Jó 42 Estudo: Uma resolução improvável

Neste capítulo de Jó 42 estudo é retratado uma resolução improvável para o estado de Jó – na percepção dele mesmo e de seus amigos.

Deus mudou o cenário de dor e sofrimento vivido pelo seu servo e o levou para uma vida mais abundante do que aquela que ele tinha anteriormente, antes da terrível provação.

Advertisement

Da mesma forma, não importa o quão perdido você esteja, o tamanho da dificuldade e a improbabilidade de uma resolução para ela, o Criador pode mudar sua condição e ainda fazê-lo experimentar um tempo inimaginável. Acompanhe!

Jó 42 estudo: Contexto histórico

O contexto de Jó 42 se dá no fim de um longo período de provações que o servo de Deus passou.

Advertisement

Durante todo o livro, Jó sofreu de diversas formas e sem nenhum sentido aparente, perdendo seus bens, família e sua saúde.

Ao passo que seus amigos o acusaram, com argumentos baseados em suposições – tanto sobre Deus quanto sobre Jó.


Você ler a Bíblia todos os dias mas Não consegue Entender a Mensagem de Deus? Clique Aqui e venha Estudar Teologia Conosco de Maneira Fácil e Descomplicada! 📖


Assim, desde o capítulo 38, Deus começou refutar todas as palavras proferidas entre eles, enfatizando como absolutamente tudo está sob o seu controle e domínio.

Então, Jó respondeu humildemente a repreensão divina, perdoou seus amigos e viu sua condição ser completamente mudada novamente.

(Jó 42:1-2) Justa Soberania de Deus

v. 1 Então Jó respondeu ao Criador, e disse:

Advertisement

v. 2 Eu sei que tu podes fazer qualquer coisa, e que nenhum pensamento pode lhe ser impedido.

Jó confessou a justa soberania de Deus sobre todas as coisas, inclusive sobre sua situação. Antes ele tinha questionado as ações de Deus (Jó 16:12-14).

Os discursos de Deus sobre Sua ordem no mundo levaram Jó a se render.


Quer Pregar Com Conhecimento Bíblico Profundo, Dominando a Oratória, com boa Dicção, Citando Versículos de Memória, sem Timidez e com total Eloquência?
(Clique Aqui e Sabia Mais)


(Jó 42:3) Jó se meteu em questões

v. 3 Quem é este, que esconde o conselho sem conhecimento? Por isso proferi o que não entendia; coisas maravilhosas demais para mim, as quais eu não sabia.

Jó havia questionado a equidade e justiça do proceder de Deus (Jó 7:20), (Jó 21:7-34). O sábio manejo do mundo físico e natural de Deus o convenceu de que, embora não tivesse cometido pecados públicos, Jó tinha se intrometido em questões que estavam além de sua compreensão e experiência.

(Jó 42:4-5) Jó experimenta a presença de Deus

v. 4 Ouve, eu te suplico, e eu falarei; exigirei de ti, e tu, declara-te a mim.

Advertisement

v. 5 Eu tinha ouvido de ti com os ouvidos; mas agora meus olhos te veem.

Agora Jó entendia um pouco da justiça de Deus e de Sua conduta sábia, através da mais forte das criaturas.

Embora antes Jó tivesse se considerado justo, ele confessou ter sido influenciado pelo entendimento tradicional, porém falível (Jó 15:17-19), (Jó 16:2).


⚠️ E-book Grátis para Pregadores ⚠️:


Ao falar que agora via Deus, Jó quis dizer que ele experimentou a presença de Deus e entendeu melhor o Criador.

(Jó 42:6) Jó se humilha

v. 6 Portanto, abomino-me e arrependo-me em pó e cinzas.

Advertisement

Jó se humilhou ao ver que o Criador do universo tinha falado com ele. Isso foi além de seu desejo mais profundo de uma comunhão restaurada (Jó 9:32-35), (Jó 19:26-27), (Jó 23:3-5), (Jó 29:2-6). Com genuína contrição, Jó se entregou em total dependência de Deus.

