Atos 8 Estudo: Como entender se alguém não explicar?

Neste capítulo de Atos 8 estudo, veremos o resultado do martírio de Estevão à batalha travada entre a Igreja e os líderes Judeus.

A morte do diácono culminou em uma grande perseguição à igreja em Jerusalém.

Advertisement

Sem outra alternativa muitos dos cristãos fugiram para as cidades circunvizinhas, porém, eles continuaram pregando a palavra de Deus incessantemente.

Dessa forma, a perseguição ao invés de parar a Igreja, permitiu ela expandir o seu alcance e entregar a mensagem do evangelho para mais pessoas.

Fique conosco para acompanhar a análise completa deste capítulo e mergulhar em mais um estudo sobre a Igreja primitiva. Preparado? Então vamos lá, bom estudo!

Advertisement

Atos 8 Estudo: Contexto Histórico

Lucas escreveu o capítulo 8 de Atos seguindo diretamente a ocasião da morte de Estevão vista em Atos 7.

Já que a perseguição dos líderes judeus cresceu ainda mais depois dessa “conquista”.

Certamente o que aconteceu com Estevão agora era referência do que podia acontecer com qualquer um que falasse e agisse pelo nome de Jesus.


⚠️ Grupo VIP de estudos no WhatsApp:


Então os cristãos, com exceção dos apóstolos, não tiveram outra escolha a não ser se refugiar nas cidades de Samaria e Judéia.

Advertisement

Entretanto, eles continuaram pregando a mensagem do evangelho e alcançando mais pessoas para o reino de Deus.

Samaria e Judéia eram duas das cidades nas quais o Senhor Jesus havia dito que os apóstolos seriam testemunhas Dele em Atos 1:8.

E, apesar deles não irem para lá de imediato e serem parte dos poucos que ficarem em Jerusalém.

Os discípulos prepararam a vinda dos apóstolos e chamaram eles para batizarem os novos convertidos pelo poder do Espírito Santo.

Assim, por meio de toda aquela grande perseguição, Deus fez sua Igreja se dividir para conquistar mais almas para o Reino dos céus.

Advertisement

(Atos 8:1-3) O Senhor tem pensamentos de paz sobre o seu povo

¹ E Saulo consentiu na morte dele. E naquele dia, houve uma grande perseguição contra a igreja que estava em Jerusalém,; e todos foram dispersos pelas regiões da Judeia e da Samaria, exceto os apóstolos.

² E uns homens religiosos carregaram Estêvão para seu sepultamento, e fizeram grande lamentação sobre ele.

³ E Saulo devastava a igreja, entrando em cada casa, e arrastando homens e mulheres, entregava-os na prisão.


⚠️ Aprenda mais da Palavra de Deus:


O capítulo começou com a grande perseguição à Igreja depois do martírio de Estêvão e com a fuga dos cristãos para Samaria e Judéia.

Entre os perseguidores estava o jovem Saulo que além de consentir na morte de Estêvão tinha o objetivo de destruir completamente a Igreja e tudo relacionado a Jesus.

Isso porque o conhecimento adquirido por Saulo, desde sua infância, fez ele considerar religiões com características semelhantes ao Cristianismo uma traição e ameaça ao judaísmo.

Desse modo, ele não mediu esforços para destruir os cristãos e pediu cartas de autorização para encarcerar o maior número possível de fiéis a Jesus.

Advertisement

Embora fosse difícil para os crentes entenderem o porquê das mortes e perseguições contra os justos.

Esse cenário fazia parte do plano de Deus de expandir a mensagem do evangelho para outros lugares.

Às vezes você não vai compreender o porquê de certas situações acontecerem, mas é importante lembrar que o cuidado de Deus está presente em qualquer circunstância.

