Provérbios 21 Estudo: O Senhor Sonda os Nossos Corações

Neste capítulo de Provérbios 21 estudo, somos advertidos em relação à soberania de Deus e as inclinações de nossos corações.

Diante disso, muitos de nós imaginamos um bom plano de como ele irá prosperar e ter sucesso, mas Deus que lê o coração sabe o que é melhor para nossas vidas.

Advertisement

Além disso, mais importante que isso, o Senhor analisa nossos motivos, se estamos no caminho certo e se nossos caminhos terão boas consequências ou não. Acompanhe!

Provérbios 21 estudo: Contexto histórico

De acordo com o contexto, pode-se olhar para um rio e pensar que não tem ordem, mas a água obedece às ordens da mão de Deus. Diante disso, assim é um bom rei e seus passos são ordenados pelo Senhor.

Advertisement

Logo, o bom conhecimento de um homem sobre sua vida, suas ações ou seu caminho pode convencê-lo, mas o julgamento final de sua justiça cabe a Deus.

Portanto, ocasionalmente, os provérbios abordam a questão da idolatria, com isso, este versículo, como várias outras passagens bíblicas, afirma que uma vida justa é mais importante do que o sacrifício.


Você ler a Bíblia todos os dias mas Não consegue Entender a Mensagem de Deus? Clique Aqui e venha Estudar Teologia Conosco de Maneira Fácil e Descomplicada! 📖


(Provérbios 21:1) A soberania de Deus

v. 1 Como os rios de águas assim é o coração do rei na mão do ­SENHOR, ele o inclina para onde quiser.

Deus é soberano até mesmo sobre um rei- e não apenas reis de Israel (1Rs 11:23).

(Provérbios 21:2-3) O Senhor pondera o coração de todos nós

v. 2 Todo caminho do homem é certo aos seus próprios olhos, mas o ­SENHOR pondera os corações.

Advertisement

v. 3 Fazer justiça e juízo é mais aceitável ao ­SENHOR do que sacrifício.

Os sacrifícios representam as ações exteriores de observância religiosa, equivalem ao “ir á igreja”.

(Provérbios 21:4) O Senhor não se agrada dos corações orgulhosos

v. 4 O olhar altivo, um coração orgulhoso, e o lavrar dos perversos, é pecado.


Quer Pregar Com Conhecimento Bíblico Profundo, Dominando a Oratória, com boa Dicção, Citando Versículos de Memória, sem Timidez e com total Eloquência?
(Clique Aqui e Sabia Mais)


Assim como um campo não cultivado produz ervas daninhas, o olhar altivo (olhar orgulhosos) e nota em (Pv 6:17) e um coração orgulhoso (ausência de modéstia e de restrição) produzem pecado. Em contraste, o mandamento é a instrução guiam os justos (Pv 6:23).

(Provérbios 21:5) A diferença da pressa e do diligente

v. 5 Os pensamentos do diligente tendem somente para a fartura, mas os de todo aquele que é apressado somente para a necessidade.

O indivíduo apressado é literalmente “precipitado” (Pv 19:2), ver “apressa” em (Pv 28:20), ele carece de previdência e diligência.

Advertisement

(Provérbios 21:6-7) O Senhor não se agrada da vaidade e mentira

v. 6 A obtenção de tesouros por meio de uma língua mentirosa é uma vaidade passageira daqueles que buscam a morte.

v. 7 O roubo dos perversos os destruirá, porque se recusam a fazer justiça.

Sobre vaidade, (Pv 13:11). È literalmente “assoprado” como fumaça (Sl 68:2). Essa fortuna não pode salvar da morte eterna (Pv 10:2).


⚠️ E-Book Grátis para Pregadores ⚠️:


(Provérbios 21:8) A retidão dos caminhos dos homens puros

v. 8 O caminho do homem é perverso e estranho, mas quanto ao puro, sua obra é reta.

Ser perverso ou enganoso.

Advertisement

(Provérbios 21:9) O melhor é estar na simplicidade e em paz

v. 9 É melhor habitar no canto do eirado, do que com uma mulher briguenta em uma casa ampla.

Sobre provérbios melhor… do que (Pv 15:16-17), sobre briguenta, (Pv 19:13). As casas no antigo Israel tinham telhados planos e erra possível construir um abrigo neles (2Rs 4:10) ou dormir ali no verão (1Sm 9:25-26). Normalmente, no entanto, o interior da casa era “melhor”.

(Provérbios 21:10) A alma do perverso deseja o mal

v. 10 A alma do perverso deseja o mal; o seu próximo não encontra favor em seus olhos.

As palavras hebraicas para mal (ra´) e próximo (rea´) são parecidas e soam de maneira semelhante.

Advertisement

(Provérbios 21:11) Grandes são as recompensas dos sábios

v. 11 Quando o escarnecedor é punido, o simples faz-se sábio; e quando o sábio é instruído, recebe o conhecimento.

A única contribuição de um zombador é como um exemplo negativo (Pv 1:22). O sujeito recebe na segunda parte desse versículo pode se referir ao simples (Pv 1:4), que primeira faz-se sábio, e então recebe o conhecimento.

(Provérbios 21:12) As consequências para o homem perverso

v. 12 O homem justo considera sabiamente a casa dos perversos, mas Deus derruba os perversos por causa de sua perversidade.


Domine a Arte de Elaborar e Pregar Sermões Expositivos, Temáticos e Textuais, para Ensinar com Profundidade, Clareza e Fidelidade as Escrituras!
(Clique Aqui e Confira)


Sobre derruba, ver nota em (Pv 13:6).

(Provérbios 21:13) Deus não ouvirá a aqueles que negam ajuda aos pobres

v. 13 O que tampa os seus ouvidos ao clamor dos pobres, ele mesmo também clamará, mas não será ouvido.

Deus não responde a pedidos de ajuda se eles forem insinceros (Is 1:15).

Advertisement

(Provérbios 21:14) Os presentes devem ser dados em segredo

v. 14 Um presente que se dá em secreto pacifica a ira; e o presente posto no seio, põe fim à forte indignação.

Embora não se possa negar que um presente á efetivo (Pv 15:27). Deus odeia o suborno. Sobre se dá em secreto, (Pv 17:23).

(Provérbios 21:15) A justiça é alegria para os justos

v. 15 O fazer justiça é alegria para o justo, mas destruição haverá aos que obram iniquidade.


⚠️ Receba Estudos Exclusivos no Whatsapp:


Amós advertiu que a justiça no dia do Senhor seria apavorante para os ímpios em Israel (Am 5:18), e Paulo ensinou que os governantes só devem ser temidos pelos ímpios (Rm 13:3).

(Provérbios 21:16) A falta de entendimento leva a morte

v. 16 O homem que anda desviado do caminho do entendimento permanecerá na congregação dos mortos.

Advertisement

Sobre anda desviado, comparar (Pv 7:25-27), sobre mortos, ver nota em (Pv 2:18-19).

(Provérbios 21:17) Todos aqueles que amam os prazeres não enriquecerão

v. 17 Aquele que ama o prazer será um homem pobre; aquele que ama o vinho e o azeite não enriquecerá.

O vinho e o azeite eram bênçãos da parte de Deus (Dt 7:13), como também o prazer “feliz”, (Sl 21:6), mas quando as bênçãos de Deus são buscadas sem Deus, elas se tornam vícios.

(Provérbios 21:18) O perverso será resgatado por aqueles que são justos

v. 18 O perverso será um resgate para o justo, e o transgressor para o reto.

Advertisement

Não se deve concluir desse provérbio que os pecadores de algum modo pagam a dívida dos piedosos, na verdade, Cristo, que é sem pecado, pagou pelos pecados de todos (Sl 49:7-9).

Embora não explique os meios de salvação, isso expressa o resultado: o justo fica livre e o transgressor será punido.

(Provérbios 21:19) A sabedoria de evitar pessoas irritadas

v. 19 É melhor morar no deserto, do que com uma mulher contenciosa e irritada.

Sobre mulher contenciosa, (Pv 19:13). Uma pessoa irritada, atormenta os outros, causa tristeza e aborrecimento e expressa descontentamento (Pv 12:16).

Advertisement

(Provérbios 21:20) Há riquezas na casa dos sábios

v. 20 Há tesouro desejável e azeite na habitação do sábio, mas o homem tolo gasta tudo.

Gastar tudo” é literalmente “engolir” (Pv 1:12). O sábio acumula economias valiosas, mas o tolo consome sua renda assim que ela é gerada.

(Provérbios 21:21) A honra dos que andam em justiça

v. 21 Aquele que segue a justiça e a misericórdia achará a vida, a justiça e a honra.

Sobre misericórdia, ver nota em (Pv 19:22). Aquele que busca a piedade achará também a bênção de Deus (1Rs 3:10-14).

(Provérbios 21:22-23) A sabedoria dos que guardam sua língua

v. 22 Um homem sábio mede a cidade do poderoso e humilha a força da sua confiança.

Advertisement

v. 23 Quem guarda a sua boca e a sua língua, guarda sua alma de problemas.

A expressão cidade do poderoso nesse versículo usa as mesmas duas palavras que “lugar de refúgio” em (Pv 14:26).

No entanto, aqueles que confiam nesta fortaleza poderosa têm uma confiança infundada. O sábio pode superar os obstáculos mais formidáveis.

(Provérbios 21:24) A ira do arrogante

v. 24 Escarnecedor é o nome do orgulhoso e arrogante, aquele que procede com ira orgulhosa.

Sobre escarnecedor, ver nota em (Pv 1:22). Orgulho é a chave do caráter do zombador.

(Provérbios 21:25-26) A satisfação dos justos

v. 25 O desejo do preguiçoso o mata, porque as suas mãos se recusam a trabalhar.

v. 26 Ele ambiciona gananciosamente o dia inteiro, mas o justo dá, e nada poupa.

O preguiçoso (Pv 6:6) possui um desejo egoísta que não se realiza por ele ser muito indolente, ele experimentará a morte física e a espiritual.

O justo é generoso, no entanto, está satisfeito (Pv 19:24).

(Provérbios 21:27) O sacrifício do perverso

v. 27 O sacrifício do perverso é abominação; quanto mais oferecendo-o com uma mente perversa!

Deus detesta a hipocrisia (Pv 15:8), quanto mais (Pv 11:31) há um plano para prejudicar os outros (2Sm 15:7-13).

(Provérbios 21:28) O homem que ouve falará com constância

v. 28 A falsa testemunha perecerá, porém o homem que ouve, falará constantemente.

O indivíduo que ouve pode ser aquele que presta atenção ao relato de um crime e, assim, pode apresentar um testemunho exato de segunda mão, ou pode ser a pessoa acusada que ouve uma falsa testemunha contra ele e, então, oferece uma boa refutação.

(Provérbios 21:29) O direcionamento dos caminhos do justo

v. 29 O homem perverso endurece a sua face; mas quanto ao reto, ele direciona o seu caminho.

Mostrar na face a própria arrogância é agir descaradamente (Pv 7:13) ou orgulhosamente (Dn 11:12).

(Provérbios 21:30-31) Não há nada que possa ser levantado contra o Senhor

v. 30 Não  sabedoria, nem entendimento, nem conselho contra o ­SENHOR.

v. 31 O cavalo é preparado para o dia da batalha, mas a segurança é do ­SENHOR.

Deus é soberano (Pv 19:21). O cavalo é um exemplo de entendimento humano- tecnologia militar- que não pode ter êxito á parte da vontade de Deus (Sl 20:7).

Conclusão

Com isso, portanto, podemos observar que segundo os ensinamentos do Senhor os crentes nunca devem se comportar como homens ímpios, mesmo seus sacrifícios são rejeitados pelo Senhor.

Além disso, eles são uma abominação para Deus, isto é, uma abominação e somente por meio de Cristo podemos ser justificados e aceitos por Deus.

Logo, o sábio termina com a ideia que ele começou e percebe que a vitória virá do Senhor desde que estejamos preparados para as exigências da vida.

Provérbios 21 estudo.

Conteúdo do Artigo

Sobre o Autor

Olá, me chamo Lázaro Correia, sou Cristão, formado em Teologia e apaixonado pela Bíblia. Aqui no Blog você vai encontrar diversos estudos Bíblicos e muito conteúdo sobre vida Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *