio dele.

(Atos 9:17-25) Da água para o vinho

¹⁷ E Ananias foi pelo caminho e entrou na casa, e impondo as suas mãos sobre ele, disse: Irmão Saulo, o Senhor Jesus, que te apareceu no caminho por onde vinhas, me enviou, para que recebas tua visão e sejas cheio do Espírito Santo.

¹⁸ E imediatamente lhe caíram dos olhos como se fossem escamas, e ele imediatamente recebeu a visão; e levantando-se, foi batizado.

¹⁹ E, tendo recebido alimento, ele foi fortalecido. E esteve Saulo alguns dias com os discípulos que estavam em Damasco.

²⁰ E imediatamente ele pregava nas sinagogas que Cristo era o Filho de Deus.

²¹ Mas todos os que o ouviam estavam atônitos, e diziam: Não é este o que em Jerusalém destruía os que invocavam este nome e com este intento veio aqui, para os levar presos aos principais dos sacerdotes?

²² Saulo, porém, se fortalecia muito mais e confundia os judeus que habitavam em Damasco, provando que aquele era mesmo o Cristo.

²³ E, tendo passado muitos dias, os judeus tomaram conselho para matá-lo.

²⁴ Mas Saulo tomou conhecimento do complô; e eles vigiavam os portões de dia e de noite, para o matarem.

²⁵ Então, os discípulos tomaram-no de noite, e desceram-no pelo muro, dentro de um cesto.

Comentário: Ananias, obedecendo às ordens do Senhor, foi até o seu novo irmão na fé, Saulo.

Ele contou sobre como foi enviado pelo Senhor Jesus para devolver a visão e batizá-lo no Espírito Santo, o que aconteceu poucos instantes depois disso.

Desse modo, Saulo além de ter sua visão física de volta, foi abençoado com a visão espiritual. Então ele recuperou suas forças físicas e alimentando-se, começou ir nas sinagogas de Damasco para pregar o evangelho.

Em pouquíssimo tempo Saulo teve sua vida transformada da água para o vinho pelo Senhor e alguns frutos imediatos da sua conversão foram o suficiente para deixar todos da cidade perplexos.

Apesar dos comentários das pessoas, Saulo continuou se fortalecendo cada vez mais na pregação do evangelho e provava para muitos a veracidade do evangelho de Jesus Cristo.

Em contrapartida, o principal triunfo dos judeus havia mudado de lado e todos eles estavam de acordo em matar Saulo.

Mas sabendo disso, ele e os seus discípulos buscaram e encontraram uma solução para escapar da cidade.

(Atos 9:26-30) O arrependimento deve ser mais gritante do que o pecado

²⁶ E quando Saulo chegou a Jerusalém, procurava ajuntar-se aos discípulos, mas todos o temiam, não acreditando que ele fosse um discípulo.

²⁷ Mas Barnabé, tomando-o, o trouxe aos apóstolos, e lhe declarou como ele vira ao Senhor no caminho, e este lhe falara, e como em Damasco falara ousadamente em nome de Jesus.

²⁸ E estava com eles, entrando e saindo de Jerusalém.

²⁹ E falava ousadamente em nome do Senhor Jesus, e disputava contra os gregos, mas eles procuravam matá-lo.

³⁰ Quando souberam os irmãos, desceram-no a Cesareia, e o enviaram para Tarso.

Comentário: Depois de certo tempo, Saulo foi para Jerusalém na tentativa de reunir-se com os discípulos.

Existia um receio da parte deles em relação à vida passada de Saulo e, por isso, Barnabé levou Saulo aos apóstolos para reforçar o encontro dele com Jesus e suas ações em Damasco.

O arrependimento de Saulo era mais gritante do que sua vida pecaminosa e a reação de espanto das pessoas era natural devido a grande transformação desse homem.

E, como não havia argumentos para contrariar a conversão de Saulo, ele foi aceito e propagava o evangelho corajosamente em Jerusalém.

No entanto, em discussão com alguns helenistas, eles quiseram matá-lo. Dessa forma, os irmãos da Igreja o enviaram para Cesaréia e depois para sua cidade natal, Tarso.

(Atos 9:31-43) Naturalmente sobrenaturais

³¹ Então as igrejas em toda a Judeia, e Galileia, e Samaria tinham descanso e eram edificadas; e andando no temos do Senhor e na consolação do Espírito Santo, se multiplicavam.

