Salmo 116 Estudo: Agradeça e ame o Criador acima de tudo

Em Salmo 116 estudo é relatado uma oração feita em agradecimento ao cuidado de Deus. O salmista apresenta várias razões pelas quais é grato e conta as maneiras que irá expressar esse sentimento.

Isso porque, os livramentos, a misericórdia, justiça e proteção do Criador estiveram presentes ao longo de sua jornada e agora ele se vê no dever de retribuir os inúmeros atos de bondade que recebeu, os quais o livraram da morte inclusive.

Advertisement

Do mesmo modo, é importante pensarmos constantemente nas vezes em que a bondade de Deus foi visível de alguma forma nos nossos dias.

É preciso puxar nossa mente para esse estado, porque somos tendenciosos a reclamar, dar mais valor ao que não temos e expressar um ar de insatisfação.

No entanto, é sendo grato que você encontra a motivação correta para o seu proceder, além de agradar o seu Pai Celestial quando age assim. Acompanhe!

Advertisement

Este salmo partilha várias palavras e ideias de (Jn 2:2-9), o que aponta para uma relação literária entre estes dois escritos inspirados.

Salmo 116 estudo: Contexto histórico

Pouco se sabe sobre o contexto do Salmo 116, por vezes associam sua escrita a Davi ou ao rei Ezequias, porém não há comprovações suficientes para definir um ou outro como autor deste Salmo.

Além disso, não há informações sobre o período em que o Salmo 116 foi produzido, o que faz dele uma oração anônima, por assim dizer.

Contudo, a mensagem expressada na oração em si, já é o bastante para a entendermos e aplicá-la de imediato em nossas vidas.

(Salmo 116:1) Ame Deus acima de tudo

v. 1 Eu amo o CRIADOR porque ele ouviu a minha voz e as minhas súplicas.

Advertisement

Neste versículo, “amo” (Heb ‘ahav) denota amor associado a um relacionamento de pacto. Este conceito é usado nos pactos do antigo Oriente Próximo entre vitoriosos e derrotados.

Compare (Sl 119:47-48), (Dt 6:5), (Sl 11:1), (Sl 13:3), todos limitando o uso de “amor” ao amor de um discípulo pela palavra e vontade de Deus.

(Salmo 116:2) Fidelidade do Pai

v. 2 Porque ele inclinou o seu ouvido a mim; portanto eu o chamarei enquanto eu viver.

Quando o Criador inclina seu ouvido, a oração é atendida. A fidelidade do Criador faz com que o salmista continue a invocá-lo.

(Salmo 116:3) Tristezas letais

v. 3 As tristezas da morte me cercaram, e as dores do inferno se apoderaram de mim; eu encontrei tribulação e tristeza.

Advertisement

O salmista comparou a iminente ameaça de morte com tristezas letais que o puxavam para o inferno (Sl 18:4-5), (Jn 2:2).

(Salmo 116:5) Gracioso e misericordioso

v. 5 Gracioso é o CRIADOR e justo; sim, o nosso Deus é misericordioso.

Sobre gracioso e misericordioso, comparar (Sl 103:8), (Êx 34:6-7).

(Salmo 116:6) Seja simples

v. 6 O Altíssimo preserva os simples; eu estava abatido, e ele me socorreu.

O Criador preserva os simples, ou “inexperientes” (ver nota em Pv 1:4). Deus dispensa misericórdia sem preconceito e a despeito de posições sociais. A palavra hebraica que equivale a abatido significa “humilde” e “fraco”.

(Salmo 116:8-11) Livramento

v. 8 Pois tu livraste a minha alma da morte, os meus olhos das lágrimas, e os meus pés da queda.

v. 9 Eu andarei perante o CRIADOR na terra dos viventes.

v. 10 Eu cri, portanto falei: Fui grandemente afligido.

Advertisement

v. 11 Disse na minha pressa: Todos os homens são mentirosos.

O livramento da morte trouxe solução e transformação a vida do salmista, que prometeu andar.. na terra dos viventes (Jn 2:6-7). A fé o capacitou a prevalecer em meio a adversidade e sua percepção de que todos queriam enganá-lo.

(Salmo 116:12) Benefícios

v. 12 O que entregarei eu ao CRIADOR, por todos os benefícios para comigo?

A palavra hebraica traduzida como benefício vem de uma raiz que significa “retribuição”. Aqui ela está no sentido positivo de “recompensa” e “bondade” (ver nota em Sl 103:31-2). (Pv 12:14) (Sl 19:17).

(Salmo 116:13) Cálice da salvação

v. 13 Tomarei o cálice da salvação, e clamarei no nome do CRIADOR.

Dar um “cálice” a outra pessoa geralmente significa forçar uma coisa negativa a alguém, como “ira” e “cambalear” (Is 51:17). Aqui o salmista recebeu salvação de Deus.

Pode ser também que o cálice se refira a uma libação ou oferta de bebida feita pelo salmista (Êx 29:40-41), (Nm 15:5), (Mt 26:26-29), (1Co 10:16).

Advertisement

(Salmo 116:15) Preciosos para Deus

v. 15 Preciosa à vista do Todo Poderoso é a morte dos seus santos.

Aqueles que servem ao Criador e são ameaçados de morte são “preciosos” para Deus e, por isso, são salvos (Sl 72:14), (Is 43:4). Ainda que não escapem da morte física eles terão vida eterna (Mt 10:29-31), (Lc 21:16-18), (Jo 10:28-29).

(Salmo 116:17-18) Clame a Deus

v. 17 Oferecer-te-ei o sacrifício de ação de graças, e clamarei no nome do Altíssimo.

v. 18 Agora pagarei os meus votos ao CRIADOR na presença de todo o seu povo.

Compare estes versículos com (Jn 2:9).

Advertisement

(Salmo 116:19)Louvai ao Deus Todo Poderoso

v. 19 Nos átrios da casa do Criador, no meio de ti, ó Jerusalém. Louvai ao Deus Todo Poderoso.

O salmista planejava cumprir seus votos publicamente nos arredores do templo (ver nota em Salmo 22:22-24). Louvai ao Criador inicia o Salmo 117 (ver nota em Sl 104:35).

Conclusão

Por fim, o Salmo 116 estudo incentiva o cristão à gratidão ao Criador não só em palavras, mas também em ações.

Naturalmente, associamos o ato de agradecer a um simples obrigado, orações superficiais ou palavras decoradas.

Apesar de ser algo válido, principalmente para quem está começando a cultivar um estado de espírito mais grato, essa não é a forma mais assertiva de corresponder a bondade de Deus para nós.

Se você reler a parte final do Salmo 116, do versículo 12 em diante, vai perceber que o salmista enfatiza várias ações que ele se compromete a realizar para glorificar ao Altíssimo.

Isso porque, a nossa ação é o que realmente expressa o nível da nossa fé em Deus, como também o quanto somos gratos pelo seu amor.

Advertisement

Como bem declara Tiago, a fé sem obras é morta, porque são ações que validam aquilo que você acredita.

Portanto, alinhe o que você diz, o seu discurso, com o seu modo de ser para ser grato ao Eterno e amá-lo de fato.

Salmo 116 estudo.
Advertisement

Sobre o Autor

Olá, me chamo Lázaro Correia, sou Cristão, formado em Teologia e apaixonado pela Bíblia. Aqui no Blog você vai encontrar diversos estudos Bíblicos e muito conteúdo sobre vida Cristã.

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência na navegação. Mais informações.