Porque eu sei os planos que tenho para vocês”, diz o Senhor. “São planos de bem, e não de mal, para lhes dar o futuro pelo qual anseiam. (Jeremias 29:11)

(Atos 8:4-8) A resiliência dos cristãos

Assim, os que andavam dispersos iam por toda parte pregando a palavra.

Então descendo Filipe à cidade de Samaria, lhes pregava a Cristo.


⚠️ Manual Bíblico Recomendado!

Advertisement

E as multidões unanimemente prestavam atenção às coisas que Filipe falava, ouvindo e vendo os milagres que ele fazia,

porque os espíritos imundos, clamando em alta voz, saíam de muitos que estavam possuídos por eles; e muitos paralíticos e os que eram coxos, eram curados.

E havia grande alegria naquela cidade.

Certamente a morte de Estêvão foi sentida pela Igreja, bem como a prisão de muitos cristãos.

No entanto, a confiança deles em Deus não se abalou diante do caos provocado pelos líderes judeus.

Advertisement

Filipe, um dos 7 diáconos, foi para Samaria e manifestou o Reino com sinais milagrosos, curando os enfermos, libertando os cativos e trazendo a alegria da salvação para aquela cidade.

Além disso, os discípulos dispersos de Jerusalém pregavam a mensagem por onde quer que fossem e, assim, mais pessoas eram alcançadas pelo evangelho.

Contornar as dificuldades era uma característica intrínseca dos cristãos e qualquer situação podia ser superada por aquele que fortalecia cada um deles.

(Atos 8:9-13) Ilusões são superadas pela realidade transformada

Mas havia ali um certo homem, chamado Simão, que anteriormente exercera naquela mesma cidade a bruxaria e tinha iludido o povo de Samaria, que se gabava ser alguém importante,

¹⁰ ao qual todos davam atenção, desde o menor até o maior, dizendo: Este homem é o grande poder de Deus.


⚠️ Aprenda a Pregar a Palavra de Deus:


¹¹ E para com ele tinham consideração, porque já desde muito tempo ele os havia enfeitiçado com bruxaria.

Advertisement

¹² Mas, como creram em Filipe, que lhes pregava a respeito das coisas do reino de Deus e em nome de Jesus Cristo, eles eram batizados, tanto homens quanto mulheres.

¹³ E o próprio Simão também creu, e, tendo sido batizado, ele continuou com Filipe e se maravilhava, vendo os milagres e sinais que eram feitos.

Entre os impactados pela mensagem do evangelho estava Simão.

Este homem era bem conhecido na cidade pelos seus feitos mágicos e pela forma como impressionava todos.

Mas com certeza os feitos de Simão não traziam transformação alguma na realidade de vida das pessoas, porque os prodígios dele eram apenas uma mera ilusão.

O evangelho, por sua vez, mudava totalmente o presente e o futuro das pessoas, visto que não há como ser o mesmo depois de ter alguma experiência com Jesus.

Por isso, quando Filipe pregou as boas-novas muitos creram e foram batizados, inclusive o Simão.

(Atos 8:14-24) A necessidade de um coração correto

¹⁴ Ora, quando os apóstolos que estavam em Jerusalém, ouviram que Samaria tinha recebido a palavra de Deus, eles enviaram para lá Pedro e João,

¹⁵ os quais, tendo descido, oraram por eles para que eles pudessem receber o Espírito Santo;

¹⁶ (porque ainda não havia descido sobre nenhum deles, mas somente eram batizados em nome do Senhor Jesus).

¹⁷ Então, lhes impuseram as suas mãos, e eles receberam o Espírito Santo.

¹⁸ E Simão, vendo que pela imposição das mãos dos apóstolos era dado o Espírito Santo, ofereceu-lhes dinheiro,

¹⁹ dizendo: Dai-me também este poder, para que aquele sobre quem eu puser as mãos possa receber o Espírito Santo.

²⁰ Mas Pedro lhe disse: O teu dinheiro pereça contigo, porque pensastes que o dom de Deus se compra com dinheiro.