(Jó 42:7) Deus repreende Elifaz e seus amigos

v. 7 E assim foi que, depois do Criador ter falado estas palavras a Jó, o Criador disse a Elifaz, o temanita: A minha ira se acendeu contra ti, e contra os teus dois amigos, porque não falastes de mim aquilo que é certo, como o meu servo Jó.

Deus repreendeu Elifaz e seus amigos pela maneira como trataram Jó. Embora defendessem Deus, eles atribuíram falsos motivos para o estado de Jó.

Também não cogitaram a possibilidade do sofrimento dele não estar diretamente ligado a um pecado. Por fim, eles também descreveram Deus de uma maneira enganosa, como se fosse um justiceiro insensível.

Advertisement

(Jó 42:8-9) Jó ora pelos amigos que o trataram mal

v. 8 Portanto, tomai para vós agora sete novilhos e sete carneiros, e ide até meu servo Jó, e oferecei por vós mesmos uma oferta queimada; e o meu servo Jó orará por vós; por ele eu o aceitarei, para que eu não lide com vós conforme a vossa loucura; porque vós não falastes de mim aquilo o que é certo, como o meu servo Jó.

v. 9 Então Elifaz, o temanita, e Bildade, o suíta, e Zofar, o naamatita, foram e fizeram de acordo com o que o Criador lhes ordenou; o Criador também aceitou Jó.

Os três amigos não estavam mais com Jó. Eles deveriam voltar a Jó e oferecer grandes sacrifícios por sua transgressão para que ele pudesse interceder por eles em oração.


Domine a Arte de Elaborar e Pregar Sermões Expositivos, Temáticos e Textuais, para Ensinar com Profundidade, Clareza e Fidelidade as Escrituras!
(Clique Aqui e Confira)


Aparentemente a saúde de Jó já tinha sido restaurada. Em vez de guardar rancor contra seus amigos, Jó usou de graça e orou por eles.

(Jó 42:10) Deus muda o cativeiro de Jó enquanto ele ora

v. 10 E o Criador mudou o cativeiro de Jó quando ele orava por seus amigos; também o Criador deu a Jó duas vezes mais do que ele tinha antes.

A restauração de Jó foi completa. Agora que ele estava puro em sua atitude para com Deus e tinha demonstrado maturidade espiritual para com seus amigos, o Criador aceitou Jó em plena comunhão.

Advertisement

O fato de Deus ter dado a Jó o dobro de seus bens (v. 12) é reflexo de Sua plena aceitação de Jó como Seu (Dt 21:17), (2Rs 2:9).

Jó não apenas descobriu que Deus era suficiente para todas as suas necessidades, como também ficou provado que Satanás estava errado.

Jó permaneceu sem culpa durante toda a sua longa provação (Jó 27:4-6), (Jó 28:28). Apesar de ter questionado a maneira como Deus o tratava ( Jó 10:18-21), (Jó 27:2) e até de ter acusado o Criador de o estar atacando (Jó 13:20-27), (Jó 16:12-14), (Jó 23:2).


A Chave para Interpretar todos os Gêneros e Contextos da Bíblia de modo Simples, porém com muita Profundidade…
(Clique Aqui e Acesse)


Jó não amaldiçoou Deus como Satanás predisse ( Jó 1:11), (Jó 2:5) e como sua esposa o instigou a fazer (Jó 2:9). Pelo menos nisso Jó provou ser exemplar (Tg 5:11).

Ao recordar o sofrimento de Jó e o desfecho da história, os cristãos podem ser encorajados a se alegrar quando forem provados e testados (Tg 1:2-4), (1Pe 1:6-7).

Advertisement

Em vez de reclamar e duvidar de Deus, os cristãos devem humildemente confiar nele e em Sua suficiência, para que Satanás não leve vantagem sobre eles (1Pe 5:6-9).

