Jeremias 2 Estudo: A confusão trazida pelo pecado

Em Jeremias 2 estudo é retratado toda a confusão trazida à mente do povo de Israel devido ao pecado, por meio da indignação e repreensão imposta pelo próprio Deus.

Os israelitas foram livres do cativeiro no Egito e se tornaram uma grande nação comandada pelo Senhor Deus, mas sempre optaram em trocá-lo pelos seus próprios desejos quando adoravam outros deuses.

Advertisement

Então, o Senhor usa diversas situações neste capítulo para expressar o quanto ama o seu povo, ao mesmo tempo que dá ênfase a falta de sentido da sua conduta.

Isso se estende aos dias de hoje, visto que, muitos ignoram completamente aquilo que foi e é feito por nós, ao passo que caminham de uma forma incoerente ao propósito e vontade de Deus para suas respectivas vidas.

Portanto, nos acompanhe até o fim de mais um estudo das sagradas escrituras e tenha uma ótima leitura.

Advertisement

O contexto de Jeremias 2 estudo

O contexto de Jeremias 2 trata-se da primeira de uma série de profecias feitas na primeira metade do livro, com o objetivo de alertar os israelitas sobre sua má conduta.

No primeiro estudo, vemos o profeta Jeremias sendo convocado justamente para essa missão, de ser um profeta às nações e cumprir o papel de ser uma placa de sinalização ao povo de Israel.

Agora, o Senhor diz ao seu escolhido qual será o discurso inicial e também principal da sua narrativa, cuja essência é a indignação Dele e a promessa de tempos difíceis para aqueles que o rejeitam.


⚠️ Grupo VIP de estudos no WhatsApp:


(Jeremias 2:1-2) Benevolência amorosa

v¹ Além disso a palavra do Senhor veio a mim, dizendo:

Advertisement

v² Vai e clama aos ouvidos de Jerusalém dizendo: Assim diz o Senhor. Eu lembro-me de ti, a bondade de tua juventude, o amor de tuas bodas, quando tu viestes após mim no deserto, em uma terra que não era semeada.

A bondade de tua juventude usa a bela palavra hebraica chesed traduzida aqui como “bondade” (misericórdia no Sl 136).

Ela ocorre 248 vezes no Antigo Testamento e fala de “benevolência amorosa” ou “leal dedicação” que Israel (descrito como uma noiva) mostrou inicialmente ao seu noivo, o Senhor.

(Jeremias 2:3-4) Israel era santidade para o Senhor

v³ Israel era santidade para o Senhor, e as primícias de sua expensão. Todos que o devoram serão tidos por culpados, o mal lhes sobrevirá, diz o Senhor.

v Ouvi vós a palavra do Senhor, ó casa de Jacó, e todas as famílias da casa de Israel.

Advertisement

O fato de Israel vir a ser as primícias de sua expansão, antes que os únicos frutos, antecipa a vinda de outros povos e nações ao Senhor.

Israel era santidade para o Senhor do mesmo modo que determinadas ofertas eram chamadas “santas” ou “santificadas”.


⚠️ Aprenda mais da Palavra de Deus:


Eles foram separados do uso comum ou ordinário para serem reservados ao Senhor (Nm 18:8-19). Israel também foi chamado de “primogênito” de Deus (Êx 4:22) e (Jr 31:9),significando primeiro em preeminência e posição.

(Jeremias 2:5) A pergunta retórica

v Assim diz o Senhor: Que iniquidade acharam os vossos pais em mim, para que eles se afastem de mim e andem após vaidade, tornando-se vãos?

A pergunta retórica que iniquidade acharam os vossos pais em mim usa a linguagem do processo de divórcio (Dt 24:1), como se Deus se revelasse um parceiro marital indigno.

Ele permaneceu fiel, porém Israel se afastou do pacto para ir após vaidade. O vocábulo para “vaidade”, é o mesmo usado em Eclesiastes para “inutilidade”.

Esses ídolos eram mera ficção, produtos da imaginação criativa dos homens.

Advertisement

(Jeremias 2:6) Israel se esquece da história da redenção

v⁶ Nem disseram eles: Onde está YAHUAH que nos tirou da terra do Egito, que nos conduziu através do deserto, através de uma terra de desertos e de covas, através de uma terra de seca, e da sombra da morte, através de uma terra que nenhum homem atravessa e onde nenhum homem habita?

Ao se esquecer da história da redenção, Israel logo deixou escapar da memória o próprio Criador (Nem disseram eles: Onde está o Criador…?)

(Jeremias 2:7) A terra da abundância

v⁷ E eu vos trouxe para terra abundante, para comerdes o seu fruto, e os seus bens. Porém quando vós entrastes, vós profanastes a minha terra e fizestes minha herança uma abominação.

As palavras terra abundante são literalmente “terra do Carmelo”. O monte Carmelo era famoso por sua vegetação e safras exuberantes (Am 1:2), (Mq 7:17).

(Jeremias 2:8) Os sacerdotes

v⁸ Os sacerdotes não disseram: Onde está YAHUAH? E aqueles que lidam com a lei não me conhecem. Os pastores também transgrediram contra mim, e os profetas profetizaram por Baal, e andaram após coisas que não beneficiam.


⚠️ Manual Bíblico Recomendado!


Quatro tipos de líderes são acusados por deixarem de cumprir suas responsabilidades e por permitirem que a apostasia e a infidelidade prevalecessem em Israel: os sacerdotes… aqueles que lidam com a lei… os pastores, como atesta a BTX, usado metaforicamente para líderes políticos no antigo testamento) e os falsos profetas que profetizavam por Baal.

Advertisement

(Jeremias 2:9) O Juízo vindouro

v⁹ Portanto ainda pleitearei convosco, diz YAHUAH, e com os filhos de vossos filhos pleitearei.

Portanto introduz uma proclamação profética a respeito do juízo vindouro. O Criador levará a nação pecadora ao tribunal e o próprio YAHUAH atuará como queixoso e juiz.

(Jeremias 2:10-12) Israel se comportou de maneira absurda

v¹⁰ Pois atravessai as ilhas de Quitim e vede. E enviai até Quedar, e ponderai diligentemente, e vede se exista tal coisa.

v¹¹ Alguma nação trocou os seus deuses, por outros que não são deuses? Porém o meu povo trocou a sua glória por uma que não beneficia.

v¹² Estai atônitos, ó céus, por causa disto, e ficai terrivelmente temerosos, ficai muito desolados, diz YAHUAH.

Advertisement

Eis a acusação do Criador no tribunal: Israel se comportou de maneira absurda. Trocou a sua glória por uma que não beneficia.

Entre todas as nações, só os israelitas conheciam o Deus vivo e verdadeiro, mas, no entanto, o deixaram para adotar objetos mudos de pedra e madeira.

Procurem de Chipre a Quedar no deserto a leste da Transjordânia, diz YAHUAH, e em parte alguma vocês encontrarão uma nação que faça uma troca tão insensata, pois nenhum outro povo teve o privilégio de conhecer YAHUAH.

Que privilégio Israel havia perdido!


⚠️ Aprenda a Pregar a Palavra de Deus:


(Jeremias 2:13) YAHUAH é a fonte da vida eterna

v¹³ Porque o meu povo fez duas maldades: Abandonaram-me, a fonte de águas vivas, e cavaram cisternas para si, cisternas quebradas que não podem armazenar água.

Como a fonte de águas vivas, ou uma fonte corrente, YAHUAH é a fonte de vida eterna (Jr 17:13), (Is 55:1), (Zc 13:1), (Jo 4:10-14), (Jo 7:37-39).

Advertisement

Em uma provocação a YAHUAH como a fonte de água viva, Judá havia cavado as suas próprias cinternas (metaforicamente falando) na terra e rebocado as paredes para que elas retivessem a água insípida da chuva, apenas para obter a ruptura do reboco, o fracasso das cisternas e o vazamento da água. Tal é a futilidade da religião falsa.

Do v14 ao 19 YAHUAH faz seis perguntas retóricas. Em contraste com a segurança que desfrutou metaforicamente em sua lua de mel com YAHUAH, agora Israel é atacado à vontade pelas nações. A nação não nasceu escrava, então por que se tornou presa de todos? YAHUAH diz que o castigo era resultado da perversidade (v 19).

(Jeremias 2:14-15) Os leõezinhos

v¹⁴ É Israel um servo? É ele um escravo nascido em casa? Por que ele é mimado?

v¹⁵ Os leõezinhos rugiram sobre ele, e gritaram. E eles tornaram a terra devastada. As suas cidades estão queimadas, e sem habitante,

Os leõezinhos designam figuradamente os inimigos de Israel, especialmente os assírios (ver nota em Sl 7:1-2).

(Jeremias 2:16-17) Nofa e Tafnes

v¹⁶ Também os filhos de Nofa e Tafnes te quebraram a coroa da tua cabeça.

v¹⁷ Tu não adquiristes isto para ti, uma vez que abandonaste YAHUAH teu Deus, quando ele te conduzia pelo caminho?

Nofa era a capital do Baixo Egito, a aproximadamente 21 quilômetros ao sul do Cairo. Tafnes era uma fortaleza próxima à fronteira nordeste do Egito.

Os egípcios se tornariam aliados dos assírios na destruição do reino de Judá.

(Jeremias 2:18) Sior e o rio Nilo

v¹⁸ E agora o que tu tens para fazer no caminho do Egito, para beberes as águas de Sior? Ou o que tens tu para fazer no caminho da Assíria, para beberes as águas do rio?

A palavra hebraica traduzida como Sior, sichor, significa “negridão”. Essa forma de referência ao rio Nilo denigre o seu status como uma divindade entre os egípcios.

Portanto, era inútil para Judá Confiar na Assíria ou no Egito para se livrar da ameaça vindoura.

(Jeremias 2:19) Rebeldia de Judá

v¹⁹ Tua própria perversidade deverá te corrigir, e tuas rebeldias irão reprovar-te. Sabe, pois, e vê que isto é uma coisa má e amarga, que tenhas abandonado YAHUAH teu Deus e que meu temor não está em ti, diz o Todo Poderoso.

Jeremias pediu a Judá repetidas vezes que se voltasse para YAHUAH. Em vez disso, a contínua rebeldia de Judá lhe obteve a repreensão da parte do Criador.

A rebelião é caracterizada como apostasia ou revolta (Jr 3:6-8), (Jr 5:6), (Jr 8:5), (Jr 14:7), (Jr 31:22).

(Jeremias 2:20-21) A videira

v²⁰ Pois há muito tempo eu quebrei o teu jugo e rompia as tuas ataduras, e tu dizes: Eu não transgredirei; quando sobre toda alta colina e sob toda árvore verde tu perambulas, agindo como prostituta.

v²¹ Contudo eu te plantei como uma vinha nobre, uma semente inteiramente correta. Como então te tornaste uma planta degenerada, de uma vinha estranha para mim?

A videira Sorek (uma vinha nobre) crescia no Wadi al-Sarar e produzia um vinho tinto muito estimado, Israel foi certa vez essa videira, mas se tornou uma vide degenerada e produziu uvas inferiores.

(Jeremias 2:22) Salitre

v²² Porque ainda que te laves com salitre, e tomes para ti muito sabão, contudo tua iniquidade está evidente perante a mim, diz YAHUAH.

Salitre, um mineral alcalino que se encontra depositado nas margens de alguns lados no Egito. O sabão era um vegetal alcalino, feito mediante o despejamento de água através das cinzas da madeira.

(Jeremias 2:23) Uma dromedária ligeira

v²³ Como podes tu dizer: Eu não estou contaminada, eu não fui após Baalim? Vê teu caminho no vale, conhece o que fizeste. Tu és uma dromedária ligeira, atravessando os seus caminhos.

Uma dromedária ligeira podia causar muito estrago se fosse solta em um local cheio de gente, pois ela seria estouvada em seu curso e oscilante em seu modo de andar.

(Jeremias 2:24) Jumenta selvagem

v²⁴ Uma jumenta selvagem acostumada ao deserto, que sorve o vento no seu desejo. Em sua ocasião, quem poderá desviá-la? Todos aqueles que a buscam não se cansarão. No seu mês eles a encontrarão.

No tempo do seu cio, essa jumenta selvagem ficava louca por um parceiro. Ela não podia ser desviada do seu objetivo sexual. Essa imagem descreve Judá ansiando estupidamente por deuses estranhos.

(Jeremias 2:26-28) YAHUAH fala sobre a adoração a deuses pagãos

v²⁶ Como o ladrão é envergonhado quando o encontram, assim envergonha-se a casa de Israel. Eles, seus reis, seus príncipes e seus sacerdotes e seus profetas.

v²⁷ que dizem a um tronco: Tu és meu pai. E para uma pedra: Tu me deste à luz. Porquanto eles viraram para mim as suas costas e não a sua face. Porém no tempo das suas aflições dirão: Levanta-te, e salva-nos.

v²⁸ Todavia onde estão teus deuses, que fizeste para ti? Deixe que eles se levantem, se podem salvar-te no tempo da sua aflição. Pois conforme o número de tuas cidades são os teus deuses, ó Judá.

Com ironia, o Criador zomba da adesão do povo à adoração cananeia invertendo os gêneros dos deuses pagãos.

Ele descreve Judá dizendo à madeira (que representava a deusa Aserá em forma de um poste): Tu és meu pai, e à pedra (provavelmente colunas de pedra representando o deus masculino cananeu): Tu me deste à luz.

(Jeremias 2:31) O povo declara que não irá aproximar do Pai

v³¹ Ó geração, vede vós a palavra de YAHUAH. Tenho eu sido um deserto para Israel? Uma terra de escuridão? Por que diz o meu povo: Nós somos senhores. Nós não iremos nos aproximar de ti?

O Criador guiou Israel pelo deserto em seguida ao êxodo do Egito, mas agora o povo declarava: Nós não iremos nos aproximar de ti, (“Somos livres, nunca mais voltaremos a ti?”) indicando a rejeição da orientação divina.

(Jeremias 2:32) Judá é infiel

v³² Pode uma donzela esquecer os seus ornamentos, ou uma noiva a vestimenta? Contudo meu povo me esqueceu por inumeráveis dias.

Nenhuma noiva se esqueceria da sua vestimenta (vestido nupcial) ou dos ornamentos do seu casamento, mas a infiel Judá tinha esquecido os votos de casamento que fizera a YAHUAH (v 2).

(Jeremias 2:36) Judá também serás envergonhada

v³⁶ Por que te desvias tanto para mudar o teu caminho? Tu também serás envergonhada por causa do Egito, como tu foste envergonhada por causa da Assíria.

Judá também serás envergonhada com o Egito tal como ficou com a Assíria. O faraó Psamético ll (663-610 a.C.) havia alcançado a independência egípcia da Assíria enquanto o rei /assurbanipal da Assíria rechaçava os revolucionários.

Judá pensou que era a ocasião própria para formar uma aliança com o Egito contra a Assíria, mas isso estava destinado ao fracasso.

Em vez de buscar alianças humanas para obter segurança, Judá devia buscar um relacionamento correto com YAHUAH, seu livrador.

Conclusão

Por fim, o principal ponto de reflexão deste capítulo de Jeremias 2 estudo, é você observar como está o seu relacionamento com Deus.

Talvez você viveu coisas boas em sua vida até então, Deus o abençoou várias vezes e você tinha uma comunhão verdadeira e sólida com Ele.

Só que de repente uma provação, decepção ou fracasso te fez esfriar e afastar-se Dele, o que assim como nesta situação do povo de Israel não tem muito sentido, mas percebe-se que é o fruto da natureza pecaminosa intrínseca no ser humano.

O profeta Isaías diz em seu livro sobre como o pecado tem o poder de criar uma divisão entre nós e Deus.

No entanto, por meio de um arrependimento genuíno você é capaz de voltar ao mesmo caminho de santidade de outros tempos e ser novamente alguém próximo de Deus.

Naquela época, Jeremias era o responsável em convidar as pessoas a uma mudança de trajetória, porém, hoje é o próprio Filho de Deus, Jesus, que te chama para esse fim.

Jeremias 2 estudo
Advertisement

Sobre o Autor

Olá, me chamo Lázaro Correia, sou Cristão, formado em Teologia e apaixonado pela Bíblia. Aqui no Blog você vai encontrar diversos estudos Bíblicos e muito conteúdo sobre vida Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência na navegação. Mais informações.