²¹ Tu não tens parte nem sorte neste assunto, porque o teu coração não é reto aos olhos de Deus.

²² Arrepende-te, pois, dessa tua maldade, e ora a Deus, para que, porventura o pensamento do teu coração te seja perdoado;

²³ porque eu percebo que estás em fel de amargura, e em laço de iniquidade.

²⁴ Respondendo, porém, Simão disse: Orai vós ao Senhor por mim, para que nenhuma das coisas que dissestes venha sobre mim.

Ao passo que o povo de Samaria aceitou a palavra de Deus, Pedro e João foram enviados à cidade para batizar as pessoas com o Espírito Santo.

Assim, pela imposição de mãos dos dois apóstolos eles receberam o Espírito de Deus.

Entretanto, Simão pensou que o poder de batizar pessoas pelo Espírito poderia ser comprado e ofereceu dinheiro aos apóstolos para adquiri-lo.

Pedro respondeu Simão de maneira contundente e o alertou sobre a necessidade de ter um coração reto e se arrepender desse tipo de pensamento.

Ele ainda disse que a origem desse pensamento maldoso de Simão estava na inveja, visto que os mensageiros do evangelho estavam roubando a audiência dele.

Como também, pelo fato de Simão ser prisioneiro do pecado.

Os tempos de ignorância não são levados pelo Senhor e possivelmente Ele perdoou essa ação de Simão.

Só que o coração dele precisava ser alinhado à vontade de Deus para então ter uma vida correta diante do Senhor, o que só é possível por meio de um arrependimento genuíno.

(Atos 8:25-31) Como é possível entender se alguém não explicar?

²⁵ Tendo eles testificado e pregado a palavra do Senhor, retornaram para Jerusalém, e pregaram o evangelho em muitas aldeias dos samaritanos.

²⁶ E o anjo do Senhor falou a Filipe, dizendo: Levanta-te e vai em direção ao sul, ao caminho que desce de Jerusalém para Gaza, que está deserto.

²⁷ E levantando-se, foi. E eis que um homem da Etiópia, eunuco de grande autoridade sob Candace, rainha dos etíopes, o qual era encarregado de todos os seus tesouros, havia vindo adorar em Jerusalém,

²⁸ e estava retornando, e, assentado na sua carruagem lia o profeta Isaías.

²⁹ Então, o Espírito disse a Filipe: Aproxima-te e ajunta-te a esta carruagem.

³⁰ E, correndo até ele, ouviu que lia o profeta Isaías e disse: Entendes tu o que lês?

³¹ E ele disse: Como poderia, se algum homem não me orientar? E rogou a Filipe que subisse e com ele se assentasse.

Cumprindo sua missão em Samaria, Pedro e João retornaram para Jerusalém e durante o caminho eles pararam em algumas vilas samaritanas para anunciar o evangelho.

Então Lucas, depois desses acontecimentos após a perseguição da Igreja, trouxe um exemplo incrível da forma como os cristãos eram conduzidos para propagar o evangelho em seu relato.

O diácono Filipe foi conduzido pelo anjo do Senhor para encontrar um oficial etíope, o qual foi a Jerusalém para adorar a Deus e estava retornando para casa em sua carruagem.

O etíope estava lendo um trecho do livro de Isaías, então Filipe, aproximando-se da carruagem, perguntou se ele entendia o que estava lendo.

Então o etíope respondeu perguntando como ele poderia entender se alguém não explicasse e, assim, permitiu o diácono subir na carruagem e sentar-se ao seu lado.

Da mesma forma, existe uma necessidade hoje em dia de pessoas para explicar corretamente os textos sagrados.

O mundo aguarda a manifestação dos filhos de Deus, de homens e mulheres bíblicos e que têm suas vidas pautadas na revelação de Deus contida na Palavra.

Porque somente por meio de uma interpretação correta das Escrituras é possível alguém ser transformado e salvo pelo evangelho.

