Gênesis 18 Estudo: Os Visitantes Celestiais

Neste capítulo de Gênesis 18 estudo, aprenderemos sobre a vez em que Deus apareceu a Abraão acompanhado de dois anjos, registrando o anuncio divino acerca da destruição das cidades de Sodoma e Gomorra.

Nesta ocasião, Abraão ainda intercedeu pelas vidas dos habitantes daquelas cidades que ainda tivessem uma conduta justa.

Advertisement

Um resumo pode ser dividido da seguinte forma: o Senhor e dois anjos aparecem a Abraão; o Senhor anuncia novamente que Sara seria mãe de um filho; Deus anuncia a destruição de Sodoma e Gomorra; Abraão intercede a Deus pelos homens justos da cidade.

Gênesis 18 estudo: Contexto histórico

Em Gênesis 17 acompanhamos Deus mudar o nome Abraão, reafirmando assim sua aliança com Ele, fazendo da circuncisão um sinal e o nome de Sarai também é mudado.

Advertisement

Abraão obedece à ordem de Deus em tudo o que faz, e será interessante a medida que formos estudando as escrituras, todos os homens e mulheres de Deus tiveram isso em comum: obediência.

1 E LHE apareceu (a Abraão) O SENHOR no vale de Manre, estando ele assentado à porta de sua tenda, no calor do dia (“o Primeiro Versículo deste Capítulo confirma a experiência do Cristão de que uma Revelação nova do Senhor para a alma segue justamente à obediência de um mandato Divino.” – Williams);


Você ler a Bíblia todos os dias mas Não consegue Entender a Mensagem de Deus? Clique Aqui e venha Estudar Teologia Conosco de Maneira Fácil e Descomplicada! 📖


2 E levantou os seus olhos, e olhou, e eis três Varões que estavam em pé junto a ele (parados, junto ao Senhor; estes eram Anjos). E quando os viu, saiu correndo da porta de sua tenda para recebê-los, e se inclinou à terra (implica adoração, porque Abraão sabia que Aquele era o Senhor)

3 E disse: SENHOR, se agora achei favor em Teus olhos, rogo-te que não passes de Teu servo (Abraão tinha encontrado favor diante de Deus, mas somente por meio da Fé que ele exibiu).

4 Que se traga agora um pouco de água, e lavem Vossos Pés, e descansem debaixo de uma árvore (o Senhor e os anjos não necessitavam de tal coisa; entretanto, a “lavagem dos pés e o  “descanso” simbolizam Verdades Espirituais: a humildade que se requer da parte dos Crentes e o”descanso” que o Senhor só pode proporcionar),

Advertisement

5 E trarei um bocado de pão, para que sustenteis o Vosso Coração (o pão é um Tipo da Palavra de Deus e do Senhor Jesus Cristo [Jo 6.35]; ao dar pão ao Senhor, junto com Seus companheiros angélicos, Abraão declara que o Senhor fará para toda a humanidade e, sobretudo, que Ele é na realidade o pão; este é o “pão” que satisfaz toda a fome espiritual);

depois passareis adiante (mas não antes que eu demonstre Tua dignidade e o respeito que mereces, Senhor), pois, por isso, chegastes perto de Vosso Servo. E eles disseram: Faze assim como disseste (o Senhor recebendo algo favoravelmente, garante a bênção favorável).

6 Então Abraão foi depressa à tenda de Sara, e lhe disse: Toma depressa três medidas de flor de farinha, amassa-a e faze pães cozidos em cima do forno (a atividade espiritual no coração de um servo de Cristo acorda a atividade no coração de outros servos).


Quer Pregar Com Conhecimento Bíblico Profundo, Dominando a Oratória, com boa Dicção, Citando Versículos de Memória, sem Timidez e com total Eloquência?
(Clique Aqui e Sabia Mais)


7 E correu Abraão às vacas, e tomou um bezerro tenro e bom,e deu ao moço, e este se apressou prepará-lo (Assim como o bezerro foi morto, o Filho de Deus,do qual o mesmo servia de Tipo,também seria).

8 Tomou também manteiga e leite, e o bezerro que tinha preparado, e pôs tudo diante Deles; e ele estava junto a Eles debaixo da árvore; e comeram (Jesus disse que devemos comer também; refiro-me à “Ceia de Cristo”, que, com efeito, evidencia nossa Fé Nele e no que Ele fez por nós na Cruz [Jo 6.53-58]).

SARA

9 E (o Senhor os Anjos) disseram-lhe (a Abraão): Onde está Sara tua mulher? E ele respondeu: Ali na tenda (um dos maiores anúncios que na história da humanidade agora está por ser feito).