³² E aconteceu que, passando Pedro por toda parte, ele desceu também aos santos que habitavam em Lida.

³³ E ali ele encontrou um certo homem chamado Eneias, o qual era mantido oito anos em sua cama, e estava doente de paralisia.

³⁴ E Pedro lhe disse: Eneias, Jesus Cristo te cura; levanta-te e faze a tua cama. E imediatamente ele se levantou.

³⁵ E todos os que habitaram em Lida e Sarona viram-no, e se converteram ao Senhor.

³⁶ Ora, havia em Jope uma discípula chamada Tabita, que significa Dorcas. Esta mulher estava cheia de boas obras e esmolas que fazia.

³⁷ E aconteceu naqueles dias que, ela ficou enferma e morreu: e, tendo-a lavado, a colocaram em um quarto alto.

³⁸ E, como Lida era perto de Jope, os discípulos ouvindo que Pedro estava ali, enviaram-lhe dois homens, pedindo que ele não demorasse em vir ter com eles.

³⁹ E, levantando-se Pedro, foi com eles. Quando ele chegou, o levaram ao quarto alto, e todas as viúvas estavam de pé, chorando e mostrando as túnicas e vestes que Dorcas fizera quando estava com elas.

⁴⁰ Mas Pedro, colocando todas para fora, ajoelhou-se e orou; e, voltando-se para o corpo, disse: Tabita, levanta-te. E ela abriu os seus olhos, e vendo a Pedro, assentou-se.

⁴¹ E ele, dando-lhe sua mão, a levantou e, chamando os santos e as viúvas, a apresentou viva.

⁴² E isto foi conhecido por toda a Jope, e muitos creram no Senhor.

⁴³ E aconteceu que ele permaneceu muitos dias em Jope, com um certo Simão, curtidor.

Comentário: Depois de contar em detalhes a conversão de Saulo, o evangelista Lucas tratou de frisar o período de paz e crescimento alcançado pela Igreja.

Os cristãos, pela coragem proveniente do Espírito Santo e temor ao Senhor, eram naturalmente sobrenaturais.

Dessa forma, situações como a cura de Eneias e da ressurreição de Dorcas eram cada vez mais comuns.

Inclusive, estes milagres lembram muito dois dos feitos pelo Mestre Jesus, a cura do paralítico de Betesda (João 5:1-8) e a ressurreição da filha de Jairo (Marcos 5:21-43).

Dando ênfase para a seguinte fala de Jesus: quem crê em mim fará as mesmas obras que tenho realizado, e até maiores.

Além disso, os milagres convenciam inúmeras pessoas e o crescimento da Igreja era natural.

Estar em Deus e no centro de sua vontade garante a benção Dele para a sua vida.

O Pai sempre dá coisas boas para os seus filhos obedientes e o crescimento deles acaba se tornando inevitável.

Conclusão

Por fim, o estudo de Atos 9 é importante para lembrarmos de uma coisa: o maior milagre feito pelo Senhor é transformar a vida de alguém.

Uma mudança tão radical de Saulo era inimaginável para qualquer um que o conhecia ou que tinha ouvido falar dele.

Contudo, o Senhor mudou completamente a direção da vida dele e fez ele viver extraordinário.

Assim também, Eneas talvez pensasse que jamais iria sair da cama novamente e para os parentes de Dorcas só restava lembranças de uma serva do Senhor.

Mas Deus pelo seu grande amor, devolveu a alegria para aqueles rostos através dos seus servos.

O apóstolo Pedro foi solicitado pelo Senhor para ir a Cesaréia e cumprir a vontade Dele, como pode-se ver no estudo de Atos 10.

Deus também usou Filipe como vimos no estudo anterior e começou a usar Paulo como você acabou de ver nesta leitura.

No entanto, com quem o Senhor pode contar neste tempo para propagar o evangelho?

Esteja ciente que Ele conta conosco para que transformações como essas vistas neste estudo possam ocorrer na vida de mais e mais pessoas.

Então, posicione-se, porque é neste tempo que o Senhor quer usar você!

Atos 9 Estudo. Uma Bíblia aberta com duas folhas em formato de coração.
Advertisement

Sobre o Autor

Olá, me chamo Lázaro Correia, sou Cristão, formado em Teologia e apaixonado pela Bíblia. Aqui no Blog você vai encontrar diversos estudos Bíblicos e muito conteúdo sobre vida Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência na navegação. Mais informações.