(Atos 8:32-40) Não há impedimentos para alguém determinado

³² E o lugar da escritura que ele lia era este: Ele foi levado como ovelha para o matadouro e como cordeiro mudo diante do que o tosquia, assim ele não abriu a sua boca.

³³ Na sua humilhação foi tirado o seu julgamento; e quem declarará a sua geração? Porque a sua vida é tirada da terra.

³⁴ E, respondendo o eunuco a Filipe, disse: Rogo-te, de quem fala o profeta isto? De si mesmo ou de algum outro homem?

³⁵ Então, abrindo Filipe a sua boca, e começando nesta mesma escritura, lhe pregou acerca de Jesus.

³⁶ E, eles indo em seu caminho, chegaram até certa água, e o eunuco disse: Eis aqui água; o que impede que eu seja batizado?

³⁷ E disse Filipe: Se tu crês de todo o teu coração, você pode. E, ele respondendo, disse: Eu creio que Jesus Cristo é o filho de Deus.

³⁸ E ele mandou parar a carruagem, e ambos desceram à água, tanto Filipe como o eunuco, e ele o batizou.

³⁹ E quando eles subiram da água, o Espírito do Senhor arrebatou a Filipe, e o eunuco não o viu mais; e ele prosseguiu o seu caminho regozijando-se.

⁴⁰ Mas Filipe se achou em Azoto, e indo passando, ele pregava em todas as cidades, até que chegou a Cesareia.

O etíope estava lendo o texto de Isaías, o qual falava a respeito do sofrimento do Senhor Jesus.

Ele não entendia o contexto daquela mensagem e a partir desse trecho das Escrituras, Filipe explicou para o etíope o evangelho de Jesus.

Em seguida, eles chegaram em um lugar onde havia água e o etíope perguntou se havia algum impedimento para ele ser batizado ali.

Então Filipe explicou a necessidade de crer de todo o coração e aceitando essa condição ele foi batizado em nome de Jesus.

A determinação do etíope em entender mais sobre o Senhor fez o anjo enviar Filipe, bem como ele ser batizado pelo diácono.

Somente pela fé é possível agradar ao Senhor e quando você está determinado em algum negócio, nada impedirá a luz de brilhar em seus caminhos.

Terminado o batismo, o Espírito teletransportou Filipe para outro lugar e o etíope seguiu o seu caminho com o coração cheio de alegria por causa do ocorrido.

Acredita-se que o etíope tenha partilhado o evangelho para o seu povo, porque geralmente quem era transformado pelas boas-novas de Jesus desejava contar para outras pessoas, entretanto, essa é apenas uma hipótese.

Conclusão

Por fim, o estudo de Atos 8 traz ensinamentos preciosos sobre os planos de Deus e como devemos reagir a eles.

Embora seja difícil digerir a ideia de que as dificuldades são importantes para o nosso crescimento, essa verdade se repete ao longo da história e o ideal é aceitá-la.

Além disso, sua confiança em Deus não pode depender das condições, mas seguir o exemplo dos cristãos da Igreja primitiva e aguentar firme nas situações adversas.

Enquanto parecia que tudo estava dando errado para a Igreja em um primeiro momento, o Senhor estava propagando a mensagem do evangelho e impactando mais vidas.

Inclusive, de um dos maiores perseguidores dos cristãos, como pode-se ver nesta explicação de Atos 9.

Então, nunca esqueça: os pensamentos e caminhos do Senhor sempre serão bem melhores em relação aos nossos.

Atos 8 Estudo. Uma Bíblia aberta com duas folhas em formato de coração.
Advertisement

Sobre o Autor

Olá, me chamo Lázaro Correia, sou Cristão, formado em Teologia e apaixonado pela Bíblia. Aqui no Blog você vai encontrar diversos estudos Bíblicos e muito conteúdo sobre vida Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência na navegação. Mais informações.