Advertisement

10 Então Ele (o Senhor) disse: Certamente voltarei para ti segundo este tempo da vida (segundo este tempo, no próximo ano); e eis que Sara, tua mulher, terá um filho. E Sara escutava à porta da tenda, que estava por detrás Dele.

11 E Abraão e Sara eram velhos, já adiantados em dias (Abraão tinha 100 anos, e Sara, 90); e Sara tinha cessado já o costume das mulheres.

12 Riu-se,pois, Sara consigo mesma,dizendo: Depois que envelheci terei ainda deleite, sendo também o meu senhor (Abraão) já velho? (A incredulidade faz covardes e mentirosos os homens. Sara ri por incredulidade e, em seguida, por medo, nega o fato.


⚠️ E-book Grátis para Pregadores ⚠️:


Entretanto-apesar de sua incredulidade e do êxito aparente de Satanás em ter atrasado o nascimento de um filho, ainda que isto fosse impossível no aspecto natural, humano – apesar de tudo isso, as poderosas palavras de Graça e Promessa são faladas: “Sara terá um filho!”).

13 Então o SENHOR disse a Abraão: Porque se riu Sara dizendo: Será verdade que da rei ainda à luz sendo já velha? (Há nas Escrituras a risada de fé e a risada de incredulidade. No Salmo 126.2, vemos o primeiro riso, e em Mateus 9.24, o segundo. A risada de Sara foi de incredulidade.)

Advertisement

14 Há para Deus alguma coisa difícil? (o texto Hebraico na realidade, diz: “Há algo mais maravilhoso para Jeová?”) Ao tempo determinado voltarei para ti, segundo este tempo da vida, e Sara terá um filho.

15 Então Sara negou dizendo: Não me ri (ela mentiu); porque tive medo (a incredulidade produz o temor). E Ele disse: Não é assim, porque te riste (o Senhor a repreende brandamente).

SODOMA E GOMORRA

16 E os Varões (o Senhor e os Anjos) levantaram-se dali,e olharam para Sodoma (não foi um Olhar de Graça, devido ao grande pecado dela); e Abraão ia com eles, acompanhando-os (caminhava uma certa distância Deles)

17 E o SENHOR disse: Ocultarei eu de Abraão o que vou fazer (“o segredo do Senhor é com os que O temem”[Sl 25.14]);

Advertisement

18 Visto que há de ser Abraão uma Nação grande e forte, e hão de ser benditas nele todas as nações da Terra? (Ambas as predições se cumpriram exatamente como disse o Senhor.)

19 Porque eu o tenho conhecido, e sei que ele ordenará seus filhos e a sua casa depois dele (o texto Hebraico na realidade diz: Conheci-o para que ele possa ordenar seus filhos…”), para que guardem o Caminho do Senhor, fazendo justiça e juízo (é a responsabilidade da Igreja também; uma responsabilidade que, em geral, foi anulada);

para que faça vir o SENHOR sobre Abraão, o que tem falado a respeito dele (olhando para trás a partir deste “momento atual até a época de Abraão, constatamos que ludo se cumpriu exatamente como prometeu o Senhor).


Domine a Arte de Elaborar e Pregar Sermões Expositivos para Ensinar com Profundidade, Clareza e Fidelidade as Escrituras!
(Clique Aqui e Confira)


20 E ainda o SENHOR lhe disse: Porquanto O clamor de Sodoma e Gomorra se multiplica mais e mais, e o pecado deles se agravou em extremo (o pecado dessas duas cidades tornou-se tão grande que ameaçava contaminar toda essa região do mundo; em consequência disso, tiveram que ser destruídas. Em outras palavras, o Senhor teve que realizar uma cirurgia maior, igual a que faz um cirurgião atualmente, a fim de salvar o paciente);

21 Descerei agora, e verei se têm consumado a sua obra segundo o clamor que veio até Mim; e, se não, saberei (todo pecado é intrinsecamente ofensivo aos Olhos do Todo-poderoso, mas algumas formas de maldade, são mais audaciosamente atrevidas ou mais aborrecível que outras, e dessa espécie foram os pecados de Sodoma.

O verbo “saberei” não significa que Deus já não soubesse, porque Ele sabe todas as coisas, do passado, do presente e do futuro. A declaração é uma referência à Perfeita Justiça de Deus; no Juízo, não se poderá reclamar de insensibilidade ou falta de equidade da parte de Deus [Ap 20.11-15]).

Advertisement

22 E se apartaram dali (de Abraão) os Varões (os dois Anjos), e foram para Sodoma; mas Abraão estava ainda diante do SENHOR (depois que o Senhor explica a Abraão o que estava a ponto de fazer, Abraão intercede por Ló).

23 E aproximou-se Abraão dizendo: Destruirás também o justo com o ímpio? (ele estava pensando em Ló).

24 Talvez haja cinquenta justos dentro da cidade. Destruirás também e não perdoarás o lugar por causa de cinquenta justos que estejam dentro dela? (encontramos nesta passagem quão importantes são os justos, como se envolvem na situação geral das coisas).


⚠️ Receba Estudos Exclusivos no Whatsapp:


25 Longe de Ti fazer tal coisa: que faças morrer o justo com o impio e que seja o justo tratado como o impio; nunca tal coisa faças. O Juiz de toda a Terra, não faria o que é justo? (Podemos ter a certeza de que o Juiz da Terra fará o correto. O Senhor é esse Juiz!).

26 Então respondeu o SENHOR: Se Eu achar em Sodoma cinquenta justos dentro da cidade, perdoarei todo este lugar por amor a eles.

Advertisement

27 E Abraão replicou e disse: Eis que agora me atrevo a falar com meu SENHOR, embora eu seja pó e cinza (encontramos aqui a humildade do grande Patriarca).

28 Se, porventura, faltarem de cinquenta justos cinco: Destruirás, por faltar aqueles cinco, toda a cidade? E disse: Não a destruirei, se achar ali quarenta e cinco.

29 E ele (Abraão) voltou a lhe falar (ao Senhor),e disse: Se, possivelmente, acharem ali quarenta? E respondeu-lhe: Não o farei por amor aos quarenta.

30 E disse ainda: Não se zangue agora o meu SENHOR, se eu ainda falar (acredito que se pode dizer facilmente que o Senhor se deleita no Crente “que é persistente, com relação às petições e aos desejos): Se, possivelmente, acharem ali trinta? E respondeu-lhe: Não o farei se achar ali trinta.

Advertisement

31 E disse mais: Eis que agora me atrevo a falar com meu SENHOR: Se, possivelmente, acharem ali vinte? E respondeu-lhe: Não a destruirei por amor aos vinte.

32 E voltou a dizer: Não se zangue agora o meu SENHOR se falar somente mais uma vez: Se, possivelmente, acharem ali dez? Não a destruirei,respondeu-lhe, por amor aos dez (Estamos aqui testemunhando a verdadeira Intercessão.)

33 E se foi o SENHOR, logo que acabou Abraão de falar; e Abraão se voltou para o seu lugar. (O Senhor agora segue Seu caminho, mas Ele não o fez até que Abraão parasse com a sua petição. Abraão parou de pedir antes de Deus parasse de dar.)

Conclusão

Concluindo este capítulo, aprendemos que Deus quer se relacionar conosco de uma forma íntima, como amigos, como uma conversa informal, como algo natural e nada de liturgias ou paradoxos.

Advertisement

Quando aparece a Abraão recebe a visita de Deus e seus anjos, vemos uma clara intenção do Eterno em se manifestar de forma natural, mesmo sendo quem é.

Essa é a ideia original do Pai, um relacionamento, o homem foi criado para se relacionar com a trindade em unidade, sendo cuidado e ensinado sobre as coisas boas e ruins. O pecado de Adão estabelece um abismo, uma ruptura, uma falha na Matrix, por assim dizer.

Mas Deus, em sua infinita bondade, misericórdia e sabedoria, já está com um plano em andamento para corrigir tudo isso, uma nova aliança, que passa pela vida desse velho homem de Deus que conhecemos como o “pai da fé” e de sua esposa, que novamente é mencionada pelos anjos, e que a promessa será cumprida na vida de Sara.

Deus nos mostra também que sua face é de amor, mas de juízo, ao estabelecer o prazo e a forma como as cidades de Sodoma e Gomorra seriam destruídas, mediante o nível de iniquidade praticado nelas.

Sabemos que, se pecarmos, há um advogado fiel nos céus para nos defender e limpar, mas nossa luta deve ser contra o pecado, sem cessar, pois ele nos afasta de Deus e do seu plano.

Advertisement
Gênesis 18 estudo.

Sobre o Autor

Olá, me chamo Lázaro Correia, sou Cristão, formado em Teologia e apaixonado pela Bíblia. Aqui no Blog você vai encontrar diversos estudos Bíblicos e muito conteúdo sobre vida Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *