Salmo 29 Estudo: A Voz de Deus

Advertisement

Em Salmo 29, veremos que o Pastor de ovelhas, rei, guerreiro e adorador. Essa última característica de Davi é a mais presente em seus salmos, ele exalta e glorifica a Deus em várias de suas composições.

A adoração de Davi tem inúmeras formas. Primeiramente é possível perceber a gratidão, esse personagem bíblico sempre agradece a Deus pelas suas vitórias, por Deus ter concedido misericórdia mesmo sendo ele não merecedor, como também, demonstra um coração grato quando Deus atende as suas súplicas.

Advertisement

Outra forma de expressar louvor a Deus, além da gratidão, foi a exaltação das características divinas. Ele exaltou em seus salmos, como Deus é forte, misericordioso, onipotente e onipresente. É notável no salmo 29 a força de Deus através de sua voz, os versículos foram construídos de forma que o poder fosse revelado. Acompanhe a seguir o estudo completo do Salmo 29.

A importância de ouvir a voz de Deus

Esse é o maior segredo da vida do Cristão, ouvir a voz de Deus e ser guiado por ela. Uma pergunta que deve ser feita é esta: Será se aquele que criou a vida e tudo que nela há deve saber o que é melhor para mim? É evidente que sim.



Mas em função da nossa falta de , ou até mesmo pelo nosso coração desobediente, deixamos em alguns momentos da caminhada de sermos guiados por essa voz.

Advertisement

Até mesmo Davi que exalta a direção divina, já deixou de ser direcionado por ela, mas o resultado, é claro, não foi bom. Esses momentos levaram Davi a pecar, e as consequência do seu pecado, não afetaram apenas ele, mas também, o povo de Israel e a sua própria família.

A voz do Redentor não é importante somente para nos livrar do pecado, como também para orientar nossos planos, projetos, livrar-nos do homem mal, das armadilhas do inimigo e nos oferecer plenitude de vida.

(Salmo 29:1) Influenciar o louvor a Deus

¹ Dai ao SENHOR, ó filhos dos poderosos, dai ao SENHOR glória e força.

Todos devem adoração: É essa a ordem que Davi proclama, até mesmo os mais poderosos devem louvor a Deus, em função da sua supremacia. Nesse contexto, até o homem mais forte e nobre, comparado a Deus ainda é débil. Um trecho que pode causar confusão na mente das pessoas é: “ dai ao SENHOR glória e força´´.

Isso porque, alguns entendem que Deus precisa de nossa força, no entanto, Davi ao falar isso, quer na verdade conduzir todos a um nível de adoração intensa e profunda.

(Salmo 29:2) Adoração intencional

² Dai ao Senhor a glória devida ao seu nome, adorai o Senhor na beleza da santidade.

Louvor verdadeiro: Mais uma vez Davi ordena adoração a Deus. Mas essa não pode ser feita de qualquer modo, e por isso ele fala “ a glória devida ´´.


Quer Pregar Com Conhecimento Bíblico Profundo, Dominando a Oratória, com boa Dicção, Citando Versículos de Memória, sem Timidez e com total Eloquência?
(Clique Aqui e Sabia Mais)


Outro ponto, no qual se deve ter bastante atenção é que a adoração deve ser feita em Espirito e em Verdade, por isso esse personagem declara “ na beleza da santidade ´´. E essa é a postura que todos os Cristão tementes a Deus devem ter.

Nesse capitulo, mais precisamente nos dois primeiros versículos, o louvor é incitado de forma coletiva, diferentemente do estudo salmo 28, no qual esse é dado de forma individual e sem convocações.

Isso deixa claro, que em alguns momentos, devemos incentivar outras pessoas no ato da adoração, como também, devemos fazer de forma individual.

(Salmo 29:3) Presente sobre as águas

³ A voz do Senhor ouve-se sobre as suas águas; o Deus da glória troveja; o Senhor está sobre as muitas águas.

Sobre as suas águas: Davi associava tudo ao Criador, tudo que existe é a personificação do próprio Deus, logo, o som dos mares, dos rios e até mesmo o silêncio dos lagos pode fazer paralelo a Deus.

E para confirmar essa afirmação, temos no final do versículo Davi dizendo “O senhor está sobre as muitas águas´´.

(Salmo 29:4) O poder da voz do redentor

⁴ A voz do Senhor é poderosa; a voz do Senhor é cheia de majestade.


⚠️ Receba Estudos Exclusivos no Whatsapp:


O poder da voz de Deus: Mais uma vez Davi exalta o poder de Deus, e nesse momento a sua voz. E ao declarar que essa é cheia de majestade, ele destaca que nessa voz existe força, honra, poder e acima de tudo, verdade.

(Salmo 29:5) A voz capaz de superar a maior resistência

⁵ A voz do Senhor quebra os cedros; sim, o Senhor quebra os cedros do Líbano.

Quebra os cedros: Os cedros do Líbano eram usados no Oriente Médio na construção de navios, templos e palácios em virtude da sua resistência e força.

Logo, esse versículo mostra que a voz de Deus é tão poderosa que é capaz de quebrar até mesmo a resistência dos cedros.

Davi confia no Senhor e na sua voz para vencer todos os obstáculos, mas em muitos momentos, ele clama com a sua voz a Deus para que esse possa intervir na sua vida, e isso pode ser notado no estudo do salmo 30.

(Salmo 29:6) Ele tem poder para mover o impossível

⁶ Ele os faz saltar como um bezerro; ao Líbano e Siriom, como filhotes de bois selvagens.

O impossível é simples: Mover objetos simples, mas pesados, já é uma tarefa complicada para o ser humano.

Entretanto, Davi mostra que a força de Deus é tão grande, que pode mover enormes extensões territoriais como algo que seja fácil de realizar.

(Salmo 29:7) Não há voz mais poderosa

⁷ A voz do Senhor separa as labaredas do fogo.

Diante de tanta grandeza: A única opção que temos, é de nos rendermos totalmente a esse poder, que é grandioso, assim como Davi fez durante a sua vida, ele se entregou a Deus, se tornando assim um homem segundo o seu coração.

(Salmo 29:8) Mais uma vez o impossível é real

⁸ A voz do Senhor faz tremer o deserto; o Senhor faz tremer o deserto de Cades.

Grandioso poder: Mais uma vez, assim como nos versículos anteriores a voz de Deus é exaltada, e assim é visto como o impossível para nós é possível para Deus.

(Salmo 29:9) A voz que flui vida

⁹ A voz do Senhor faz parir as cervas, e descobre as brenhas; e no seu templo cada um fala da sua glória. Voz frutífera: A voz de Deus é grandiosa que produz vida, e o resultado é que as pessoas se reúnem para dar glória a Deus em templos.

¹⁰ O Senhor se assentou sobre o dilúvio; o Senhor se assenta como Rei, perpetuamente.

Ele nos protege: O Deus todo poderoso, que faz grandes feitos é quem nos ama, guarda e oferece a nós a sua própria força e por isso não devemos temer as adversidades.

(Salmo 29:11) A finalidade do poder de Deus

¹¹ O Senhor dará força ao seu povo; o Senhor abençoará o seu povo com paz.

Promessa para todos que creem: Todo o salmo 29 mostra a grandiosidade do Criador, e o último versículo nos mostra que tudo isso está a nossa disposição, e por isso temos força, benção e paz.

5 importantes lições que podemos aprender com o Salmo 29

  1. Adoração ao Senhor: O Salmo 29 inicia com uma chamada à adoração, reconhecendo a majestade e a glória do Senhor. A primeira lição que podemos aprender é a importância de adorar a Deus em todo o seu esplendor, reconhecendo sua soberania sobre toda a criação.
  2. Poder da Voz de Deus: O salmista descreve a voz do Senhor como poderosa e majestosa, capaz de exercer influência sobre a natureza e os elementos. Isso nos ensina sobre o poder da palavra de Deus e sua capacidade de transformar situações e vidas.
  3. Deus como Protetor e Refúgio: O Salmo 29 destaca que o Senhor é um refúgio para seu povo em tempos de tempestade e adversidade. Isso nos lembra que podemos encontrar segurança e proteção em Deus, mesmo nos momentos mais difíceis.
  4. Reconhecimento da Glória de Deus: Ao descrever a tempestade e o trovão como manifestações da glória de Deus, o salmista nos lembra da importância de reconhecer e glorificar a Deus em todas as circunstâncias, não apenas nos momentos de alegria, mas também nos de dificuldade.
  5. Atributos de Deus: O Salmo 29 destaca diversos atributos de Deus, como sua majestade, poder, glória e soberania. Essa passagem nos convida a meditar sobre quem Deus é e a nos maravilharmos diante de sua grandeza e perfeição.

Conclusão

No Salmo 29, somos levados a uma jornada de adoração, reconhecendo a majestade e o poder do Senhor sobre toda a criação. Através das descrições vívidas da voz de Deus, da tempestade e do trovão, somos lembrados da grandiosidade e da glória do nosso Criador.

Esta passagem nos convida a rendermos louvor e adoração ao Senhor, encontrando nele nosso refúgio e proteção em meio às tempestades da vida.

Que possamos sempre reconhecer a soberania de Deus e nos maravilhar diante de sua grandeza, confiando em seu cuidado e amor por nós. Que o nosso coração transborde de gratidão e louvor ao Deus Todo-Poderoso, agora e para sempre. Amém.

Salmo 29 estudo.

Sobre o Autor

Olá, me chamo Lázaro Correia, sou Cristão, formado em Teologia e apaixonado pela Bíblia. Aqui no Blog você vai encontrar diversos estudos Bíblicos e muito conteúdo sobre vida Cristã.

    1 Comentário

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *