Mateus 28 Estudo: A Ressurreição de Jesus

Neste capítulo de Mateus 28 estudo, podemos ler sobre o que aconteceu após a ressurreição de Jesus, no terceiro dia seguinte a crucificação.

Advertisement

Nesse estágio, as pessoas que ainda não acreditavam já estavam percebendo o poder de Jesus e a sua ressurreição deixou claro que ele era o filho de Deus.

Por fim, no último capítulo deste Evangelho vemos a narração do evento mais extraordinário da História da humanidade, a ressurreição de Jesus.

Advertisement

Mateus 28 estudo: Contexto histórico

Jesus havia acabado de ser crucificado e morto e Mateus encerra seu relato de como sucedeu após a sua morte e sua posterior ressurreição.

Já na Galileia, Jesus envia seus discípulos por todo o mundo para batizar novos cristãos, prometendo estar com eles por todos os dias até sua volta.

(Mateus 28:1-2) O fim do Shabat

v. 1 No fim do shabat, quando começou a amanhecer o primeiro dia da semana, Maria Madalena e a outra Maria foram ver o sepulcro.

v. 2  E eis que houvera um grande terremoto; pois um anjo do Senhor descera do céu e, chegando-se, removera a pedra da porta, e sentou-se sobre ela.


⚠️ Grupo VIP de Estudos no WhatsApp:

Advertisement

Estes eventos ocorreram bem cedo na manhã de domingo. Para a identidade da outra Maria, ver nota em Mt 27:56.

Uma vez que os antigos não viam as mulheres como dignas de confiança, um escritor que elaborasse um relato destinado a convencer os leitores da ressurreição de Jesus não teria feito das mulheres as primeiras testemunhas da ressurreição.

O fato de Mateus ter incluído as mulheres confirma que ele foi fiel no registro dos eventos reais, mesmo que fossem vistos como desacreditados pela sociedade.

Advertisement

(Mateus 28:3) As vestes de Jesus

v. 3 Seu semblante era como um relâmpago, e as suas vestes brancas como neve.

O semblante do anjo o identificava como um ser celestial (ver Dn 7:9).

(Mateus 28:4) O medo e temor

v. 4 E os guardas tremeram de medo por causa dele, e ficaram como homens mortos.

Os soldados perderam a consciência e caíram ao chão.

(Mateus 28:5-6) O anjo os anuncia

v. 5 E o anjo, respondendo, disse às mulheres: Não temais vós; pois eu sei que buscais a Jesus, que foi crucificado.

Advertisement

⚠️ Cursos Bíblicos Recomendados (Com Desconto Especial):


v. 6 Ele não está aqui; porque ele está ressuscitado, como ele disse. Vinde ver o lugar onde o Senhor jazia.

As palavras como ele disse recordam as profecias de Jesus a respeito de Sua ressurreição (Mt 12:40Mt 16:21Mt 17:23Mt 20:19).

Jesus ensinou que as profecias do antigo testamento tinham de ser cumpridas, uma vez que elas vieram de Deus (Mt 5:18).

(Mateus 28:7-9) O Senhor Jesus aparece para as mulheres e os discípulos

v. 7 E ide depressa, e dizei aos seus discípulos que ele está ressuscitado dentre os mortos; e eis que vai adiante de vós para a Galileia; ali o vereis; eis que eu vo-lo tenho dito.

v. 8 E, partindo elas apressadamente do sepulcro, com temor e grande alegria, correram a anunciá-lo aos seus discípulos.

v. 9 E, indo elas a dar as novas aos seus discípulos, eis que Jesus lhes veio ao encontro, dizendo: Salve. E elas, chegando, abraçaram os seus pés, e o adoraram.

Durante a Sua tentação no deserto, Jesus citou Dt 6:13, “Temerás ao SENHOR teu Deus, e o servirás, e jurarás pelo seu nome” (Mt 4:10). Ao aceitar adoração aqui, Jesus se identificou como “o Senhor, o seu Deus”.

Advertisement

Conheça sua Bíblia de Forma Profunda e Descubra Como Entendê-la com Mais Facilidade!
(Clique Aqui e Saiba Mais)


(Mateus 28:10-14) Jesus os acalma

v. 10 Então lhes disse Jesus: Não temais; ide dizer a meus irmãos que vão à Galileia, e lá me verão.

v. 11 Quando elas iam, eis que alguns da guarda foram à cidade, e contaram aos principais sacerdotes todas as coisas que foram feitas.

v. 12 E, reunindo-se eles com os anciãos, e tomado conselho, deram muito dinheiro aos soldados,

v. 13 dizendo: Dizei: Seus discípulos vieram de noite e o furtaram enquanto nós dormíamos.

v. 14 E, se isto chegar aos ouvidos do governador, nós o persuadiremos, e vos poremos em segurança.

A ampla circulação deste relato provavelmente levou ao édito do imperador na Inscrição de Nazaré (aparentemente datada de c. de 41-54 d.C.) que ameaçava de morte qualquer um que removesse um corpo sepultado. Vários aspectos do relato dos soldados não fazem sentido.

Se os soldados estavam todos dormindo, eles não poderiam ter reconhecido que foram os discípulos de Jesus os que Lhe teriam removido o corpo.

Além disso, é extremamente improvável que todos os soldados tivessem dormido ao mesmo tempo. Finalmente, os soldados eram severamente punidos ou até executados por dormir em serviço.


 Aprenda Como Pregar a Palavra de Deus com Sabedoria e Propriedade!
(Clique Aqui e Confira)


(Mateus 28:15-17) Jesus pede que os discípulos os encontrem na Galileia

v. 15 Assim eles pegaram o dinheiro, e fizeram como foram instruídos; e este dito é divulgado entre os judeus até o dia de hoje.

v. 16 Então os onze discípulos foram para a Galileia, para o monte que Jesus lhes tinha designado.

v. 17 E, quando o viram, o adoraram; mas alguns duvidaram.

Sobre o significado da adoração dos discípulos, ver nota no versículo 9. A confusão persistente entre eles acerca da ressurreição de Jesus enfraquece a teoria céptica de que os discípulos tiveram em comum uma alucinação da ressurreição de Jesus porque todos eles esperavam que Ele ressuscitasse.

(Mateus 28:18) Poder de Jesus

v. 18 E Jesus veio e lhes falou, dizendo: Foi-me dado todo o poder no céu e na terra.

Antes da ressurreição, Jesus tinha autoridade (Mt 7:29Mt 9:6Mt 11:27Mt 21:23). Contudo, por meio da ressurreição, o Pai concedeu a Ele todo o poder no céu e na terra, uma autoridade bem maior do que aquela que Satanás futilmente Lhe prometera (ver nota em Mt 4:8-9).

(Mateus 28:19) Jesus pede para os discípulos propagem sua palavra

v. 19 Portanto, ide, ensinai a todas as nações, batizando-as em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;

A ordem de estender a missão deles pelo mundo inteiro leva ao clímax o repetido tema de Mateus da participação gentílica na salvação de Deus.

A inclusão de quatro mulheres gentias na genealogia de Jesus e a convocação dos magos para adorarem o menino Jesus prenunciou a missão dos discípulos de fazer discípulos de todas as nações.

O batismo marcava a entrada da pessoa na comunidade da . Em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo é uma referência à Trindade.

A linguagem de Mateus mostra que uma clara compreensão da natureza e da identidade de Jesus como Deus era requerida antes do batismo.

(Mateus 28:20) A promessa espiritual

v. 20 ensinando-as a observar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco sempre, até o fim do mundo. Amém.

A Grande Comissão (v. 19-20) é precedida por uma referência à autoridade de Jesus e seguida pela promessa da presença espiritual de Jesus entre nós.

Ambas são necessárias para que cumpramos a missão que Deus nos deu.

Conclusão

Concluindo, portanto, o capítulo de Mateus descreveu a trajetória de Jesus até o momento da sua morte e ressurreição.

Além disso, Cristo deu provas de sua ressurreição que foram comprovados pela palavra de Deus e também por achados históricos.

O que devemos fixar de tudo isso é que o amor de Jesus foi tão grande que ele aceitou entregar sua vida para que nós pudéssemos ter a oportunidade de salvação.

Mateus 28 estudo.

Sobre o Autor

Olá, me chamo Lázaro Correia, sou Cristão, formado em Teologia e apaixonado pela Bíblia. Aqui no Blog você vai encontrar diversos estudos Bíblicos e muito conteúdo sobre vida Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência na navegação. Mais informações.