(Jó 42:11) Família de Jó

v. 11 Então vieram a ele todos os seus irmãos, e todas as suas irmãs, e todos os que antes o conheceram, e comeram com ele pão em sua casa, e se lamentaram com ele, e o consolaram acerca de todo o mal que o Criador havia trazido sobre ele; cada homem também lhe deu uma peça de dinheiro, e cada um, um brinco de ouro.

A família e os amigos de Jó creram que o Criador controla todos os acontecimentos e os faz acontecer. Eles lhe oferecem o conforto que antes tinha negado (Jó 12:4), (Jó 16:20), (Jó 19:14).

A peça de dinheiro (heb. quesitah) era uma unidade monetária de prata usada nos tempos mais antigos que os relatos bíblicos abrangem (Gn 33:19), (Js 24:32).

Advertisement

(Jó 42:12-15) Preocupação de Jó

v. 12 Assim o Criador abençoou os últimos dias de Jó mais do que o seu começo; porque ele teve catorze mil ovelhas, seis mil camelos, mil juntas de bois e mil jumentas.

v. 13 Ele também teve sete filhos e três filhas.
v. 14 E chamou o nome da primeira de Jemima, e o nome da segunda, Quezia, e o nome da terceira, Quéren-Hapuque.

v. 15 E em toda a terra não se achavam mulheres tão formosas como as filhas de Jó; e seu pai lhes deu herança entre seus irmãos.

O fato do número de filhos de Jó não ter sido dobrado pode indicar que pelo menos as almas de seus falecidos filhos estavam vivas além da morte. De certa forma, então, o número de seus filhos agora era o dobro do que costumava ser.

Advertisement

A imparcialidade de Jó para com todos (Jó 29:12-17) é vista em sua preocupação de que suas filhas dividissem a herança com seus irmãos.

(Jó 42:16-17) Cento e quarenta anos de Jó

v. 16 Depois disto viveu Jó cento e quarenta anos; e viu seus filhos, e os filhos de seus filhos até quatro gerações.

v. 17 Então morreu Jó, sendo velho e farto de dias.

Os cento e quarenta anos de Jó podem indicar que ele tinha setenta anos quando foi provado e indicar o número de anos a mais que ele viveu.

Seu epitáfio é o mesmo concedido a outros homens de Deus (Gn 25:8), (1Cr 29:28), (2Cr 24:15). A Septuaginta acrescenta que Jó “ressurgirá com aqueles a quem o Criador ressuscitar”.

Advertisement

Conclusão

O Jó 42 estudo dá esperança para todos os que não fazem a menor ideia do porquê da situação está indo tão mal.

Apesar de Satanás ter solicitado e ganhado um passe livre para tocar na vida de Jó, o servo de Deus viveu todo aquele cenário porque temia que algo parecido acontecesse.

Certamente, no final de todo o período da provação, nenhuma dúvida morava mais no coração de Jó e agora Ele confiava plenamente no cuidado do Criador. Às vezes, o próprio Deus também permitirá algumas situações acontecerem para o nosso próprio bem.

Não será como foi com Jó, mas, algumas coisas boas serão retiradas da nossa vida para o nosso aperfeiçoamento,

Lembre-se: há caminhos que para o homem parecem corretos, só que o fim deles é a morte.

O Senhor sabe todo o roteiro da nossa história, do primeiro até o último dia, e Ele não vai nos ver em um caminho de destruição e ser passivo, não comunicando nada para nós de alguma forma.

Uma coisa é certa: se Deus não está mudando a situação, Ele está mudando você.

Jó 42 estudo.

Sobre o Autor

Olá, me chamo Lázaro Correia, sou Cristão, formado em Teologia e apaixonado pela Bíblia. Aqui no Blog você vai encontrar diversos estudos Bíblicos e muito conteúdo sobre vida Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *