Atos 11 Estudo: A Expansão do Evangelho

Advertisement

Neste capítulo de Atos 11 estudo, veremos que a igreja estava crescendo entre os gentios. Após a dispersão, o evangelho estava chegando em outras áreas e muitas pessoas estavam sendo alcançadas.

Pedro explicará o que Deus lhe mostrou sobre os gentios, provando que o evangelho do Reino alcançaria também os que não eram judeus.

Atos 11 estudo: Contexto histórico

Deus revelou a Pedro uma visão sobre os gentios e o evangelho. Ele, Cornélio e sua família tiveram um tempo de qualidade e o evangelho chegou até aquela casa, depois.

A obra de Jesus está sendo feita, porém Herodes promove uma perseguição aos seguidores de Cristo. Tiago é condenado a morte e Pedro está no cárcere.

Advertisement

Na noite anterior à execução de Pedro, o anjo ajudará a escapar e ferirá a Herodes, e o evangelho segue em firme expansão!

(Atos 11:1-6) Pedro se justifica

v. 1 E os apóstolos e os irmãos que estavam na Judeia ouviram que os gentios também tinham recebido a palavra de Deus. 



v. 2 E, quando Pedro subiu para Jerusalém, os que eram da circuncisão debatiam com ele, 

v. 3 dizendo: Tu estavas com homens incircuncisos e comeste com eles. 

v. 4 Mas Pedro repetiu o assunto desde o início, e o expôs em ordem para eles, dizendo: 

Advertisement

v. 5 Eu estava na cidade de Jope orando, e em um êxtase, tive uma visão: um certo vaso, descia do céu como se fosse um grande lençol, atado pelas quatro pontas, e vinha até mim; 

v. 6 sobre o qual, tendo olhado atentamente, considerei e vi animais da terra, quadrúpedes, animais selvagens, seres rastejantes e aves do céu. 

 As notícias de que os gentios também tinham recebido a palavra de Deus se espalharam rapidamente porque isso era muito controverso. Os judeus que eram da circuncisão achavam que Pedro tinha comprometido as leis de Deus.



Essa questão foi uma fonte recorrente de conflito na igreja primitiva, porém, informado como estava pela visão que Deus lhe dera, o apóstolo corrigiu aqueles que argumentavam contra a inclusão de gentios não circuncidados (v. 4-18).

(Atos 11:7-14) Pedro fala de sua visão

v. 7 E eu ouvi uma voz que me dizia: Levanta-te, Pedro; mata e come. 
v. 8 Mas eu disse: De forma alguma, Senhor; porque nada comum ou imundo jamais entrou em minha boca. 

v. 9 Mas a voz respondeu-me novamente do céu: Ao que Deus purificou não chames tu comum. 
v. 10 E isto sucedeu por três vezes; e tudo tornou a recolher-se no céu. 

v. 11 E eis que, imediatamente, três homens pararam diante da casa na qual eu estava, enviados de Cesareia a mim. 

Advertisement

v. 12 E o Espírito me ordenou ir com eles, não duvidando. Além disso, estes seis irmãos me acompanharam, e nós entramos na casa daquele homem;

v. 13 e ele mostrou-nos como presenciou um anjo em pé em sua casa, que lhe dizia: Envia homens a Jope, e chama por Simão, cujo sobrenome é Pedro, 
v. 14 o qual te dirá palavras pelas quais serás salvo tu e toda a tua casa.


⚠️ Receba Estudos Exclusivos no Whatsapp:


 O paralelo entre aquilo que aconteceu em Pentecoste e na casa de Cornélio provou que Deus estava concedendo os mesmos dons sobre cristãos judeus e cristãos gentios. À luz disso, Pedro pergunta de forma acertada: quem era então eu, para que pudesse resistir a Deus?

(Atos 11:15-18) A obra através da vida de Pedro

v. 15 E, quando eu comecei a falar, o Espírito Santo caiu sobre eles, como sobre nós no começo. 
v. 16 Então me lembrei da palavra do Senhor, quando ele disse: João certamente batizou com água, mas vós sereis batizados com o Espírito Santo. 

v. 17 Portanto, se Deus lhes deu o mesmo dom que deu a nós, quando cremos no Senhor Jesus Cristo, quem era então eu, para que pudesse resistir a Deus?
v. 18 E, eles ouvindo estas coisas, se calaram, e glorificaram a Deus, dizendo: Então, Deus também concedeu aos gentios o arrependimento para a vida. 

Se calaram indica cautela inicial. Esses cristãos judeus precisavam processar a mesma revelação repugnante que tinha vindo a Pedro em Jope e depois em Cesareia (At 10:9-16). Finalmente, porém, eles glorificaram a Deus por aquilo que Ele havia feito.

(Atos 11:19) Os dispersos se reúnem

v. 19 Ora, os que foram dispersos pela perseguição que surgiu acerca de Estêvão viajaram até a Fenícia, Chipre e Antioquia, não pregando a ninguém a palavra, senão só a judeus. 

A missão cristã continuou se expandindo ainda mais, para regiões bem distantes da Judeia como Fenícia, Chipre e Antioquia.

(Atos 11:20-21) O evangelho em Antioquia

v. 20 E alguns entre eles eram homens de Chipre e de Cirene, os quais, chegando à Antioquia, falaram aos gregos, pregando o Senhor Jesus. 
v. 21 E a mão do Senhor era com eles; e um grande número creu, e se converteu ao Senhor. 

Advertisement

 A evangelização de Antioquia foi realizada por cristãos de Chipre e de Cirene. Como resultado, essa cidade tornou-se o centro da missão gentílica e a igreja que enviou Paulo como missionário.

(Atos 11:22-24) Barnabé, o bom homem

v. 22 Então as notícias acerca destas coisas chegaram aos ouvidos da igreja que estava em Jerusalém; e eles enviaram Barnabé, que ele deveria ir à Antioquia. 

v. 23 O qual, tendo chegado e visto a graça de Deus, alegrou-se, e exortou a todos que com propósito de coração eles permanecessem no Senhor. 

v. 24 Porque ele era um bom homem, e cheio do Espírito Santo e de fé. E uma grande multidão foi acrescentada ao Senhor. 

As qualidades espirituais de Barnabé foram evidentes para a igreja de Jerusalém (At 4:36-37), Não é de admirar que eles o enviassem para Antioquia.

É provável que ele tenha sido enviado para determinar a genuinidade das conversões que ocorriam ali e animá-los a permanecerem fiéis ao Senhor.

(Atos 11:25) Barnabé vai buscar Saulo

v. 25 E Barnabé partiu para Tarso, para buscar Saulo;

 Saulo (em breve seria Paulo, At 13:9) havia desaparecido de cena enquanto a evangelização de Antioquia avançava. Mais uma vez, Barnabé exerceu um papel central no envolvimento de Paulo no ministério (ver nota em At 9:27).

(Atos 11:26) Cristãos, pela primeira vez

v. 26 e tendo-o encontrado, levou-o à Antioquia. E aconteceu que por um ano inteiro eles se reuniram com a igreja e ensinaram muitas pessoas. E os discípulos foram chamados cristãos pela primeira vez em Antioquia. 

O termo cristãos veio, provavelmente, de romanos que rotularam os seguidores de Jesus em Antioquia de “pequenos Cristos”.

Embora seja provável que pretendia ser uma ofensa, o rótulo é realmente uma honra, pois indica que os discípulos estão se assemelhando a Cristo em seu viver.

(Atos 11:27-28) A profecia de Ágabo

v. 27 E naqueles dias vieram profetas de Jerusalém para Antioquia. 

v. 28 E, levantando-se um deles, por nome Ágabo, tornou conhecido pelo Espírito, que haveria uma grande fome em todo o mundo, e isso aconteceu nos dias de Cláudio César.

Ágabo era um profeta de Jerusalém que reaparece em At 21:10. O reinado de Cláudio (41-54 d.C.) foi marcado por numerosas fomes em diversas partes do império romano.

A fome aqui mencionada pode ter ocorrido por volta de 46-47, com seus efeitos durando vários anos após.

(Atos 11:29) Uns ajudam ou outros

v. 29 Então os discípulos, cada homem conforme a sua capacidade, determinaram enviar ajuda para os irmãos que habitavam na Judeia;

A igreja em Antioquia resolveu prover assistência para os cristãos na Judeia. Ao fazerem isso, eles retribuíram às igrejas e cristãos que, numa primeira fase, tinham levado o evangelho a Antioquia e ao exterior.

(Atos 11:30) Os primeiros líderes e diáconos

v. 30 o que eles também fizeram, enviando-a aos anciãos pelas mãos de Barnabé e de Saulo. 

Alguns alegam que a igreja primitiva tinha pouca organização e dependia do Espírito, não tendo ofícios como anciãos e diáconos nessa fase inicial.

Todavia, há evidência abundante da existência de ofícios formais mesmo nas primeiras etapas da igreja (At 14:23).

Não há nada contraditório entre a igreja primitiva ser cheia do Espírito e ter líderes designados para diversas responsabilidades. O ministério de Paulo foi caracterizado por esse equilíbrio.

Conclusão

Concluindo, vemos que a obra de Jesus está presente e atuante naquela sociedade, e ela se expande rápido, chegando a diversos lugares do planeta conhecido.

Gregos, cireneus, cidadãos de Chipre, Deus está expandindo a boa nova de salvação! Lembrando que eles não tinham telefone, internet, e-mail, aplicativos de bate-papo, redes sociais, homens e mulheres dispostos a serem perseguidos por sua fé, sua devoção, seu chamado, e muitos eram perseguidos até a morte, e hoje, em nosso conforto e facilidade, o que temos feito para espalhar a boa notícia da salvação?

Como anda o nosso IDE? O que temos feito com a grande comissão recebida através do Senhor Jesus? Ou só estamos querendo a herança de coerdeiros?

A igreja primitiva deve ser um exemplo para nós, igreja contemporânea, Atos 29 precisa viver em nós e através de nós!

Atos 11 estudo.

Sobre o Autor

Olá, me chamo Lázaro Correia, sou Cristão, formado em Teologia e apaixonado pela Bíblia. Aqui no Blog você vai encontrar diversos estudos Bíblicos e muito conteúdo sobre vida Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *