2 Coríntios 5 Estudo: Habitação Terrena e Casa Eterna

Neste capítulo de 2 Coríntios 5 estudo, Paulo falará sobre a habitação terrena e a casa eterna, isto é, o corpo humano e o espiritual.

Ele abordará este tema para ensinar que, enquanto estamos aqui estamos “longe” do Senhor, em breve essa distância será retirada.

Advertisement

Devemos, então, viver pela fé e que nossos olhos devem ser postos em Deus em todo tempo, sem desanimar.

Se fizermos isso, nossa vida será dirigida pela vontade de Deus e estaremos prontos para o tribunal de Jesus, na sua volta.

Advertisement

2 Coríntios 5 estudo: Contexto histórico

Vimos que Paulo ensinou sobre quem não entende a Palavra de Deus, aqueles que não creem nela. Esta é atuação do diabo, impedir o entendimento dos incrédulos.

Paulo reconhece também que em seu ministério, os frutos são resultados do Espírito que atua nele e que ele tem pago um preço por isso, o morrer de Cristo.


Você ler a Bíblia todos os dias mas Não consegue Entender a Mensagem de Deus? Clique Aqui e venha Estudar Teologia Conosco de Maneira Fácil e Descomplicada! 📖


As lutas, as tribulações e as adversidades são todos frutos de uma relação com Deus, e que os sofrimentos da Terra não serão capazes de superar a glória que nos aguarda, devemos então manter os olhos no que é eterno, e não no que é passageiro.

2 Coríntios 5:1-10

Esta seção, talvez motivada por Paulo ter estado recentemente à beira da morte (1:8-9), contém o ensino mais extenso das Escrituras sobre o “estado intermediário”, isto “é, a condição dos cristãos entre a morte do corpo e sua” ressurreição.

(2 Coríntios 5:1) Casa terrena e casa eterna

v. 1 Porque sabemos que, se a nossa casa terrestre deste tabernáculo se dissolver, nós temos um edifício, uma casa eterna nos céus, não feita por mãos, mas por Deus.

Advertisement

Paulo comparou nossa existência no corpo a viver em habitação temporária (casa terrestre), e o corpo ressurreto, a um palácio ou outro edifício grandioso.

O autor da carta aos Hebreus também comparou o céu à “uma cidade que tem fundamentos, da qual o artífice e construtor é Deus” (Hb 11:10).

(2 Coríntios 5:2) Revestidos do que é do céu

v. 2 Pois nisto gememos ardentemente, desejando ser revestidos da nossa casa que é do céu;


Quer Pregar Com Conhecimento Bíblico Profundo, Dominando a Oratória, com boa Dicção, Citando Versículos de Memória, sem Timidez e com total Eloquência?
(Clique Aqui e Sabia Mais)


Sobre gememos, ver 2Co 1:8 para exemplos do sofrimento de Paulo. A ressurreição será semelhante a vestir roupas novas (ser revestidos da nossa casa).

(2 Coríntios 5:3) Achados nus

v. 3 se é que, estando vestidos, não formos achados nus.

A palavra nus é uma referência a estar sem corpo. Uma alma ou espírito humano separado da existência corpórea – considerado um estado desejável em alguns sistemas religiosos – nunca foi considerado algo desejável nas Escrituras. Paulo compartilhava esta visão.

Advertisement

(2 Coríntios 5:4) Mortalidade engolida pela vida

v. 4 Porque nós que estamos neste tabernáculo gememos, sendo sobrecarregados; não porque queremos ser despidos, mas revestidos, para que a mortalidade seja engolida pela vida.

A preferência de Paulo era o estado final do corpo ressurreto, e não a condição intermediária e aparentemente,” sem corpo do cristão morto.

(2 Coríntios 5:5) Foi Deus

v. 5 Ora, quem nos moldou para si mesmo foi Deus, que também nos tem dado o penhor do Espírito.


⚠️ E-Book Grátis para Pregadores ⚠️:


A vida na ressurreição é impossível sem o devido preparo. Este versículo enfatiza a soberania de Deus. Sobre o penhor do Espírito, ver Ef 1:14 para os outros casos de “penhor” nas páginas do novo testamento, sempre ligados com o Espírito.

O começo da salvação é receber a pessoa de Deus (o Espírito); o objetivo da salvação é desfrutar a pessoa de Deus por completo e para sempre (Ap 22:4).

Advertisement

(2 Coríntios 5:15) Morreu por todos

v. 15 e ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam daqui em diante para si, mas para aquele que morreu por eles e ressuscitou.

A expressão para que os que vivem se refere aos cristãos, que agora estão espiritualmente vivos (Ef 2:4-6). O ministério de morte e ressurreição de Cristo se tornou padrão para o ministério de morte e vida nova do cristão. Pessoalmente, Paulo também era exemplo nisso.

(2 Coríntios 5:16) O conhecemos segundo a carne

v. 16 Portanto, daqui por diante, sabemos que não somos homens segundo a carne. Sim, embora tenhamos conhecido Cristo segundo a carne, contudo agora já não o conhecemos mais.

A expressão segundo a carne é uma boa tradução do texto grego. Em uma situação, sempre há duas perspectivas conflitantes: a natural e a divina.

Advertisement

Uma visão natural de Cristo levou a Sua crucificação e à perseguição de Paulo aos seguidores de Jesus. Depois que a luz da revelação divina raiou sobre o apóstolo no caminho de Damasco, ele já não o considerou mais (Atos 9).

(2 Coríntios 5:17-18) Eis que tudo novo se fez

v. 17 Portanto, se algum homem está em Cristo, ele é uma nova criatura; as coisas velhas são passadas; eis que todas as coisas se tornaram novas.

v. 18 E todas as coisas são de Deus, o qual nos reconciliou consigo mesmo por Jesus Cristo e nos deu o ministério da reconciliação;


Domine a Arte de Elaborar e Pregar Sermões Expositivos, Temáticos e Textuais, para Ensinar com Profundidade, Clareza e Fidelidade as Escrituras!
(Clique Aqui e Confira)


As palavras em Cristo indicam estar em união com Ele. A verdadeira conversão dá início à transformação de vida, mas não reformando a velha natureza.

O Espírito que habita em nós cria vida divina nos cristãos (Rm 8:8-10), permitindo uma vida de coisas novas.

Outras passagens do Novo Testamento comunicam esta verdade utilizando expressões como “nascer de novo” e “regeneração” (Jo 3:3-8), Aqueles que eram inimigos de Deus são agora amigos do Senhor pelo fato de estarem em reconciliação com Ele.

Advertisement

A ira de Deus contra o pecado foi satisfeita na morte de Seu Filho. Os pecadores – que costumavam colocar seus próprios interesses acima da glória de Deus (Rm 1:21) – foram levados a considerar o Senhor seu maior tesouro (2Co 4:6).

O ministério da reconciliação – ser um agente destas boas-novas – era a responsabilidade especial de Paulo, mas esta tarefa também pertence a todos que receberam este ministério.

(2 Coríntios 5:19-21) Embaixadores de Cristo

v. 19 a saber, Deus estava em Cristo, reconciliando consigo o mundo, não lhes imputando as suas transgressões, e confiou em nós a palavra da reconciliação.


A Chave para Interpretar todos os Gêneros e Contextos da Bíblia de modo Simples, porém com muita Profundidade…
(Clique Aqui e Acesse)


v. 20 Ora, então somos embaixadores de Cristo, como se Deus suplicasse por nós. Nós oramos, em nome de Cristo, que vos reconcilieis com Deus.

v. 21 Porque aquele que não conheceu pecado, ele o fez pecado por nós, para que fôssemos feitos justiça de Deus nele.

Advertisement

O que Cristo fez, Deus também o fez. A morte de Cristo afetou principalmente o mundo, isto é, os homens pecadores (e não os seres malignos sobrenaturais, para os quais Deus não proveu reconciliação).

A morte de Cristo preserva a justiça de Deus. As transgressões foram colocadas sobre àquele que não conheceu pecado.

Em troca, a justiça de Deus foi creditada (imputada) a todos que estão nele. A palavra da reconciliação só é conhecida por outros quando os embaixadores de Cristo a difundem.

A Grande Comissão é responsabilidade de seres humanos reconciliados, e não dos anjos (Mt 28:18-20).

Advertisement

Conclusão

Concluindo nosso estudo de 2 Coríntios 5, percebemos que o apóstolo Paulo ensina que vivemos em uma habitação temporária e por mais que as coisas deem errado por aqui, permanecemos confiantes em Cristo no que virá. E por quê?

Porque a nossa vida começa realmente quando nos encontrarmos com o Senhor na eternidade. Até lá, devemos viver pela fé, não pelo que podemos ver.

Devemos parar de focar no que dá ou no que deu errado e focar em viver a maravilhosa graça de Deus diária, através das lentes da sua palavra, pois a qualquer momento a trombeta pode soar para nós e a partir daí, estaremos com o Senhor para sempre.

O maior objetivo deve ser não ter uma vida com resultados humanos excelentes aqui, mas viver como cidadãos do Reino, como herdeiros da vida eterna.

Advertisement

O propósito deste capítulo não é que nós vivamos como se nada importasse nesse tempo na terra, mas sim que olhemos com a perspectiva de que, por mais difíceis que as coisas sejam aqui, em algum momento, vai passar. Por isso, o foco deve ser Jesus! Amém!

2 Coríntios 5 estudo.

Sobre o Autor

Olá, me chamo Lázaro Correia, sou Cristão, formado em Teologia e apaixonado pela Bíblia. Aqui no Blog você vai encontrar diversos estudos Bíblicos e muito conteúdo sobre vida Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *